Sábado, 7 de Junho de 2008

Estou curioso...

.

Será que hoje alguém viu o Telejornal?

Amanhã saberei.

Para quem preferiu ver o jogo Portugal - Turquia, deixo-vos aqui um resumo das notícias do dia:

*Camionistas vão parar dentro de 24 horas.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=349817&tema=1&pagina=&palavra=&ver=1

*Gasolineira de Barrancos só sobrevive graças à solidariedade.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=349821&tema=1&pagina=&palavra=&ver=1

*Hillary desiste e apela ao voto em Obama.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=349827&tema=31

  

Gostaria também de vos recomendar uma vista de olhos nesta peça.

Confesso que fiquei chocado e merece a reflexão de todos nós.

Pivô lido pelo JRS:

O atropelamento de um idoso numa pequena cidade americana está a causar polémica nos Estados Unidos.

O homem foi atropelado por um condutor que não parou e, embora estivesse numa rua movimentada, ninguém se aproximou para o ajudar.

As imagens podem chocar os telespectadores mais sensíveis.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=349831&tema=31

 

Abraço a todos.

Luís Castro

Coordenador do Telejornal da RTP

 

publicado por Luís Castro às 22:03
link do post | comentar
64 comentários:
De Diogo Rodrigues a 7 de Junho de 2008 às 23:06
Aquilo lá para Barrancos esta complicado.

Essa noticia do atropelamento o meu tio já me tinha falado dela é realmente chocante ver a serenidade dos americanos num post a uns tempos disse " os americanos olham só para o seu umbigo" mantenho o que disse, agora podes-me dizer não se pode generalizar mas mantenho o que disse.

quem é a jornalista que esta contigo ?

abraço[]
De Anónimo a 7 de Junho de 2008 às 23:30
Diogo,
O que estamos a ver nas imagens do atropelamento fazem-no muita impressão porque, pela primeira vez estão no noso "quintal" ou seja na nossa "civilização" Europeia/Americana.
Na Ásia, nomeadamente na India, as pessoas morrem na rua. Em África o mesmo. Os motivos é que são diferentes.
Os do vídeo são muito mais preocupantes. Porque,não se trata de sobrevivência e de luta pela sobrevivência, mas como diz e muito bem, trata-se de egoismo e de uma distorção ética grave que aliás todos podemos observar nos gestos do dia a dia, nomeadamente nas grandes cidades.

Filipa V. Jardim
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:18
Visto.
LC
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:15
É a Sandra Felgueiras.
LC
De Anónimo a 7 de Junho de 2008 às 23:19
Olá Luis de castro,

Pois eu vi o telejornal. Peço muita desculpa ao Cristiano Ronaldo e, companhia mas estou neste momento mais preocupada e atenta ao que se passa no mundo por causa em parte da escalada dos preços dos combustíveis e, dos cereais

As noticias da China também deixaram quase de chegar...continua a haver réplicas...o que aconteceu aos reactores nucleares que estavam no centro do epicentro? Que nuvens poluentes são essas de que se fala e, que atingem cidades mais a sul? A CNN disse alguma coisa sobre o assunto...

Quanto ao petróleo...é verdade que estão petroleiros no mar do norte a "fazer piscinas" para fazer inflaccionar os preços dos combustiveis?...onde é que eu ouvi isto?

Como vê não está sozinho, ainda há quem apesar de haver bolas redondas rolando, veja o Telejornal e depois tente pesquisar mais alguma coisa sobre os assuntos, on line.
Cotinuação de bom trabalho e até amanhã, no Telejornal e aqui no blog.

Filipa V. Jardim






De brunomiguel a 7 de Junho de 2008 às 23:30
Essa situação que ocorreu nos Estados Unidos é um fenómeno que recebeu o nome devido a uma situação semelhante à entrada de um prédio, se não me engano, na década de 90. Eu já soube o nome disso, mas a memória já não é o que era.

ps: eu vi o jogo. dispenso é o circo à volta da selecção.

Já de agora, sobre Obama/Hillary e não só:
http://rikhard-scientia.blogspot.com/2008/06/fotos-do-encontro-do-grupo-bilderberg.html
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:20
Bruno,
confesso que depois de ter corrido o mundo vivendo as guerras por dentro, estes casos me chocam ainda mais.
Ab.
LC
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:17
Filipa,
não têm chegado imagens pelos envios internacionais das agências.
A China desapareceu da agenda das agências, pelo que em televisão, sem imagem fica difícil dar destaque.
Bjs
LC
De brunomiguel a 7 de Junho de 2008 às 23:53
Windows XP?! Para quando sistemas livres nos desktops da RTP, daqueles que não partilha com o criador as pesquisas efectuadas na ferramenta de pesquisa ou que não envia informações sobre as aplicações instaladas a cada terça-feira de updates? Não é assim que a sociedade e a informação devem ser: livres?
E a utilização de formatos padrão abertos (ODF, etc) já acontece na RTP?
De Daniel Marques a 8 de Junho de 2008 às 00:17
O problema Bruno, é que nesses computadores não se trabalha apenas em processamento de texto, é muito mais que isso. Existe uma panóplia de programas específicos com alinhamentos horários, edição de reportagens, etc... Temo que a mudança não seja fácil, até porque dificilmente se consegue equivalência desses programas para Linux, ainda para mais quando foram feitos especificamente para a RTP. Teriam de ser feitos novos para funcionarem em Linux.

Até acredito que consigas sensibilizar o Luís com o software livre. Já os responsáveis por essas decisões, não devem estar interessados no caos que isso traria.

Isto digo eu que não trabalho lá, mas pelas vezes que lá tive pude observar.
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 01:48
O GNU/Linux não é o único sistema livre. Alias, o Linux, talvez o kernel mais famoso da actualidade, não é totalmente livre - contém muitos blobs (software fechado - neste caso, drivers). Mas existem projectos como o gNewSense e o Ututo, por exemplo, que retiram os blobs ao kernel e distribuem um sistema livre.
O mítico sistema livre é o GNU/Hurd, um sistema operativo que está em desenvolvimento à mais de 20 anos. Este era o sistema livre ambicionado por Richard Stallman, mas que tem tido um desenvolvimento lento por ter uma comunidade muito pequena à volta dele. (ao fim de 20 anos, ainda não está muito estável. já o tive a correr numa máquina virtual e pude constatar isso).

Quanto ao software usado pela RTP, porque não desenvolver o software in-house, adaptado às necessidades da empresa, e depois partilhar o código, para criar uma comunidade em torno dos programas? Veja-se o Linux, que tem bem mais de uma centena (se não estou em erro, ainda são algumas centenas) de pessoas a contribuir código, corrigir erros, documentar e testar. Era serviço público e uma excelente contribuição para a sociedade.
Claro que o Linux é um projecto muito grande, mas é só para servir de exemplo.

A mudança não é fácil, mas também não é difícil. Eu demorei quase um ano para passar de software proprietário para apenas software livre. Podia ter feito a mudança mais rapidamente - em 3/4 meses, se tanto - mas preferi fazer as coisas com calma.

«no caos que isso traria»
Caos, só se as coisas não fossem bem feitas. Vê a Extremadura, Espanha, por exemplo: só utiliza software livre nas escolas. Mudou e está contente por isso. Algumas zonas da Alemanha também mudaram ou estão a mudar para software livre e não há ou houve caos. Em Inglaterra, idem aspas.
Com um bom planeamento, o céu é o limite (e convém que seja, porque não é fácil respirar no espaço).
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:35
Bruno,
continua a ser muita areia para mim, mas vou transmitir.
Depois, não te esqueças que o nosso sistema não pode estar aberto ao público em geral.
Há matérias confidenciais e de muita sensibilidade que tem que ser salvaguardao.
Abraço.
LC
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 16:55
Quando falo em sistema, não falo em documentos. O facto de uma aplicação ter o código-fonte disponível não a torna menos confidencial.
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:44
Ok.
Entendo.
Ab.
LC
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:26
Visto.
LC
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:24
Bruno,
este é um sistema/programa criado especificamente para o trabalho de uma redacção televisiva.
É o mesmo das grandes televisões mundiais.
Ab.
LC
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 16:49
A RTP podia dar o exemplo e desenvolver um desses programas, mas livre («free as in freedom»). Talvez tivesse o apoio de mais canais televisivos, talvez não. Mas é quase certo que teria uma comunidade de programadores a relatar e corrigir bugs e a enviar código para melhorar as aplicações, sem cobrarem um cêntimo.
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:43
Bruno,
talvez tenhas razão, mas não sou assim tão especialista...
Ab.
LC
De brunomiguel a 7 de Junho de 2008 às 23:58
Já de agora, irá a RTP disponibilizar os vídeos em Ogg Theora, Xvid ou em qualquer outro formato de vídeo? Como eu tenho o Gnash - a implementação livre do Adobe Flash Player - instalado e não o Flash, não consigo ver os vídeos.
Poderia instalar o Flash Player, mas não é software livre e software que tem o código escondido não é de confiança. Posso parecer extremista, mas esta situação mostra porque razão o software proprietário não é de confiança:
http://www.baboo.com.br/absolutenm/templates/content.asp?articleid=31611&zoneid=276&resumo=
Se juntar-mos mais este exemplo, percebe-se bem:
http://slashdot.org/article.pl?sid=01/05/14/1858201
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:25
Bruno,
é muita areia para a minha camioneta!!!
Vou mandar o teu comentário para as pessoas indicadas aqui na casa.
Ab.
LC
De Daniel Marques a 8 de Junho de 2008 às 01:21
Venho pedir-vos uma ajuda.

Agradecia que me dissessem se o texto que se encontra aqui (http://euro2008.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1331647) se trata de um artigo de opinião ou se é efectivamente uma notícia. É que esse texto situa-se na secção "notícias" do jornal Público.

E já agora o que é ser-se "candidato a algo"?

Os meus parabéns a Jorge Miguel Matias. O verdadeiro alienado que usa a sua máquina de escrever para vomitar disparates. Parabéns também ao Público!
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:29
Daniel,
deixo a resposta para os frequentadores deste blogue.
Não seria cordial comentar o trabalho específico de um colega, como certamente compreendes.
Forte abraço
LC
De Daniel Marques a 8 de Junho de 2008 às 16:20
Obviamente Luís, por isso me dirigi no plural
E um abraço por permitires que este espaço exista.

Já agora, não sei se recebeste o meu mail sobre o vídeo. Se puderes diz qualquer coisa.

Abraço
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:40
Daniel,
provavelmente foi na "fúria apagadora".
Manda novamente, pf.
LC
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 01:22
ena pá que o mundo mudou tanto e eu agarrado à Sportv :S

em relação ao software livre... é mto giro, as vezes uso algo (nao troco o meu Mac OSX por nenhum linux) mas fundamentalismos em qq assunto (tirando o benfica :P) é sempre demais ;)
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 01:49
Os assassinos devem ser castigados. Demasiado fundamentalismo?
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:35
???
Visto.
LC
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 21:15
???
condenar? fundamentalismo? oi?

Essa imaginação... vai buscar com cada coisa...

Mas já agora acho que não e fundamentalismo, é justiça...

Já o mm nao posso dizer da Demagogia e Populismo..
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 21:24
Ah, o velho recurso aos chavões para tentar ter razão. Essa "fórmula" está demasiado batida.
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 21:37
Oh amigo... eu nao quero alimentar discussões desnecessárias mas... se bem me recordo ninguém ali falou de criminosos até que numa qq comparação (idiota entenda-se) que na minha ingenuidade ainda nao devo ter alcançado, você ter referido isso...

E quando usamos falsos argumentos ou simplesmente não válidos, para fazer valer os nossos pontos de vista... lamento, não são chavões. é mesmo a realidade, nua e crua ( isto sim é um chavão)

E olhe que eu até acredito no conceito Open-Source... mas acontece que nem sempre são os melhores produtos ou nem sempre correspondem às nossas necessidades.

E não sendo eu um programador nao me posso dar ao luxo de adaptar um software às minhas necessidades.
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 21:41
Eu também não programo, mas não é por isso que deixo de contactar os colaboradores de determinado projecto para sugerir algo.

Eu não acredito muito na filosofia open-source. Revejo-me é com a filosofia Software Livre.
Recomendo a leitura dos seguintes textos, para que perceba melhor o que é software livre:
http://www.gnu.org/philosophy/free-sw.html
http://www.gnu.org/gnu/manifesto.pt.html
http://www.gnu.org/philosophy/why-free.html
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:54
Confesso que vou ler... para ver se percebo a vossa argumentação.
Abraço
aos dois.
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:52
Visto.
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:49
Visto.
LC
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 21:28
Bem, ao menos (ainda) não houve a menção ao terrorismo.
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 21:38
não... deixo essa opção "fácil" para si...
De brunomiguel a 8 de Junho de 2008 às 21:46
Obrigado. Estava a ver que eram todas usadas e ficava sem nenhuma. :P
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:56
Visto.
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:53
Visto.
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:51
Não se zanguem...
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:48
Visto.
LC
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:30
Visto.
LC
De filha do administrador a 8 de Junho de 2008 às 02:29
sobre o atropelamento ... não precisamos de ir para tão longe, dúvido que as pessoas que viram já se tenham esquecido da cena no metro aqui na vizinha Espanha....
o que está a dar é fingir que não se vê, ou com a desculpa de que não nos devemos meter na vida dos outros ou outra menos hipocrita... não me apetece ter chatices ...
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:37
Somos seres cada vez mais individuais.
Seres colectivos? Só se isso for útil para a necessidade imediata do individual.
Bjs
LC
De Cristina a 8 de Junho de 2008 às 05:11
Olá! Luis

nem futebol nem noticias... a essa hora estava a trabalhar :(
TV não vejo há pelo menos um mês, desde que mudei de casa que não tenho TV, por razões técnicas que agora não interessa. Mas verdade seja dita, quer num café ou num restaurante estou sempre colada à TV para ver NOTICIAS. Mas vou-me sempre matendo a par quer seja através da rádio ou dos jornais diários :)
O jogo, foi ouvido e não visto, soube do 1ro golo durante a minha hora de jantar (sem TV), pela euforia/gritos de todos os que estavam por perto de uma TV.
Quanto às peças, e pelo adiantado da hora não vou ver agora, mas prometo que amanhã (hoje), irei ver. Quanto ao atropelamento, pelo que já li só posso concluis que estamos cada vez mais egoistas.
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:37
Bjs.
LC
De pedro oliveira a 8 de Junho de 2008 às 08:30
De saída para o Alentejo e porque, Para onde vou não há net móvel(trapézio sem rede...), vim dar o meu giro,Não vi o Telejornal e festejei a bom festejar, a exibição e o resultado, se aguentarmos a pedalada,forte,de ontem, não sei não...

quanto ao atropelamento, com os "carjakings" e demais artimanhas para assaltar as pessoas, desconfiamos de tudo e esquecemos que alguém pode mesmo precisar de ajuda, dá que pensar...

aTé 4ª
um abraço
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:41
Pedro,
na régie, com um olho no Telejornal e outro no jogo, acho que suaram a camisola.
Sobre o atropelamento, fiquei chocado.
Até porque outros fenómenos do género já se começam a verificar também por cá.
Bom Domingo.
Abraço
LC
De Raquel Silva a 8 de Junho de 2008 às 11:24
Luís,
Sinceramente... Não vi o Telejornal...
Tento acompanhar a RTP diariamente, às oito em ponto, mas ontem tive de fazer uma excepção... E continuarei a fazer até Portugal ser eliminado. Fala mais alto... :D Afinal de contas, é também uma notícia de grande interesse...
A festa aí na RTP parece ter sido divertida... :) Obrigada pelo resumo das notícias do dia...
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 15:41
Estás desculpada.
Pede ao teu pai para me ligar.
Bjs
LC
De Raquel Silva a 8 de Junho de 2008 às 16:47
Vou dizer-lhe.
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:42
Obg.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds