Sábado, 13 de Fevereiro de 2010

"Tu és um pasthune!!!"

- Não sou!

- És, és!

Não adianta. Pronto, sou um pasthune! 

 

 

No Afeganistão,

no aeroporto de Kabul acharam que eu era afegão e falaram comigo em dari; depois, já na cidade, começaram a falar comigo em turco; agora, é um líder tribal de Kandahar que está convencido que sou da etnia dele e quer falar em pasthune.

 

Mas não é só aqui. No Iraque dizem que sou iraquiano ou libanês; que nada me pareço com os europeus, o que é bom. Assim, passo despercebido até o momento que mostro a câmara e o microfone. Também na Jordânia e no Kuwait passo por um local. Corre-me sangue árabe nas veias, muito provavelmente.

 

Durante toda a conversa com os americanos, no deserto do sul do Afeganistão, o líder pasthune não tirou os olhos de nós. Percebeu que não éramos soldados e muito menos americanos. No final da reunião, o afegão fez questão de saber de onde somos. “Ah, Por-tu-cale!”, soletra com um sorriso nos lábios.

 

 

Cumprimento-o com as duas mãos e de seguida bato com a direita no peito. É um sinal de respeito. Pergunto ao tradutor se acredita que este líder pasthune não ajuda os talibãns:

- Claro que ajuda. Ele e os outros.

- Como sabes?

- Ainda há dois dias atacaram os polícias militares afegãos.

- Mas isso não prova nada.

- Prova! Os tiros vieram da aldeia dele.

 

Comprovo isso nos dias seguintes. Por aqui são todos pasthunes e, como tal, fortes apoiantes da causa Talibã.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 12:08
link do post | comentar
58 comentários:
De José Fernandes a 13 de Fevereiro de 2010 às 13:06
Luís,

Bom, era ele olhar para ti e dizer: Vê-se logo que és de Cabeceiras... eh eh eh
Quando vai para o ar a tua reportagem ?

Abraço
JF
De Luís Castro a 14 de Fevereiro de 2010 às 15:51
Talvez ainda esta semana.
Depois aviso.
Ab.
LC
De F Nando a 13 de Fevereiro de 2010 às 13:28
Luis é óptimo poder partilhar connosco esses momentos e episódios que estão por detrás da história/reportagem.
Um abraço
De Luís Castro a 14 de Fevereiro de 2010 às 15:52
São coisas que nornalmente ficam fora das reportagens.
Esta vai fazer parte.
Obg
LC
De RUI FERREIRA a 13 de Fevereiro de 2010 às 15:30
que os dias continuem em paz. gosto das reportagens, mas afinal os talibans teem muita ajuda e as tropas parece-me que andam um pouco á deriva.....será assim????
ainda continua a dormir com os pés frios?ponha um saco de água quente.
De Luís Castro a 14 de Fevereiro de 2010 às 15:52
Andam todos à deriva.
Ab.
LC
De RUI FERREIRA a 15 de Fevereiro de 2010 às 12:21
cuidado que eles não. sabem quando devem atacar e é disso que estão á espera. aguardam paciênciemente que comemtam um erro. ou seja se tomarem a iniciativa primeiro,levam com a propaganda em cima e não só. deem umas voltidas por aí....
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:54
Tudo correu bem.
Ab.
LC
De Miguel Venâncio a 13 de Fevereiro de 2010 às 19:32
Luis,
Boa noite,

Tens que ficar orgulhoso, provavelmente queria contratar-te ...

Abraço.
Cuidado.

Miguel Venâncio.
De Luís Castro a 14 de Fevereiro de 2010 às 15:53
Falta saber para quê...
Ab.
LC
De m.Jo a 14 de Fevereiro de 2010 às 02:31
Qual é a "causa" dos talibans ? Porque encontram tanto apoio na população? Não são cruéis, autoritários, insensíveis? É só a imposição de medo e terror ou existem outras variáveis? O que eles oferecem de desejável aos olhos dos afegãos? Queria entender.
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:35
Oferecem a religião, nada mais.
Tudo é construído à luz de uma visão ultra radical do Corão.
Por aqui, falta cultura e educação.
Bj
LC
De Sónia Pessoa a 14 de Fevereiro de 2010 às 11:11
Quem me dera estar aí contigo, não para cobrir a guerra, mas para cobrir as tuas emoções, traduzir aquele teu olhar da foto... fantástica a tua primeira foto! Beijinho
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:38
Um olhar perdido naquele vale.
Bj
LC
De Patrícia Silveira a 14 de Fevereiro de 2010 às 13:10
Mais uma vez, parabéns pelo seu trabalho. Muito engraçada a situação:)

http://twitter.com/Tixa1




De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:39
Obrigado!
Bjs gds
LC
De maria moura a 14 de Fevereiro de 2010 às 14:41
Luis, olá!
Experimente deixar crescer a barba e usar esses panos (não sei o nome) que eles usam na cabeça e vai perceber que se calhar eles não estão assim tão enganados :-), provavelmente até eles são homens de rostos interessantes, mas não se deixam vêr.
Tenho curiosidade em saber se esse povo afegão tem canais de televisão estrangeiros, ou seja, se só têm tv local, ou se têm acesso ao mundo exterior, se têm ideia de como é a cultura europeia? E o que os impede de evoluirem e de se libertarem de tanto tabu?
Religião? Conveniência masculina?
bj
mmoura
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:41
Fora de Kabul, dificilmente se vê uma televisão.
Este é um mundo que ainda não descobriu os outros mundos.
A educação será uma arma fundamental para combater o radicalismo e fundamentalismo dos Talibãns.
Bjs
LC
De PLonga a 14 de Fevereiro de 2010 às 16:38
Então o amigo Luís é Pasthune eheheh.

Ficamos à espera da reportagem. Cuidem-se os dois
Grande abraço para os dois:
Luís/Paulo

De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:41
LOL
Ab.
LC
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 19:12
LOL
Ab.
LC
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 19:12
LOL
Ab.
LC
De Amiga invisível a 14 de Fevereiro de 2010 às 18:52
Atrás de grandes sorrisos "calorosos" escondem-se as emboscadas... São os sorrisos da morte!
A morte, espreita, sorri, esconde-se... De novo espreita, sorri e mata!

1000 cuidados,

Amiga invisível
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:43
Contos com estes "amigos invisíveis" que andam aqui pelo blogue.
Bjs
LC
De Luís Castro a 16 de Fevereiro de 2010 às 18:44
Digo:
"Conto com estes amigos..."
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds