Sábado, 6 de Março de 2010

Onde estão os Talibãs?

Já não sei se estão no Afeganistão ou se estão por cá! 

 

 O Procurador Geral da República desconfia dos Procuradores

... chega a entregar despachos  com marcas e assinaturas diferentes para detectar fugas de informação.

A Procuradora Geral Adjunta defende que os Magistrados devem ser escutados.

O Bastonário dos Advogados acusa os Magistrados de terem uma agenda política

... mais ou menos oculta. "Basta ouvir os discurso púlico de alguns", diz.

Os Magistrados dizem que o Bastonário não tem credibilidade

... e que defende "quem é objecto de investigação na área da política"

O Bastonário contra ataca: "O poder judicial - ou uma parte dele - está apostado em derrubar o Primeiro-Ministro.

 

Pergunto eu:

A Justiça não é para pacificar a sociedade?

 

Reportagem do debate que fui moderar com o Bastonário da Ordem dos Advogados, em Cabeceiras de Basto.

 

Luís Castro

 

publicado por Luís Castro às 00:23
link do post | comentar
37 comentários:
De pink poison a 7 de Março de 2010 às 00:48
E a sociedade quer ser pacificada?
E a justiça é justa'
Desde que fui agredida pelo "amor da minha vida" e o caso foi arquivado, não acredito em muita coisa...
De Luís Castro a 7 de Março de 2010 às 02:24
E o juiz que terá recebido 6 mil contos para deixar fugir um preso e que acabou ilibado por falta de provas?
Até aqui tudo bem.
Acontece que a pessoa que lhe terá dado o dinheiro foi acusada e condenada.
Para ela já encontraram provas!!!
F....
LC
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 19:52
Esta Justiça não é justa!
Ab.
LC
De PLonga a 7 de Março de 2010 às 01:02
Pois é amigo Luís se ainda te lembras eu bem avisei na altura que estavas de regresso do Afeganistão: "Actualiza-te por cá porque isto anda um país "arder". ;-)...
Já vi que tá feita a actualização ;-)

Grande Abraço Luís
De Luís Castro a 7 de Março de 2010 às 02:27
Tenho de fugir daqui rapidamente!
Abraço
LC
De Sónia Pessoa a 8 de Março de 2010 às 11:21
Posso ir também? Tá tudo doido por aqui... bjo
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:11
Bora lá!
LC
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 19:55
Pois...
LC
De Ana Albuquerque Almeida a 7 de Março de 2010 às 11:23
Olá Luís,

À tua pergunta respondo que sim. O problema, e a propósito do título que escolheste para este post, é que o "terrorismo" está instalado na própria justiça. Como será possível que sirva de pacificação da sociedade? E estou certa de que é isto que a sociedade deseja e não uma guerrilha permanente.

Bjs
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:02
Eu, pelo menos, não quero!!!
Bj
LC
De Jacinta Oliveira a 7 de Março de 2010 às 13:16
Bom dia, ontem no telejornal da RTP vi o Sr.Luís com o Bastonários dos Advogados e disse: \'\'Este homem não pára e ainda bem\'\'. Admiro o Dr. Marinho Pinto, só diz o que pensa e não se preocupa do que possam pensar, as verdades por vezes ferem, há muita gentinha que as merece ouvir mas ainda bem q ainda temos pessoas que não tem medo de as dizer. No post anterior li que se houve falar muito mal de Portugal em Portugal, é verdade que o povo não sabe dar valor ao de que bom nós temos cá falam mal depois emigram e fora deste país é que falam bem. É verdade que temos péssimos politicos,justiça muito má mas temos excelentes profissionais portugueses que tanto cá quer pelo mundo fora nos orgulham e dão mostras de grande valor. Gostava de ver na televisão um debate onde estivesse o Sr.Luís...Será possível? Bjs. P.S. Peço desculpa se o texto estiver mal formatado mas hoje estou a comentar via telemóvel.
De Maria Araújo a 7 de Março de 2010 às 20:00
Olá. Vi a reportagem, mas confesso que não me apercebi da tua presença.
Seria algo que me distraiu no momento em que apareceste?
Quanto a este país, gostaria que os portugueses tivessem consciência de que precisamos de o melhorar a todos os níveis. Devagar. Com determinação e coragem.
Precisamos de o valorizar no que ele tem de melhor e aproveitar quem anda por aí nos bastidores q tentar levar este pequeno barco a bom porto.
O exemplo tem de começar já pelo poder.
Sacrífícios estamos. Mas ele, o poder, tem de ser também mais comedido .
Beijinho
De Maria Araújo a 7 de Março de 2010 às 20:05
*sacrifícios fazemos

De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:04
Visto.
LC
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:03
O exemplo tem de vir de cima.
Quando as principais figuras da Justiça nos dão maus exemplos...
Bj
LC
De gena a 7 de Março de 2010 às 23:05
pois é...pois é...cada vez gosto mais da minha terra...
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:01
Qual é?
LC
De Virgínia a 8 de Março de 2010 às 09:41
Bom dia Luís
O mais preocupante é esses Talibãs ocuparem lugares de topo.
Não são como os ETA ou os bandos das favelas que se estão a diluir na multidão e, quando as autoridades acordarem é que se vão aperceber dos pesadelos em que vivemos.
Quanto ao Dr. Marinho Pinto que nunca a voz lhe doa nem ninguém o faça calar. Bravo!
A Justiça não está a pacificar a sociedade por que está a cometer muitas injustiças. Perde muito tempo a julgar o roubo de um creme ou de umas amêndoas e os crimes verdadeiramente graves contra pessoas, arrastam-se nos tribunais até serem arquivados ou prescreverem.
Beijo

De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:07
Andam por aí muitas histórias gritantes!
Bj
LC
De Cristiano Moreira a 8 de Março de 2010 às 10:39
Esse bastonário, que envergonha quem votou nele, já anda à procura de tacho politico, isto porque sabe que na OA o tempo dele vai acabar em breve. É ridiculo!!
Desde que "apareceu" que vem cheio de peito mandar papaias ao ar, mas provar o que diz que era bonito, nada!
Deviam responsabilizá-lo sempre que abre a boca.
De Luís Castro a 9 de Março de 2010 às 20:09
Cristiano,
podemos não gostar do estilo, mas muitas das acusações que ele faz estão à vista de todos.
Este país precisa de pessoas que falem alto.
Anda por aí muita gente na posição de "cágado":
à espera para ver no que dá e depois é que falam.
Grande abraço.
LC
De Cristiano Moreira a 10 de Março de 2010 às 10:23
Ele tem estilo, lá isso tem, mas obra? O que foi que ele fez para além de falar?
Defender alguém que foi apanhado nas escutas é impensável. Porque não veio ele defender o Pinto da Costa? O 1º Ministro está farto de gozar connosco e este senhor (que quer tacho) defende-o.
Sabe, Luis , também eu lhe bati palmas quando ele apareceu a denunciar tudo e todos, mas depois fui-me apercebendo que fala fala, mas não faz nada e eu detesto esse tipo de pessoas. O que ele disse agora sobre os magistrados foi de uma gravidade gigantesca. Ele deveria saber, como advogado, que é preciso provar o que se diz, ou então mais vale estar calado.
Só tenho pena que a imprensa deste país não veja o que ele faz na Ordem dos Advogados e principalmente àqueles que lá querem entrar, que mais parece que vão tirar outro curso.
Luis , entenda que nada disto é contra si, tratam-se apenas de opiniões distintas.
Um abraço.
De Luís Castro a 10 de Março de 2010 às 20:48
Cristiano, claro.
A minha opinião não é a de um esprecialista na matéria. Voc~es t~em um olhar mais profundo, naturalmente.
Mas ele criticou a divulgação das escutas do Pinto da Costa.
Este blogue é para cada um dizer o que lhe vai na alma.
Gostemos ou não!
Desabafe sempre!
Gd abraço
LC
De Jacinta Oliveira a 8 de Março de 2010 às 13:58
Cantinhodacasa,deixe-me dizer-lhe que deve ter mesmo sido distracção, porque o Sr.Luís por duas vezes apareceu na reportagem. Uma sentado na mesa do debate e outra a chegar ao local. Cumprimentos.
De Jacinta Oliveira a 8 de Março de 2010 às 14:07
Bom dia, cantinhodacasa, deixe-me dizer-lhe que deve ter sido distracção porque o Sr.Luís apareceu duas vezes na reportagem. Cumprimentos

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds