Domingo, 8 de Junho de 2008

Audiências de ontem

.

Já vi as audiências.

E fiquei satisfeito.

Apesar do jogo estar em concorrência directa, 830 mil pessoas preferiram ver notícias.

Assim, em números redondos:

 

       Jogo (TVI)..................... 3 milhões

       Telejornal  (RTP)............ 450 mil

       Jornal da Noite  (SIC) .... 380 mil

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 15:55
link do post | comentar
73 comentários:
De Cristina a 8 de Junho de 2008 às 16:07
Luis

já era de esperar.... pena tenho eu de não ter podido dar uma volta por Lx a essa hora, posso imaginar que as ruas estivessem desertas :)
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:37
Cristina,
Lisboa e o resto do país, excepto nos locais onde estivesse a ser transmitido o jogo.
Bjs
LC
cheiroapolvora@sapo.pt
De Cristina a 8 de Junho de 2008 às 16:08
Ah! tenho de dar os parabém à RTP, por o novo grafismo do Telejornal. Vi através dos videos no vosso site.
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:38
Obg.
Bjs
LC
De Diogo Rodrigues a 8 de Junho de 2008 às 16:20
Luís cá entre nós eu não costumo ver o telejornal seguído vejo mais as noticias pela net é mais rápido e só vemos o que queremos, MAS isso sempre disse que o telejornal da rtp é o melhor

abraço []
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:39
Diogo,
na net ou no televisor, o importante é que vejas... rs...rs...rs...
Ab.
LC
De Raquel Silva a 8 de Junho de 2008 às 16:44
Mesmo assim... É para ficar satisfeito. Ainda há portugueses que preferem estar atentos às notícias do dia do que ver um jogo de futebol da selecção... É uma boa notícia para os sectores de informação da comunicação social portuguesa.
De certeza que foi menos do que é costume, mas pensei que fosse ainda menos gente.
Pensei também que houvesse mais de 3 milhões de pessoas a ver o jogo na TVI... Mas deve estar dividido porque o jogo também foi transmitido na Sport Tv, não foi?
Hoje, vou tentar ver o Telejornal... :D
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:42
Raquel,
a TVI diz que foram 2,6 milhões.
Bjs
LC
De Daniel Marques a 8 de Junho de 2008 às 17:10
Não quero ser moralista. Vi o jogo, hoje era dia de ver o jogo. E lembrei-me que estavas a trabalhar e pensei, no quanto seria bom beber umas cervejas contigo.

Abraço.
De Daniel Marques a 8 de Junho de 2008 às 17:11
Hoje? Ontem! ahahah! É do vinho do almoço, deixa lá!
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:46
A "vinhaça" também faz bem à saúde, embora eu não beba.
LC
De Daniel Marques a 8 de Junho de 2008 às 21:04
Só tinto. Verde e branco já não fazem tão bem.
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 17:47
Pois...
LC
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:45
Daniel,
combinamos um destes dias.
Ab.
LC
De Tiago Costa a 8 de Junho de 2008 às 18:56
Realmente é um número impressionante.
Confesso que andei a semana toda a dizer mal da cobertura excessiva à selecção, mas depois não tive coragem para me separar de toda a família em frente à televisão e ao jogo.

Aproveito para lhe agradecer a visita que fez ao ICBAS no dia 28 de Maio. Surpreendeu todos com a sua simpatia e acessibilidade. Um abraço da AEICBAS.

Obrigado.
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:50
Tiago,
também gostei muito da plateia.
Sobre a selecção, mal acabei o Telejornal, também eu fui ver o resto do jogo.
Ab.
LC
De Patti a 8 de Junho de 2008 às 20:05
Olá Luís,

E quem serão essas 450 mil raridades/portuguesas que não viram a selecção?

Lol
De Luís Castro a 8 de Junho de 2008 às 20:51
Patti,
andam por aí, ou tinham mais do que um televisor ligado a essa hora.
Bjs
LC
De Diogo Rodrigues a 8 de Junho de 2008 às 22:15
Luís uma pergunta como é que se vê o share de um canal? eu tendo a televisão ligada na rtp vocês conseguem saber que eu vós estou a ver?
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 22:29
Por norma as audiencias sao medidas analisando os dados obtidos pelos Audimetros... Aparelhos ligados às televisões de alguns espectadores selecionados pela marktest para isso (cerca de mil se nao estou em erro).

Uma outra hipótese são os dados disponibilizados pelas empresas de cabo e iptv, que csguem saber quem está a ver o que, ja que ao mudar para a um canal o que estamos a fazer é um pedido do tipo "Senhores da Smartv, podem-me enviar daí a RTP1 para a minha tv sff?"

Já agora o Share, revela do total dos espectadores que estão a ver televisão quantos estão a ver determinado programa, ou seja

Se so tiverem 3 milhoes de pessoas a ver TV, estes 3 Milhões são 100% do Share. Se 1.5milhoes estiverem a ver o Jornal da RTP, quer dizer que este programa teve um share de 50% sendo os restantes 50% repartidos pelos outros programas que estiverem a ser vistos.

As audiências medem-se em numero absoluto de espectadores.

Ou seja um determinado programa num dia x pode ter 20% de Share e no dia seguinte (y) ter somente 15%... mas estes 15 % podem corresponder a mais espectadores que no dia anterior que teve 20% se Share, se mais pessoas estiverem a ver televisão no dia Y : )

fui confuso?! :S

hope not =)
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 22:31
ah e estes valores sao sempre meras estatisticas extrapoladas das cerca de mil pessoas com audimetros, para a restante população portuguesa ;)
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 18:08
Isso mesmo.
Apenas um dado, julgo que são 800 lares.
Ab.
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 18:06
Não, claro que não!
Explicação perfeita!
Parabéns.
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 18:00
Diogo,
o público não consegue ver o "share" pois é uma informação recolhida por uma empresa e vendida às televisões e às agências que lidam com a publicidade.
Há centenas de aperelhos instalados de Norte a Sul do país que vão registando os canais que essas pessoas estão a ver lá em casa e que acompanham as mudanças.
Esse painel está feito de forma representativas da população portuguesa.
Abraço
LC
De joão calviño a 8 de Junho de 2008 às 22:18
Luis, esses dados são obtidos através de Audimetros?

Ando curioso por saber resultados absolutos, que com os novos serviços digitais de televisão (IPTV e CABO) deve ser possivel saber, pelo menos dos que usam este serviço...

A verdade é que pelo facto de nao terem visto o telejornal, nao quer dizer que nao possam ter estado atentas às noticias, ja que canais como a Sic Noticias ou RTP N têm jornais quase horários, pelo menos com as noticias mais relevantes e sem as habituais chouriçadas ;)

estarei mto errado?
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 18:02
Isso mesmo, a medição é feita dessa forma.
Sobre quem viu ou não notícias, apenas me referia ao período entre as 20h e as 21h desse dia.
Abraço
LC
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 18:04
João,
é mais fácil encontrares chouriçadas nos canais de informação continua, pois, por vezes, "há que encher" sem ter muito para noticiar...
Ab.
LC
De Diogo Rodrigues a 9 de Junho de 2008 às 20:05
Depois da explicação do João Calvino e do Luís estou mais que esclarecido

obrigado[]
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 20:20
Abraço.
LC
De joão calviño a 9 de Junho de 2008 às 20:57
Sim, mas um noticiario que dura meia hora geralmente é masi selecto que um que dura hora e meia e vai deixando algumas noticias relevantes para o fim... nao flo do da rtp1 que por acaso e o que mais vejo mas o da sic dura quase uma hora e meia..
De Luís Castro a 10 de Junho de 2008 às 15:23
Pois é.
Por vezes não há notícias para tanto e há que encher...
Ab.
LC
De A Mona Lisa tinha Gases a 8 de Junho de 2008 às 23:04
Tenho que admitir: vi o jogo e nem me passou pela cabeça que pudesse estar a dar qualquer outra coisa ao mesmo tempo! Eheheheh
De Luís Castro a 9 de Junho de 2008 às 18:09
Estás perdoada...
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds