Quarta-feira, 12 de Maio de 2010

Visita do Papa - Cobertura RTP

 

Estamos envolvidos numa gigantesca operação.

É uma das maiores realizações da RTP.

Também por isso estive pouco presente no blogue durante os últimos dias.

 

Gostava de saber a vossa opinião sobre a cobertura que estamos a fazer.

Dinâmica, qualidade, duração e tudo aquilo que entenderem.

Sejam sinceros. Estarei muito atento aos vossos comentários e opiniões.

 

Obrigado.

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 11:01
link do post | comentar
46 comentários:
De Joana a 12 de Maio de 2010 às 12:49
Olá Luís,
Acho exagerada a duração da cobertura mediática que se está a fazer à visita do Papa, mas tendo em conta que a TVI e SIC o fazem, é natural que a RTP tenha de o fazer também.
No entanto, quero destacar a qualidade da vossa emissão, apesar de a achar muito longa tem sido super profissional e de qualidade.
Parabéns.
Joana
De António Simões a 12 de Maio de 2010 às 12:49
Sinceramente acho que não há contexto de nada. Os repórteres no local estão mal preparados: limitam-se a descrever com lugares comuns o que vai acontecendo e o que vamos vendo no ecrã. Acho que há muita impreparação pouco espírito jornalístico no directo. Vi uma colega sua nos Jerónimos entrevistar crianças sobre o Papa ( o que sabe um miúdo de 5 anos sobre o Papa?); vi um colega seu (tb em Belém) quetionar sobre a crise económica e a fé (o óbvio e o elementar) e vi muitos outros peguntarem porque estão ali?

E depois à noite vi uma tal de rita a fazer de poseur frente às camaras a explicar que lisboa se tinha tornado um deserto (obviously, off course). Ps- ficámos a saber que a cachopa fala inglês e gosta de ridicularizar turistas...

Perimta-me um outro apontamento. Vi por duas vezes jornalistas da RTP com alguma experiência (Márcia Rodrigues e António Esteves) entrevistarem o Primeiro-Ministro e não fazerem a pergunta óbvia:

EM TEMPO DE CRISE QUEM VAI PAGAR A FACTURA DESTE VISITA PAPAL AGRAVADA COM AS TOLERÂNCIAS DE PONTO?

Critérios .....
De António Simões a 12 de Maio de 2010 às 12:51
Resposta à minha própria pergunta:

QUEM VAI PAGR ESTA PALHAÇADA? UMA PARTE DO MEU SUBSÍDIO DE FÉRIAS!
De su a 12 de Maio de 2010 às 13:55
Os palhacinhos ..oraaaaaa lool
De pink poison a 12 de Maio de 2010 às 13:53
http://mundopinkpoison.blogspot.com/2010/05/sr-primeiro-ministro.html

Ali está a minha opinião. A RTP, fez o seu trabalho, muito bem, como outra coisa não seria de esperar.

O pior é o resto... (ver link)
De mario a 12 de Maio de 2010 às 14:04
Luis

A realização de ontem da missa no Terreiro Paço, foi fantástica.
Parabéns à equipa da RTP pelo brilhantismo da emissão.
Já esperava este desempenho, pois sei a vossa capacidade trabalho, vosso profissionalismo e sei a qualidade dos profissionais da RTP.


Obrigado a todos vós.
De Anónimo a 14 de Maio de 2010 às 03:11
este comentário parece ter sido escrito por aluem da rtp!
De Pedro a 12 de Maio de 2010 às 14:20
Óbviamente excessiva
continuam a agir tal como no estado novo
dando cobertura a um evento religioso/católico como se a maioria da população fosse católica o que não acontece como é fácil constatar
o problema é que os custos cabem esses sim a todos nós
De silvia a 12 de Maio de 2010 às 20:17
Concordo com o que diz o Pedro, plenamente.
Tendo em conta o novo contexto em que vivemos, isto está exagerado e de que maneira...
De drCursor a 12 de Maio de 2010 às 15:01
Penso que a RTP nos trouxe um novo standard na comunicação... eventos de uma dada instituição comentados horas a fio em voz off e com comentadores por pessoas da própria instituição.

Espero que no próximo dia 29 na manifestação da CGTP, além de cobertura completa e em directo, a RTP tenha como voz-off sindicalistas da CGTP a explicar o porque da contestação e que os comentadores chamados sejam todos próximos à CGTP.

Já agora que passem a chamar "camaradas" aos membros da CGTP (à semelhança de "sua santidade" como chamam ao papa, ou suas iminências a outros que tais)
De António Manuel Dias a 12 de Maio de 2010 às 22:32
Concordo e fico à espera (mas sentado) de ver a cobertura desse evento.
De hugo gaspar a 12 de Maio de 2010 às 15:11
que palhaçada é o que eu vejo nas 3 televisões. agora já não miséria nem tristejas é só papas.
infelizmente é o pais que temos onde a maioria ´´e toda influênciada e não consegue ver as coisas.
mas quem é o cromo do papa para ter este tempo todo de antena? o que é igreja senão um negócio?
abram os olhos.
De patti a 12 de Maio de 2010 às 16:03
Excelente Luís. Óptimas imagens, profissionais competentes e que sabem o que dizer e sobretudo perguntar aos fiéis que assistem a tudo.
Vi ontem e estou a ver-vos hoje.

Não sou católica actualmente, mas n acho esta cobertura nada exagerada.

Parabéns
De upa upa a 12 de Maio de 2010 às 16:05
bbbbbbbbooooorrrriiiiiinnnnnggggg!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds