Segunda-feira, 26 de Abril de 2010

Multada por conduzir de burka

A polícia francesa alega que a indumentária lhe limitava os movimentos e reduzia o campo de visão.

 

O caso não se limita, no entanto, a uma infracção de trânsito,

e está a transformar-se num debate político intenso, como relata o correspondente da RTP em Paris, Paulo Dentinho.

 

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 20:49
link do post | comentar
24 comentários:
De Maria Araújo a 26 de Abril de 2010 às 21:41
Olá. Já tinha visto esta notícia.
Sinceramente, não sou contra.
Se é Mulçumana, quer usar a burka, qual é o problema?
Penso que ninguém tem o direito de obrigar a mulher usar as roupas ocidentais nem tampouco deixar aquilo que faz parte da sua cultura.
É a minha opinião.
Beijinho
De Luís Castro a 26 de Abril de 2010 às 22:28
Olá.
Da mesma forma que a lei proibe conduzir de chinelos ou que os carros não podem ter os vidros demasiado escuros ao ponto de não se poder identificar quem lá vai dentro, também os muçulmandos devem respeitar a lei.
Bjs
LC
De Luís Castro a 26 de Abril de 2010 às 22:29
Entenda-se:
A lei dos países onde decidiram viver.
Eu, quando vou aos países muçulmanos, também sou obrigado a respeitar as leis deles. E respeito.
Bjs
LC
De Maria Araújo a 27 de Abril de 2010 às 22:50
Entendido. Não pensei na lei.
Beijinho
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 22:38
Bjs
LC
De gena a 30 de Abril de 2010 às 10:53
apoiado!
De maria moura a 27 de Abril de 2010 às 00:24
Neste caso sou contra, por dentro duma burka pode estar um ou uma criminosa, etc. Deveriam adaptar-se aos hábitos dos Países para onde vão viver, sem radicalismos, claro. Em vez de burka talvez um lenço Channel em volta da cabeça, como faziam as nossas avozinhas quando íam à missa, e uns oculos escuros da Prada. Na minha opinião deveria ser mesmo proibido o uso da burka em paises não muçulmanos.
bj
mmoura
De pink poison a 27 de Abril de 2010 às 12:08
Não há channel que bata o lecinho da minha avó!!!
De pink poison a 27 de Abril de 2010 às 12:08
lencinho, perdão
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 22:24
Visto.
LC
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 22:27
eheheheh
LC
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 21:35
Isso é que já é mais difícil.
Bjs
LC
De filha do administrador a 27 de Abril de 2010 às 03:08
eu ao primeiro sentimento diria "que horror", mas ao segundo já se cabeça fria, pensaria "e então?"
afinal no país "deles" temos que andar vestidos como eles querem, seguir as regras que querem, por exemplo, no Dubai, supostamente uma zona mais evoluída, com muita mistura de costumes, bem há pouco tempo, um casal de estrangeiros foi preso porque deu um beijo na rua..., foi contra a moral?? talvez tenha ido, também a burka vai contra a minha moral.
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 21:45
O respeito tem dois sentidos.
Bj
LC
De pink poison a 27 de Abril de 2010 às 12:02
Aqui está a resposta à pergunta que o Luis me fez no post das multas. Se andar de burka? já sabe, escolha uma cor-de-rosa... Com o devido respeito a quem a usa e os seus motivos. Beijinho
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 22:23
LOL
Bjs
LC
De RUI FERREIRA a 27 de Abril de 2010 às 13:14
muito bem multada. não está no país dela mas noutro,por isso deve respitar as leis em vigor. agora transformar num caso político,~´e que está mal as leis são para ser aplicadas, não pode haver dois pasos e duas medidas.....
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 22:29
E ele é "senhor" de várias burkas...
Ab.
LC
De pink poison a 29 de Abril de 2010 às 22:19
Concordo... Muito bem dito!!!
De Rute a 28 de Abril de 2010 às 14:33
Concordo plenamente que tenha sido multada. As pessoas têm que respeitar as regras do país onde estão.
Os ocidentais quando vão para países muçulmanos também são obrigados a respeitar as regras desses países, caso contrário sofrem as consequências.
Neste caso, só tem que cumprir as regras do país em questão!
De Luís Castro a 28 de Abril de 2010 às 22:57
Sem dúvida.
Bjs
LC
De gena a 30 de Abril de 2010 às 11:01
porquê tanta indignação?
De Lila a 4 de Maio de 2010 às 16:54
No pais dos lobos uiva-se como eles , por isso fora questão o uzo da burka nos paises civilizados
De silvia a 12 de Maio de 2010 às 17:15
Também acho que na via publica nao deveriam poder usar
pelos motivos evidentes e então a conduzir pode mesmo ser perigoso!
Querem ser respeitados nos seus países? plenamente de acordo, vai lá quem quer...
então respeitem-nos nos nossos também...ninguém os obrigou a virem para este lado!

Já repararam como são cada vez mais arrogantes, sabendo que não estão verdadeiramente "em casa"!?
Onde vai isto parar?

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds