Sexta-feira, 13 de Junho de 2008

Português ou estrangeiro?

 

Portugal tem gerado alguns dos melhores jogadores do mundo, mas não consegue o mesmo com os treinadores, excepto com José Mourinho.
Madaíl já disse que gostaria de ver um treinador português suceder a Scolari.
E há quem esteja à altura?
De dois nomes se tem falado: Carlos Queiroz e Manuel José.
Sabemos que Queiroz será treinador principal do Manchester United dentro de três anos. Já Manuel José faz mais sucesso lá fora do que cá dentro.
Terá Madaíl coragem para apostar na nova geração de treinadores portugueses, ou, mais uma vez, iremos ter um estrangeiro à frente da selecção portuguesa depois do Euro2008?
 
Luís Castro
Coordenador do Telejornal da RTP
 
 
publicado por Luís Castro às 12:27
link do post | comentar
98 comentários:
De Marco Ribeiro a 13 de Junho de 2008 às 16:06
Eu gostei do trabalho do Scolari. Embora também me custe ver 3 Brasileiros na selecção. Pareço estar a ser mal agradecido para com Scolari, Pepe e Deco que últimamente até marcaram golos pela nossa Selecção, e que senão fossem eles, não estaríamos na situação boa em que nos encontramos.

Não é nada pessoal contra estes jogadores, mas...
eu já começo a ver as Selecções como clubes de futebol, que em vez de fazerem contratações, fazem nacionalizações. Pensem no caso de França (que ultimamente até nem tem jogado muito bem) mas que em 2000 e em 2006 já nos limparam o sebo nas eliminatórias, e metade da sua equipa nasceu no continente Africano, incluíndo o retirado Zinedine Zidane que já foi o melhor jogador do Mundo.

Com isto das nacionalizações, os melhores jogadores à face da terra, nunca chegam a representar as suas origens, ao invés disso, tiram o bilhete de avião e lá vão eles fazer a nacionalização numa das potências mundiais... (não estava a falar necessáriamente de Portugal, claro... lol)
De Marco Ribeiro a 13 de Junho de 2008 às 16:23
Oops... retiro o que disse de Zidane! Estava convencido que tinha nascido em África, mas afinal os pais dele é que eram Argelinos, Zidane nasceu em Marselha, my mistake. :S
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 20:53
Visto.
LC
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 20:52
Marco,
por mim, se forem melhores do que os portugueses e se tiverem afinidades connosco, ou seja, se jogam há muito por cá, a mim não me incomoda.
Abraço
LC
De Paulo Maia a 13 de Junho de 2008 às 18:22
Gostava de ver o Manuel José na Selecção . Penso que merece a oportunidade que nunca teve num clube de dimensão em Portugal, se bem que o meu Boavista com o Manuel José jogou o melhor futebol que alguma vez vi no meu clube, mas o Boavista é apenas o quarto grande para a maioria das pessoas, para mim claro que é o maior.
Quanto aos brasileiros na nossa selecção Deco e Pepe ), é apenas o resultado do que se passa nos clubes e na não aposta na formação .

Um grande abraço para ti Luís .

Paulo Maia
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 20:54
Outro para ti também, Paulo.
E bjs para as tuas meninas.
LC
De Antonio Sarmento a 13 de Junho de 2008 às 19:40
Boa Tarde Luís,
Na minha opinião o Madaíl irá correr o mínimo de risco possível na escolha de um novo treinador. Um nome pouco conceituado e, em caso de maus resultados, poderia fazê-lo sair da presidência da FPF mais cedo do que aquilo que ele deseja. Além disso, um treinador novato dificilmente ganharia o respeito de algumas vedetas da nossa selecção. O Queiróz reune consenso no plantel: é português e tem currículo. Já o Manuel José não me parece que tenha muitos apoios no interior da selecção
Um abraço.
António Sarmento
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 20:56
António,
mas que o Manuel José merecia uma oportunidade, lá isso merecia.
LC
De Filipa V. Jardim a 14 de Junho de 2008 às 01:07
Não faço a mais pálida ideia de quem é o Manuel José mas pelo menos, assim pelo nome parece Português. É que a seleção Portuguesa qulaquer dia arrisca-se a não ter Portugueses o que é estranho...mas enfim tanto faz, o que é preciso é que fiquem contentes com o Manuel José, o José Manuel, o Deco António, o keppler, (pepe) januario...é perfeitamente indiferente, desde que os jogos sejam marcados impreterivelmente para coincidir com os protestos, seja lá dos pescadores, dos alpinista, dos agricultores, dos apamhadores de caracois etc...

Filipa V.Jardim
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:44
Rs...rs....rs...
Bjs
LC
De Daniel Marques a 14 de Junho de 2008 às 02:00
Concordo! Estou pelo Manuel José.

Abraço Luís
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:46
O probela é a voz do ManelZé...
Irrita ao fim de cinco segundos!
LC
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:47
O problema é a voz do ManelZé...
Irrita ao fim de cinco segundos!
LC
De Daniel Marques a 14 de Junho de 2008 às 13:53
Assim não é preciso ele falar muito que os jogadores fazem logo o que ele diz.
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 14:56
Está bem visto!
Vou falar com o Madaíl...
LC
De Raquel Silva a 13 de Junho de 2008 às 20:18
Luís,
Era esperada esta decisão de Scolari, mas a notícia não podia ter sido lançada em pior timing... Portugal acabara de ganhar mais um jogo, desta vez que garantia a passagem à próxima fase do Europeu, e a transferência de Solari, logo no dia a seguir à final, caiu que nem uma bomba entre os portugueses...
As expectativas estão elevadas. O próximo treinador, seja quem for, dificilmente vai convencer os adeptos, "à primeira vista", porque é difícil algum treinador, após 5 anos de Scolari, conseguir continuar o bom trabalho e transmitir a consistência que este deu à equipa. Ainda assim, não é só o treinador que conta; os jogadores são parte da equipa, se não a maior parte, e talvez, por eles, os portugueses possam continuar a alegrar-se com vitórias e alegrias.
Português ou não, tanto faz... É pouco provável Carlos Queirós querer abandonar a sua posição garantida no Manchester, e Manuel José não tem o perfil de treinador que a selecção parece precisar neste momento... Quem sabe, talvez um estrangeiro, vindo do nada, que possa trazer tantas surpresas e tantas glórias como Scolari trouxe um dia...
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 20:58
Raquel,
Scolari também deveria ter negociado a altura do anúncio... mas, enfim...
Bjs.
LC
De Raquel Silva a 13 de Junho de 2008 às 20:54
Bem... acabei de ouvir a notícia de última hora, dos cerca de 1000 prisioneiros que fugiram de uma prisão no Afeganistão... Luís, o que é que isso pode implicar? Sabem de mais alguma informação? Vou ver se encontro na CNN...
Bjs
Raquel
De Diogo Rodrigues a 13 de Junho de 2008 às 21:04
1000 prisioneiros? Credo ainda demoram a chegar cá :)
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 21:19
Imagina!
e são quase todos guerrilheiros talibans...
LC
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 21:19
Espero que não sejam camionistas...
LC
De Diogo Rodrigues a 13 de Junho de 2008 às 22:29
Pior pior só se forem aviadores xD


fogo fugirem 1000 presos, é algo impensável
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:35
Diogo,
em Kandahar tudo é possível.
Estive lá no momento da queda do regime Taliban (2001) , e, acredita, nunca vi cidade tão perdida no tempo e no fundamentalismo religioso.
Ab.
LC
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:36
Raquel,
ainda bem que os soldados portugueses já chegaram a Cabul.
Estiveram durante os últimos tempos na província de Kandahar.
Bjs
LC
De Raquel Silva a 13 de Junho de 2008 às 21:07
Encontrei isto:
http://www.cbc.ca/canada/story/2008/06/13/afghanistan-prison.html?ref=rss
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 21:18
Vou ver.
LC
De Luís Castro a 13 de Junho de 2008 às 21:21
Como disse ao Diogo, espero que não sejam camionistas ou amanhã estarão a bloquear o carregado!!!
LC
De Raquel Silva a 13 de Junho de 2008 às 21:24
:D
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:37
Visto.
LC
De Diogo Rodrigues a 13 de Junho de 2008 às 22:34
KANDAHAR - Insurgentes do Talibã explodiram nesta sexta-feira a entrada da principal prisão da cidade de Kandahar, onde centenas de suspeitos militantes estavam presos, disse o diretor da prisão.

Quase todos os 1.150 prisioneiros, incluindo 400 membros do Talibã, escaparam da prisão, disseram dois oficiais à Reuters em condição de anonimato.

A explosão causou um número desconhecido de vítimas, disse o diretor da prisão Abdul Qadir à Reuters.

"Eles (O Talibã) usaram um caminhão para explodir os portões e todos os guardas (do portão) foram mortos e estão em baixo dos destroços", disse pelo telefone. Enquanto falava, tiros podiam ser ouvidos ao fundo.

Os dois oficiais que pediram anonimato disseram que o Talibã também atirou vários morteiros em várias partes da prisão, que é feita de barro(!?!?!!?!?!). A província é um lugar seguro do movimento do Talibã

fonte: http://www.estadao.com.br/internacional/not_int189076,0.htm

Prisões feitas de barro meu deus!!!!

lá vão os americanos mais umas bombinhas

De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:38
Estive nessa prisão em 2001!!!
LC
De Filipa V. Jardim a 14 de Junho de 2008 às 00:58
interessante como o comentário sobre seleção e treinadores da seleção acabou, nos afegãos foragidos, mascarados ou não de camionistas.
psicólogo, precisa-se urgente!!!!
Ou será que não vale a pena?Virão mascarados de pescadores zangados ou de agricultores em fúria?
Para quando o protesto dos arrumadores de carros, também eles prejudicados pela alta do combustível e a consequente redução do poder de compra da moedinnha?
Precisamos de respostas!!!
E o tratado que acabe de virar novamente "tramado" desta feita pelo Irlandeses...e o que aquilo custo em jantarinhos, traduções, papelinhos,hotei, beberetes e croquetes variados...
francamente...:)

Filipa V. Jardim
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:42
Filipa,
e agora, como vai a Europa dar a volta aos irlandeses?
Bjs
LC
De Raquel Silva a 14 de Junho de 2008 às 16:51
Luís,
boa pergunta.
O próprio Tratado de Lisboa já era um plano B; no meio disto tudo, como encontrar um plano C?
Depois de tudo o que Portugal fez por este tratado, Sócrates tem razões para encarar a situação como uma derrota pessoal, mas também como uma derota para o país...
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 23:51
Estiveste a ouvir as explicações do António Esteves Martins no Telejornal!
Muito bem.
Mas também é preciso que a Europa caminhe com políticas que sejam aprovadas pelos cidadãos, ou então estaremos a construir algo que futuramente não dará resultado.
Bjs
LC
De Raquel Silva a 16 de Junho de 2008 às 14:25
É verdade, estive... :D
Concordo, claro que a opinião dos cidadãos importa, mas em questões como esta, muitas vezes, não corresponde ao que é melhor para o país nem para a União Europeia. O facto de a abstenção ser enorme demonstra a indecisão e, sobretudo, a falta de capacidade de compreender assuntos tão virados para a política, algo que o ser humano mais comum não consegue perceber... É difícil, mas agora como solucionar o NAO?
Isto anda mesmo divertido... :)
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 16 de Junho de 2008 às 15:07
Raquel,
mais uma vez os políticos não souberam comunicar.
E, nos tempos que correm, quem não sabe comunicar... morre!
Bjs
LC
De Filipa V. Jardim a 14 de Junho de 2008 às 19:40
Fácil.
muda-se a constituição da Irlanda e acaba-se com esta coisa dos referendos que são uma chatisse, só servem para enervar o nosso Primeiro.
Se não for possível, tenta-se organizar qualquer coisa em termos futeboliticos lá na Irlanda :)
O que se poupa nessa coisa de eleições e referendos dá para uns croquetes jeitosos:)

Este blog tem andado divertido

Bjs

Filipa V. Jardim
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 23:53
Graças a vocês.
Obrigado por andarem por cá.
Bjs e bom fds.
LC
De filipa V. jardim a 14 de Junho de 2008 às 01:13
Além de que o nosso Primeiro Ministro acaba de , tal como qualquer bom treinador que se preza assumir por inteiro a derrota "pessoal" pelo facto do tratado ter virado novamente "tramado"...será que o nosso Primeiro é Irlandês e ninguém sabia? Francamente onde é que estes jornalistas estão quando são precisos?
Afinal não lhe bastava ser Engenheiro como também é Irlandês....e o pior é que ninguém sabia...
Filipa V. jardim
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:46
O homem só tem problemas...
Não lhe bastavam os camionistas, pescadores, taxistas, bombeiros, apanhadores de caracois e afins, agora também são os iralandeses...
LC
De A Mona Lisa tinha Gases a 14 de Junho de 2008 às 10:26
Pá, eu queria lá o Humberto Coelho, esse grande injustiçado!
Beijinhos, já andava com saudades de cá vir!
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 13:50
Mona,
tens andadoa festejar nas ruas e a gastar gasolina?
Bjs
LC
De A Mona Lisa tinha Gases a 14 de Junho de 2008 às 23:48
Eheheh!
Quem me dera! Tenho andado encafuada no quarto a gastar electricidade com o computador!
Acho que nunca tive tantos trabalhos tão "compridos" para fazer... :(
De Luís Castro a 14 de Junho de 2008 às 23:59
Que tudo corra bem.
Bjs
LC
De A Mona Lisa tinha Gases a 15 de Junho de 2008 às 00:05
Obrigada, Luís!
Beijinho
De Luís Castro a 15 de Junho de 2008 às 00:12
Tchau.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds