Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

Não sou herói

Não, não sou.

Apenas alguém que ia a passar nesse momento e que mais não fez do que a sua obrigação: tentar salvar uma vida.

Heróis são os médicos, os bombeiros e os polícias. Esses sim.

Eles são os nossos “cuidadores”.

 

Quanto muito, um bom samaritano.

E aquilo que o director adjunto do jornal "24 Horas" diz:

“evitou que mais um homem se tornasse mais uma vítima das nossas estradas.”

 

 

No entanto, reconheço dois aspectos importantes:

1 – Ao contrário de todos os dias, na segunda fui trabalhar mais tarde.

      Só por isso passei naquele local àquela hora.

2 – É preciso ter algum “sangue-frio” para enfrentar o momento.

      É algo que ganhei pelas experiências a que tenho sido sujeito

      De resto, nada que bombeiros, médicos e enfermeiros não vivam quase diariamente.

 

 

Ontem fui visitar o António ao S. José.

Só me reconheceu pela voz. Recorda-se de me ouvir falar, mas não guarda imagens do momento. Estava em estado de choque.

 

Foi operado e saiu dos cuidados intensivos. Não fala, mas há-de recuperar a voz. Reconstituíram as vias danificadas e nos próximos tempos o organismo terá de regenerar, só então lhe retiram o tubo. Ficará internado mais dez a quinze dias.

 

Durante os trinta minutos que estive com ele, o António fez um desenho dos cortes que tinha no pescoço. Arrepiou-se enquanto riscava no papel.

Felizmente não guardará a imagem de como estava quando cheguei ao pé dele.

 

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 01:58
link do post | comentar
85 comentários:
De Daniel Marques a 4 de Dezembro de 2009 às 02:56
Castrol, temos de falar! Já vai muito tempo desde o último encontro, e temos de pôr a conversa em dia!

Informa quando for possível (estou de férias).

Daniel Marques (Mais Gasolina)
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 03:02
Daniel,
ainda tens o meu nº de telf?
LC
De Daniel Marques a 4 de Dezembro de 2009 às 12:29
Tenho, claro. Irei te ligar no decorrer do dia de hoje.

Forte abraço!

Daniel Marques
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:04
>Hoje não te consegui atender.
Liga na segunda.
Ab.
LC
De Daniel Marques a 4 de Dezembro de 2009 às 20:16
Não te preocupes. Eu apercebi-me. Normal das sextas (ou das sex day).
Na segunda ligarei.
Forte abraço!

DM
De Luís Castro a 6 de Dezembro de 2009 às 18:02
Ok.
Ab.
LC
De patti a 4 de Dezembro de 2009 às 11:30
Que bom que nos traz notícias do António. folgo em sabê-lo fora de perigo.
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 19:59
Agora será sempre a recuperar!
Bjs e bom fds.
LC
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:00
Está muito melhor.
Bjs
LC
De pedro barata a 4 de Dezembro de 2009 às 11:31
boas voltei!!! para mim já és HEROI há muito tempo! um abraço e continua assim.... a mostrares os teus principios.... amigo do teu amigo.... um grande abraço...
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:03
Olha o meu amigo "Barata Obama" está de volta!!!
Ab e bom fds
LC
De Paulo Maia a 4 de Dezembro de 2009 às 12:53
Boa Luis,
Infelizmente eu seria um dos que desmaiaria ao ver o sangue, não por falta de vontade de ajudar. Ainda bem que há pessoas como tu.

Um grande abraço

Paulo Maia
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:06
Olá Paulo.
Ainda por França?
Ab.
LC
De JC a 4 de Dezembro de 2009 às 12:57
Isto sim é uma boa acção!

Afinal ainda existem boas pessoas.
De Grilinha a 4 de Dezembro de 2009 às 12:58
Bem haja. Admiro-o.
O seu exemplo é para louvar e é para seguir. Claro que é heroi. Não o sente, porque faz parte de ser heroi e boa pessoa.

Felicidades
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:07
Olá.
Obrigado.
Bjs e igualmente.
LC
De *B* a 4 de Dezembro de 2009 às 12:59
Luís, concordo consigo quando diz que heróis são os médicos, os bombeiros e os polícias. E estes são heróis todos os dias, mas o Luís foi um herói naquele momento. E foi herói logo no momento em que parou.

Parabéns pela sua coragem!
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:09
Obrigado.
Bjs e bom fds.
LC
De Virgínia a 4 de Dezembro de 2009 às 13:07
Boa tarde Luís

Não tive coragem para comentar o seu post; foi demasiado horrível.
Agora, ao vê-lo na Praça da Alegria, só quero dizer-lhe: " Muito Obrigada".

Um beijo muito especial
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:12
Bjs também para si.
Bom fds.
LC
De Marta Arantes a 4 de Dezembro de 2009 às 13:12
PARABÉNS pela coragem!!! Prestar os primeiros socorros é de facto uma "obrigação" enquanto seres humanos que somos MAS, para o fazermos em determinadas situações (como esta) é necessária muita coragem e o Carlos (permita-me trata-lo assim) teve-a!
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

PARABÉNS pela coragem!!! Prestar os primeiros socorros é de facto uma "obrigação" enquanto seres humanos que somos MAS, para o fazermos em determinadas situações (como esta) é necessária muita coragem e o Carlos (permita-me trata-lo assim) teve-a! <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Parabens</A> por ser corajoso e ter ajudado a salvar uma vida. <BR>continue assim pf .
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:17
Obrigações que deviam ser de todos!
Bjs e obg
LC
De Marta Arantes a 5 de Dezembro de 2009 às 14:58
Pois deviam ser de tds!
Mas, parece-me oportuno abrir aqui esta questão: estamos nós cidadaos comuns preparados para prestar um primeiro socorro?
Não me parece mas parece-me que é mais que hora de pensar nisso! Esta deveria ser uma formação gratuita a fazer parte nas nossas escolas! muito mais importante por exº que a disciplina de religiao e moral que no meu parecer ja nao se enquadra na actualidade curricular!
De pouco nos serve a coragem, o sangue frio etc... se nao souberemos como agir! certo?
É urgente que o n/ ensino passe a dar este formação para que tenhamos a oportunidade de aprender a socorrer alguem se assim for necessario!
O primeiro socorro é mto importante até que os profissionais de saude cheguem!
Felizmente, 2 semanas atras tive a oportunidade de iniciar um curso de 50h de socorrismo... hoje, apenas com 6h dadas e perante este exemplo do Luis, estou felicissima com o q comecei a aprender e por estar certa que, se amanha me deparar de repente com uma situação semelhante, irei saber como agir...
Estou convicta q se nas nossas escolas, os nossos filhos, começassem a aprender aqueles q sao os principios basicos do socorrismo P.A.S- Prevenir, Alertar e Socorrer... a nossa Ministra iria com toda a certeza ter muitas Aventuras com finais felizes p/ escrever!
Mais uma vez... a si Luis eu felicito pricipalmente por ter sabido agir... tudo bom p si e para os seus! Bjinho
De Luís Castro a 6 de Dezembro de 2009 às 18:21
Já falámos nisso várias vezes.
As escolas deveriam dar mais atenção a esta componente de formação cívica.
Será tema do meu próximo post.
Bjs e obg.
LC
De Marta Arantes a 6 de Dezembro de 2009 às 23:50
Vê-se logo que sou " nova " por cá!!!!
Ainda bem que ja falaram e vão voltar ao assunto! Assim, se me permitirem ficarei a acompanhar e comentar!
Obrigada!
De Luís Castro a 7 de Dezembro de 2009 às 00:20
>Não foi aqui, Marta.
Foi na redacção e em outros palcos, como por por exemplo na Praça da Alegria da RTP.
Bjs
LC
De maria moura a 4 de Dezembro de 2009 às 13:29
Não, nao foi obrigação (no próprio sentido da palavra)... salvar essa vida. Daquilo que o universo me tem dado, tirado e devolvido, foi uma oportunidade de permitir a si e a esse ser um extraordinário encontro de almas. Eu não o faria. Iria primeiro buscar as luvas ao carro e depois salvaria esse corpo, se ainda fosse a tempo...
Um grande bem haja,
ps: soube da notícia porque estava com a tv ligada, na hora certa, no canal certo, pressentindo que passarei a ser mais receptiva ao sofrimento humano.
maria moura
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2009 às 20:22
Maria,
ainda bem que estas situações mexem connosco.
Bjs
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds