Quinta-feira, 25 de Março de 2010

"Cemitério dos Impérios"

"Embedded" com as tropas norte-americanas no Sul do Afeganistão.

 A reportagem que fiz na Linha da Frente da guerra contra os Talibãs. 

 

 
Luís Castro

 

publicado por Luís Castro às 12:37
link do post | comentar
53 comentários:
De revelacoesdeumacarteirade20kg a 25 de Março de 2010 às 14:54
Tive oportunidade de ver, ontem, a reportagem na RTP. Bastante interessante. Outra coisa não seria de esperar.
Abordaram a "questão" por vários prismas e não se centraram, apenas, na guerra. Temos que nos lembrar que por detrás do conflito propriamente dito existe um país, uma população que está com vontade de ultrapassar o conflito e desenvolver o seu país, fazê-lo crescer e as entrevistas a locais, jovens com vontade de mudar o estado de coisas, particularmente à rapariga (que não me recordo do nome) mostrou-nos isso mesmo. E, puxando a brasa à minha sardinha e como mulher que sou, apreciava o tema das condições das mulheres neste país um pouco mais desenvolvido em próximos programas.
Gostei, claro, de ouvir os elogios ao nosso país, e particularmente às nossas tropas que tão bem nos representam lá.
Foi de facto uma reportagem elucidativa. Mas, soube a pouco.

Continuação de bom trabalho.

P.S. e uma reportagenzinha sobre as condições dos jornalistas em reportagens de guerra. Hum ?? É uma sugestão.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Tive oportunidade de ver, ontem, a reportagem na RTP. Bastante interessante. Outra coisa não seria de esperar.
Abordaram a "questão" por vários prismas e não se centraram, apenas, na guerra. Temos que nos lembrar que por detrás do conflito propriamente dito existe um país, uma população que está com vontade de ultrapassar o conflito e desenvolver o seu país, fazê-lo crescer e as entrevistas a locais, jovens com vontade de mudar o estado de coisas, particularmente à rapariga (que não me recordo do nome) mostrou-nos isso mesmo. E, puxando a brasa à minha sardinha e como mulher que sou, apreciava o tema das condições das mulheres neste país um pouco mais desenvolvido em próximos programas.
Gostei, claro, de ouvir os elogios ao nosso país, e particularmente às nossas tropas que tão bem nos representam lá.
Foi de facto uma reportagem elucidativa. Mas, soube a pouco.

Continuação de bom trabalho.

P.S. e uma reportagenzinha sobre as condições dos jornalistas em reportagens de guerra. Hum ?? É uma sugestão. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>Bjs</A> e Parabéns
De revelacoesdeumacarteirade20kg a 25 de Março de 2010 às 14:57
E porque cargas de água é que o meu comentário anterior ficou em duplicado e com erros???
Pois, não sei dizer.
Desculpem lá!!!

Bjs
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:02
Visto.
LC
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:02
Obrigado.
Responderei no próximo post.
LC
De neide barbosa a 25 de Março de 2010 às 14:59
Belíssimo trabalho.
Amei!
(Estou melhorando!)
Bj e obgda.
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:03
Muito obrigado.
Responderei a todos vossos comentários e questões no próximo post.
LC
De Luís Castro a 28 de Março de 2010 às 17:14
Melhorando?
Como assim?
Como jornalista?
LC
De susy costa a 25 de Março de 2010 às 15:11
Olá Luis, adorei ver ontem a reportagem.
Continuação de bom trabalho.
Bjs Susana Costa
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:04
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões no próximo post.
LC
De sergio a 25 de Março de 2010 às 15:12
muito bom mesmo
Parabens, fico à espera da próxima
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:04
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões no próximo post.
LC
De Ilda a 25 de Março de 2010 às 16:01
Olá Luís, bom dia.
Como é que está?
Vi, como não podia deixar de ser com imensa atenção, curiosidade e até com alguma emoção a reportagem.
Não imaginava que em Kabul os “nossos homens” estivessem tão perto do perigo. Sabia que eles não estavam numa redoma de vidro mas sempre pensei que o trabalho deles fosse um pouco mais "afastados" da linha da frente embora soubesse e por acaso tive pena que não houvesse tempo para referir isso, que eles estavam no terreno não só em operações militares mas também de ajuda à população com a entrega das “trouxas” de 1ª necessidade para além do apoio sanitário e tudo o resto.
Quero dar-lhe os parabéns e ao Paulo Oliveira pelo excelente trabalho que fizeram e mais uma vez o Luís mostrou que para além de excelente profissional é também um HOMEM com um grande coração e uma grande sensibilidade.
Obrigada pela excelente reportagem e por mostrar a Portugal como os nossos militares são respeitados e considerados além fronteira o que por vezes cá dentro não acontece.
Bem-haja.
Que Deus o proteja sempre e em qualquer situação, mas por favor não facilite.
Um grande beijinho.
Ilda
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:05
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões no próximo post.
LC
De Jorge Carvalho a 25 de Março de 2010 às 16:43
Olá Luís
Infelizmente não foi possível rever ontem a excelente reportagem (sou dos primeiros felizardos do IESM que honrou com a sua antestreia em 5Mar ).
Mas hoje retorno a observar na sua página do Facebook o excelente trabalho…é bom ter assim jornalistas em Portugal!
Parabéns
Um abraço.
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:07
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões no próximo post.
LC
De Virgínia a 25 de Março de 2010 às 16:52
Boa tarde Luís
Já comentei a sua excelente reportagem mas não posso deixar de lamentar a morte deste soldado, Bill.
O Bill... com tantos planos e com tantos sonhos, morto tão jovem numa terra distante numa guerra miserável.
A mulher do Bill, mesmo na sua dor, não deixou de lhe dar a triste notícia. Deus lhe dê força.
Sabe Luís, as guerras e os conflitos perturbam-me muito.
Eu sou da geração dos nossos militares que nos anos setenta deram a vida nas guerras do ultramar. E para quê tanto sofrimento para esses rapazes, seus pais, família e amigos?
Um beijo
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:08
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões no próximo post.
LC
De rui Pimentel a 25 de Março de 2010 às 18:01
Luís

Parabéns vi a reportagem ontem na televisão e consegue mostrar a grande tensão que se vive no Afeganistão e o importante papel que estamos a desempenhar.

Rui
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:08
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões no próximo post.
LC
De Nuno a 25 de Março de 2010 às 18:15
Parabéns pela reportagem, muito bem feita e aborda muito bem o dia a dia dos soldados ocidentais no Afeganistão, só tinha a sugerir que se tivesse dado um pouco mais de atenção ao dia a dia dos soldados portugueses.
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:10
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões/observações no próximo post.
LC
De Anónimo a 25 de Março de 2010 às 20:10
Olá Luis

A reportagem é excelente , parabéns, mas acho que ela é muito compacta, tenho a certeza que terias o dobro para nos mostrar, não tendo esse tempo disponível devido á programação da rtp , sinto me baralhado quanto à noção da passagem do tempo, parece que passaste lá apenas um dia. Podes nos dizer quanto tempo lá estiveste (em cada lugar) ou se quiseres desde a tua chegada até á partida. É que vemos o acampamento, as patrulhas nas zonas rurais e depois a cidade!

...continua a ser o mesmo Luís Castro de sempre. Parabéns

A.M.
De Luís Castro a 26 de Março de 2010 às 18:10
Obrigado.
Responderei a todos os vossos comentários e a todas as questões/observações no próximo post.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds