Domingo, 21 de Fevereiro de 2010

Jornalistas em kandahar

Quando chegámos à "Task Force de Kandahar", fomos surpreendidos com o que acontecera no dia anterior:

um  dos vários rockets lançado das montanhas pelos Talibãs caíra junto à tenda dos jornalistas. Por sorte não explodiu, caso contrário teriam morrido todos.

As marcas ficaram no contentor que está a menos de 10 metros da tenda.

 

 

Com o Claude, um simpático sargento canadiano que acompanha as forças armadas dos país há mais de 30 anos. Foi ele quem nos recebeu e ajudou antes de partirmos para a Linha da Frente do combate aos Talibãns.

Obrigado Claude!

A garrafa de vinho do Porto está à tua espera.

 

 

A tenda/redacção dos jornalista, em Kandahar.

É daqui que somos levados para as várias frentes.

 

 

Correspondente americano do New York Times.

 

 

O correspondente canadiano.

 

 

 

O correspondente italiano.

 

 

 

Mulheres... até na guerra!

(Estou a brincar!)

 

 

A minha secretária em Kandahar...

 

 

De partida para a equipa de combate da 4ª Divisão

(Paulo Oliveira - repórter de imagem)

 

 

Amanhã há mais.

Boa semana para todos.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 17:50
link do post | comentar
56 comentários:
De João Oliveira a 21 de Fevereiro de 2010 às 18:22
Voltaste para o Afeganistão?
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 01:04
Não.
São fotografias que ainda não publicara.
Ab.
LC
De Fabrice DP a 21 de Fevereiro de 2010 às 19:11
Hello Luis
Can you say hello for me to Matthew Fisher, the National Post correspondant in KAF.... He can reach via my website
Good luck and take care everybody
Fabrice
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 01:06
Ok.
Tks
LC
De Ana Albuquerque Almeida a 21 de Fevereiro de 2010 às 21:31
Acabei de ver o post mas soube-me a pouco.
Não que eu tenha prazer em ver cenários de guerra mas já que eles existem, e parece não terem fim, pelo menos fico a saber mais sobre os seus meandros.
Depois de teres regressado, acho que houve uma ofensiva perto da zona onde estavas. Não tenho a certeza porque o pouco que ouvi não foi suficiente. Sei é que me lembrei de ti e que já estavas do lado de cá, são e salvo. E por falar nisso, há outras pessoas de quem me lembro e admiro muito, embora não estejam fisicamente nas zonas de conflito. É das famílias, tanto dos soldados como dos repórteres, pois deve ser "um osso duro de roer" viver numa incógnita permanente.
Bem, vou trabalhar. Vou espreitando à espera de mais.

Um beijinho,
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 01:09
Pois...
nos próximos dias há mais.
A operação é chama-se "Juntos", porque mistura tropas da NATO e soldados afegãos.
Bj
LC
De Virgínia a 21 de Fevereiro de 2010 às 21:52
Boa noite Luís
É bem diferente ver as fotos e saber que o Luís e o Paulo já estão junto de nós; é como desfolhar um album de recordações.
Acho piada ao correspondente canadiano, parece estar a relaxar num qualquer parque de campismo.
Beijo
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 01:11
Um tipo muito engraçado e que percorre o mundo há quarenta anos.
E conhece muito bem Portugal.
Bjs
LC
De Amiga invisível a 21 de Fevereiro de 2010 às 22:38
O ambiente aparentava ser descontraído, ao menos isso -o gordinho do Canadá que o diga- poltrona e tudo, ah ah!
Aquilo até parecia melhor que um hotel de 5*****
É claro que estou a brincar, mas é sempre muito interessante ver o que se passa nos bastidores.
Muito obrigada pela oportunidade!
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 01:12
A ideia deste e dos próximos posts é isso mesmo:
mostrar o que normalmente não é mostrado.
Bjs
LC
De Miguel Venâncio a 21 de Fevereiro de 2010 às 23:35
Boa noite,
Luis,

Só uma curiosidade, quantos jornalistas estavam em Kandahar ?

Peço desculpa, mas:

زنان "جنگ" مشاهده شد چگونه است؟

Abraço.
Miguel Venâncio.
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 01:14
LOL
O que significa?

Estariam não mais de 15 de todo o mundo.
Ab.
LC
De bluewater68 a 22 de Fevereiro de 2010 às 09:27
Bom dia Luis,
tenho passado ao lado dos comentários, mas tenho lido tudo o que tens publicado. Se bem entendi, este conjunto de relatos vão ser agregados numa reportagem a ser transmitida na RTP, é isso?
Tenho acompanhado pela Al-Jazheera e pelo The New York Times as principais notícias que têm sido publciadas sobre a grande ofensiva que foi realizada, a qual, pelo que li, produziu resultados bastante positivos e que poderá ser uma nova forma de conduzir esta guerra. Também já li um artigo onde se menciona que o dia em que as forças Afegãs possam vir a ter autonomia total, ou capacidade para realizar este tipo de ofensivas, ainda está muito longe.
Bom gosto o da senhora na fotografia, pois parece ser fã da série "O meu nome é Earl".
Abraço
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 13:36
Sim,
a reportagem está montada e comporta o que conseguimos apanhar em vários dias, tanto no Sul como no Norte do Afeganistão.
Desta vez evitei mostrar muitas imagens de combates e preferi contar algumas histórias daquela gente e do que lá se passa.
Ab.
LC
De Cristiano Moreira a 22 de Fevereiro de 2010 às 09:52
O canadiano é o maior! Que classe! :)
Até arrepia ouvir a história do rocket. Protejam-se e peçam que Deus faça o mesmo por vós.
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 13:37
Um tipo fantástico!
E muito divertido.
Um "senhor" de muitas guerras por esse mundo fora ao longo das últimas décadas.
Conversei muito com ele.
Ab.
LC
De Ilda a 22 de Fevereiro de 2010 às 13:41
Olá Luís!
Ainda bem que publicou estas fotos para que as pessoas tenham a noção que mesmo nos momentos mais difíceis sempre arranjam um bocadinho para descomprimir. E ainda bem que assim é.
O canadiano é uma figura!
Quanto às mulheres o Luís de certeza que já sabe que elas são como Deus: estão em toda a parte!!! (blasfémia à parte)
Boa semana.
Beijinhos.
Ilda
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 14:07
E ainda bem que sim!
LOL
Bjs
LC
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 23:53
eheheheheh
Bj
LC
De Genny a 22 de Fevereiro de 2010 às 14:38
Boa tarde Luís!
Já há muito que leio os seus posts e decidi adicioná-lo. Desculpe a ousadia. No meio deste universo de blogs saber de um tão realista como o seu, que nos leva para além do nosso mundinho, dá-me vontade de o ler. Logicamente que o tema guerra não é nada agradavel.
Quando o Luís vai para esses ambientes de guerra, quais os seus sentimentos e receios?
Tudo de bom
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 15:06
Genny,
quando vou para estes cenários não posso levar amarras, ou então não sairei do avião.
Normalmente desligo de tudo para poder estar lá de corpo e alma. Não é fácil desligar da família e de todos os que nos são próximos, mas lá a minha prioridade é informar.
É uma forma de me "arrumar" psicológicamente.
Depois, quando volto, tenho que me devolver à sanidade mental. O que também não é fácil.
Bjs e volte sempre.
LC
De Genny a 22 de Fevereiro de 2010 às 16:49
Deduzo que não deve ser nada fácil viver com essas imagens bem reais, porque as que geralmente passam na tv são as mais "bonitinhas". Acredito que já passou por imensas situações bem terríveis. Acha que em nome da informação vale a pena arriscar tanto a vossa vida?
De Luís Castro a 22 de Fevereiro de 2010 às 17:26
Sim, vale.
Ou não seria jornalista.
Tenho um livro já editado com estas histórias.
Bj
LC
De Genny a 23 de Fevereiro de 2010 às 09:13
Bom dia Luís!
Fiquei mesmo curiosa e já encomendei o seu livro!
Já fez alguma reportagem sobre o efeito da realidade que vocês jornalistas testemunham na guerra? Isto é, quando regressam qual o efeito das imagens da guerra e daquela miséria, como vocês conseguem regressar á vossa vida "normal", o facto de passarem por situações de risco qual o trauma que depois isso vos deixa. Peço desculpa se o estou a maçar, mas o facto de partilhar connosco tudo o que passa nesse ambiente, leva-me a colocar-lhe estas questões.
Bem haja!
De Luís Castro a 24 de Fevereiro de 2010 às 13:02
Em parte refiro no livro.
Quando volto, tenho de fazer outro corte.
Normalmente vou com a família para o Minho (Cabeceiras de Basto), onde vivem os meus pais e a minha irmã, e é lá que procuro a serenidade possível para me devolver à sanidade mental.
Arrumo muito bem nas pratleiras, mas está tudo cá dentro...
A sorte é que sou uma pessoa muito bem resolvida interiormente.
Bjs
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds