Sábado, 21 de Junho de 2008

Que vergonha!

Foi a abertura do Telejornal.

 

Pivô do Zé:

Um autocarro de adeptos do FC Porto foi incendiado à frente do Estádio da Luz.

Os adeptos foram ao estádio do Benfica para ver um jogo de hóquei em patins entre as duas equipas, partida que terminou com os portistas a sagraram-se campeões.

 

As imagens iniciais são de um vídeo amador gravadas por telemóvel (Paulo Gonçalves) cedidas ao repórter que esteve no local, o Daniel Pessoa e Costa.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=351690

 

Luís Castro

Coordenador do Telejornal da RTP

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 21:30
link do post | comentar
22 comentários:
De brunomiguel a 21 de Junho de 2008 às 23:58
Realmente, é ainda mais triste que a derrota do Benfica. :(
Há tanta coisa que pode e deve ser lavada a sério. Porque raio a escolha do povo recaiu sobre o desporto?!
De João Calviño a 22 de Junho de 2008 às 13:33
Realmente tens razão Bruno... e eu próprio não encontro uma resposta.

Na Verdade até eu que me considero uma pessoa bastante moderada, se me distrair, perco um bocadinho o meu norte com o Benfica. ( nada de tão fundamentalista como o conteúdo desta noticia, ou perto disto).

E infelizmente ao ver esta noticia a primeira coisa que me passa pela cabeça é "Quem semeia ventos, colhe tempestades".

é lamentável
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 14:19
Infelizmente isto acontece com quase todos os clubes.
E em muitos casos incitam ou fecham os olhos.
LC
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 14:16
Lamentável.
Seja à porta do estádio da Luz, de Alvalade ou do Dragão.
O ano passado fui ver um jogo de basquetebol num certo pavilhão do Norte e levei os meus filhos.
De um momento para outro gerou-se uma cena de pancadaria mesmo ao lado e por pouco não fomos envolvidos.
Agora prefiro ver os jogos na televisão.
Ab.
LC
De Alberto Fernandes a 22 de Junho de 2008 às 13:51
Olá Luís

Realmente é vergonhoso!
Por essas e por outras deste tipo é que esta sociedade não evolui. Os campeonatos, sejam de que modalidade for, ganham-se dentro do campo. As vitórias fora desse local não contam.... Abraços, Alberto Fernandes
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 14:20
Alberto,
os clubes também t~em responsabilidades porque dão cobertura a determinados grupos que os acompanham, embora neste caso seja algo diferente pois aconteceu fora do pavilhão.
LC
De Diogo Rodrigues a 22 de Junho de 2008 às 14:39
Bastava os clubes quererem e isto acabava as cenas de pancadaria partindo do principio que o problema são as claques, é certo que nós primeiros tempos havia muita bastonada mas acabava para não falar da forma como vivem os lideres das claques ....

abraço []
De João Calviño a 22 de Junho de 2008 às 15:46
Eu diria que o problema das claques derivam de outros problemas... e de senhores que se acham no direito de incentivar ao ódio entre clubes. parece quase que é mais importante ser anti-o outro clube que adepto do próprio...
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 20:09
João,
em muitos casos eles são fruto dessas picardias entre dirigentes.
Muito bem observado.
Abraço
LC
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 20:04
Diogo,
uma atitude diferente de alguns clubes ajudaria a evitar certas atitudes deste género.
Ab.
LC
De Filipa v. Jardim a 22 de Junho de 2008 às 15:43
Porque moro muito perto de um dos estádios, em Lisboa já tenho presenciado cenas muito tristes, envolvendo as tais ditas claques de futebol.
Por exemplo, antes e depois dos jogos, são escoltadas por policia de choque a cavalo...e quem é que paga isso? Imagino que eu que não me passa pela cabeça jamais entrar em estádio nenhum de futebol nenhum.
Acho que já era tempo dos clubes acabarem com essa palhaçada das claques de futebol.
Peço deculpa aos adeptos que pertencem "pacificamente"a essas organizações, que também os deve haver. mas a maioria, infelizmente já nos brindou inúmeras vezes com cenas tristes.
Estas claques que já afastam neste momento muita gente dos jogos de futebol, agora estão a conseguir afastar as pessoas de assistir a outros eventos desportivos.
Bjs

Filipa
De João Calviño a 22 de Junho de 2008 às 15:50
Geralmente quem paga isso sao os proprios clubes, se não estou enganado.

Em relação aos estádios de futebol, tenho cativo à 2 épocas consecutivas na Luz, e só me lembro de um jogo em que os adeptos do porto decidiram estragar a festa atirando cadeiras para o piso debaixo...

De resto lembro-me do maravilhoso ambiente do jogo Benfica-Celtic, como um dos maiores exemplos de respeito mútuo, coexistência pacifica de adeptos e muita paixão pelo jogo.

Dentro e Fora do estádio!
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 20:11
João,
em 1986 - se não estou em erro -, despejaram-me um copo de cerveja na cabeça no estádio da Luz.
E como não me ap+etecia andar à porrada com o terceiro anel, lá tive que me mudar de lugar...
Ab.
LC
De João Calviño a 22 de Junho de 2008 às 20:44
é como digo... falo destes ultimos dois anos... mas também me lembro dos incidentes no jamor naquela fatidica final.

mas na verdade hoje em dia não é assim, plo menos pela minha experiência, nos ultimos dois anos : ) tenho quase sempre familias à minha volta ♠ e até se vêem mto mais mulheres no futebol.

: )

E mais... fui a barcelona ver o espanhol - benfica e o ambiente entre todos foi mto bom : ) e o dia em Barcelona repleto de amantes do futebol, inesquecivel.

Mas tambem ja assisti a um Belenenses - Estoril com cenas de violência cà fora, porque de um lado estava uma claque reconhecidamente neo-nazi e do lado do estoril uma claque de esquerda.
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 20:48
E esse é um dos grandes problemas das claques:
os infiltrados que carregam outras motivações que não apenas apoiar a sua equipa.
Ab.
LC
De Luís Castro a 22 de Junho de 2008 às 20:08
Filipa,
a mim já me afastaram.
Isto acontece um pouco por todo o lado, mas não é assim que chamam os adeptos para as bancadas ou para grandes eventos desportivos.
Problemas acontecerão sempre, mas destes não os admito.
Bjs
LC
De Ana Cristina Brizida a 22 de Junho de 2008 às 22:46
Olá Luís,

Realmente é como diz UMA VERGONHA. Desta vez aconteceu na Luz... é lamentável.
Eu quando ou ao estádio ver um jogo, escolho sempre um que não seja de risco por causa da violência que se gera sempre quando o SLB joga com o SCP ou o FCP. Vou lá para me divertir e ver um bom jogo de futebol e não estar sempre com receio de levar com uma cadeira na cabeça. Também escolho sempre um lugar LONGE das claques, cambada de arruaceiros que ainda por cima recebem subsídios do club.

Bjs

Cris
De Luís Castro a 23 de Junho de 2008 às 16:17
Ana,
gosto muito das claques mas apenas quando elas se limitam à sua função.
São bonitos e fantásticos os momentos que proporcionam nas bancadas, mas prefiro ficar a ver ao longe porque nunca se sabe quando as coisas descambam.
Bjs
LC
De Manuel Portugal a 23 de Junho de 2008 às 03:02
Ora aí está. Mistura-se futebol com desporto... e o desporto sai sempre a perder. Chega de partir a tola à conta de tanta bola... falem aí um bocadinho sobre Rugby, se faz favor! Quem disse que a bola é redonda!?
De Luís Castro a 23 de Junho de 2008 às 16:50
Manel,
tens razão.
desporto não é só futebol.
Ab.
LC
De filha do administrador a 23 de Junho de 2008 às 20:55
vergonha por todos os motivos. por ter sido noticía de abertura, mas também por ter acontecido.
Eu como Benfiquisra apressei-me a dizer que eram claques marginais do Benfica, não podem ser os verdadeiros Benfiquistas.
Realmente a derrota do Benfica foi o que menos interessou em tudo e neste caso Parabéns Porto
De Luís Castro a 23 de Junho de 2008 às 23:49
Os verdadeiros benfiquistas, portistas ou sportinguistas ou de qualquer outro clube não fazem isto.
Mas são estes que afastam as pessoas dos eventos desportivos.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds