Sábado, 30 de Maio de 2009

Mais uma

Uma professora pediu a reforma;

foi concedida a partir de 31 de Maio;

pediu para ficar a dar aulas até 19 de Junho, para acompanhar os alunos até ao fim;

a escola aceitou de bom grado;

a DREN disse que não e negou o pedido.

 

Aconteceu na Escola EB 2,3 da senhora da Hora e os pais estão indignados porque, dizem "Eram apenas mais três semanas e iria beneficiar os alunos".

 

Assim, as notas já foram lançadas e os alunos não terão mais aulas de Ciências.

 

Alguém me consegue explicar???

 

Luís Castro

 

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 20:25
link do post | comentar | ver comentários (41)
Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Impressionado mas não arrependido

“Eu julguei em função do que era a minha consciência”, acaba de confessar o juiz-relator do caso da menina russa de Barcelos.

 

Garantindo nunca ter sofrido pressões políticas, o magistrado do Tribunal da Relação de Guimarães reconhece que a mãe não tinha condições para receber a filha em Portugal, mas que os relatórios vindos da Rússia o fizeram mudar de opinião.

 

Ao Expresso, refere ainda que “No processo, a criança já se queixava de algumas agressões físicas da mãe. Mas esse não é o motivo para eu separar a mãe de uma filha”. Gouveia de Barros arrepende-se por algum excesso de linguagem utilizado no acórdão quando refere que a mãe de acolhimento é movida por um sentido de “maternidade serôdia” e pela opinião que erradamente formou sobre ela.

 

Agora, o juiz desculpa-se dizendo que “não há pais perfeitos”.

Pois não senhor doutor juiz, também não há juízes perfeitos.

Mas dizer que está perturbado e surpreendido com as imagens de televisão,

é muito pouco.

 

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 14:35
link do post | comentar | ver comentários (20)
Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

"Deslargou-se"

Estou muito, mesmo muito preocupado.

Será que pressionei o Presidente da República?

 

 

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=136497

 

Luís Castro

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 16:10
link do post | comentar | ver comentários (19)

De vergonha em vergonha

 Ontem não vim ao blogue.

Oliveira e Costa não deixou...

 

 

Previa uma reacção à medida de todos os que andaram nestes últimos meses a dizer que nada têm a ver com este caso, mas confesso que não esperava tanto. Oliveira e Costa derreteu Dias Loureiro, Miguel Cadilhe, Joaquim Coimbra e companhia.

 

Na cadeia, Oliveira e Costa tem – e vai ter – muito tempo para se recordar dos passos de todos os que agora o querem deixar sozinho.

Durante estes meses, ouviu em silêncio e foi “afiando a faca”.

 

Há oito anos, um amigo dizia-me que Dias Loureiro era um dos três homens que decidia o futuro do país. Ele mandava em todos os poderes e, por tal, não podia ser afrontado.

Nada tenho contra ele, bem antes pelo contrário, mas não gosto de intocáveis.

 

Termino como no post anterior:

E agora, senhor Presidente da República?
É desta que vai demitir ou convencer Dias Loureiro a sair do Conselho de Estado?

 

Luís Castro

 

*** Responderei ainda hoje a todos os vossos comentários de ontem.

     Como compreendem, o Telejornal estava primeiro.

publicado por Luís Castro às 09:01
link do post | comentar | ver comentários (37)
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

TV russa mostra palmadas à menina de Barcelos

Imagens de um canal de televisão russo mostram Natália – a mãe biológica da menina russa – a bater na filha em fente aos jornalistas.

 

alexandra

 

Mãe diz que os pais afectivos (casal de Barcelos) queriam traficar órgãos da menina e mandá-la para uma casa de prostituição.

 

http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2009/5/caso-alexandra.htm

 

“Quem julgou este caso, não mude de canal!”, pede o pai afectivo.

 

http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2009/5/entrevista-com-o-pai-afectivo-.htm

 

E agora?

Os que empurraram o problema para a Rússia,

que nos dizem?

 

Luís Castro

 

publicado por Luís Castro às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (70)
Domingo, 24 de Maio de 2009

"Mãe, vinde-me buscar!"

A ser verdade, o apelo da menina russa é de cortar o coração.

 

Notícia do JN:

(…)

Pais de acolhimento telefonaram pela primeira vez para a Rússia e a menina chorou, pedindo o regresso. Mas o casal prometeu-lhe prendas e duas visitas. O sorriso e a firmeza da voz de Alexandra acabou por serenar todos.

 

A ex-família de acolhimento assegura ter telefonado anteontem à noite a Alexandra, a menina de 6 anos levada há três dias pela mãe biológica, Natália Zarubina, desde Encourados (Barcelos) até Pretchistoe (Yaroslavl, Rússia), após uma decisão judicial polémica. "Foi pelas 20 horas. Conversámos quase 40 minutos, a Natália recebeu-nos bem e a Xana adorou. Na edição de ontem do JN, a mãe biológica de Alexandra criticava a indiferença da família de acolhimento. "Ainda não telefonaram para saber da menina", disse, ao JN, na Rússia.

 

Senti a sua respiração ofegante e a ansiedade, mal deixou falar Natália e chorou, a primeira coisa que pediu foi 'oh mãe, vinde-me buscar", contou ontem Florinda Vieira ao JN, no intervalo do casamento do afilhado.

 

O marido João Pinheiro continuou, visivelmente emocionado: "Consegui sossegá-la e prometi que vamos enviar-lhes prendas por correio [colares, bonecos, telemóvel da 'Barbie']. Até uma garrafa de vinho do Porto quero dar ao seu avô". Sustentou que só não ligou antes porque Natália "ficou de ligar mal chegasse à terra", o que não terá sucedido. "Por mim ligava logo que chegou, mas não quisemos andar em cima, obcecados, quisemos dar espaço e receámos que não atendessem", frisou Florinda.

(…)

Quem também falou com Xana foi um neto do casal de acolhimento, Bruno, e o seu pai Miguel. "Quando vens da Segurança Social?", terá perguntado Bruno, sem saber onde é a Rússia.

(…)                                  

publicado por Luís Castro às 00:29
link do post | comentar | ver comentários (14)
Sábado, 23 de Maio de 2009

Oiçamos quem sabe

Como diz a Márcia Rodrigues, quase um século de vida a ver e a pensar a humanidade.

 

Edgar Morin fala de uma nova ética para o mundo.

Uma ética baseada na solidariedade e no respeito.

 

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Edgar-Morin-aponta-solucao-para-a-crise-global.rtp&headline=20&visual=9&tm=6&article=221595

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 00:36
link do post | comentar | ver comentários (19)
Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Os comícios acabaram?

 

Os políticos aderiram às novas ferramentas da comunicação.

Sócrates contratou a empresa que ajudou Obama e Ferreira Leite congratula-se por já ter 700 apoiantes no Facebook, dizendo até que nem os melhores assessores do mundo conseguiriam transformar Sócrates em Obama.

 

Ontem, Ferreira Leite deu "graças a Deus" por já ter passado a época dos comícios.

A líder do PSD chegou a desabafar que se tivesse que fazer neste momento algum comício, seria a maior das violências que lhe poderiam pedir, para acrescentar logo a seguir: "Acho que o jeito que eu tinha para fazer um comício era nulo!"

 

Paulo Rangel alertou-a, dizendo que "Ainda há alguns comícios...", ao que Ferreira Leite respondeu: "Ainda há alguns, mas vamos ver se nos escapamos deles!"

 

Será que os comícios, as bandeiras, os autocolantes, os cartazes colados nas paredes, os pendões nas ruas, os carros com altifalantes e as caravanas vão desaparecer nesta campanha?

 

Duvido.

 

Já agora, agradecia que acabassem também com os tempos de antena nas televisões e nas rádios e com as cartas na minha caixa de correio.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 00:59
link do post | comentar | ver comentários (21)
Quarta-feira, 20 de Maio de 2009

O sexo e a crise

A crise é... estimulante.

 

Antigamente nasciam mais crianças porque não havia televisão.

Agora vão nascer mais crianças por causa do desemprego. E do furacão.

 

Igualmente interessantes são as conclusões dos cientistas:

"Os homens pensam em sexo a todas as horas do dia!"

 

A sério?

Não acredito!

 

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=O-sexo-e-a-crise-nos-Estados-Unidos.rtp&headline=20&visual=9&tm=7&article=220870

 

 

Luís Castro

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 01:54
link do post | comentar | ver comentários (32)
Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Gritem comigo!

Será assim tão difícil chegar a estas conclusões?

 

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Adriano-Moreira-diagnostica-erros-de-comunicacao-na-justica.rtp&headline=20&visual=9&tm=8&article=220757

 

Porque a Justiça não deve ser completamente cega;

Porque anda por aí muita gente surda;

Porque não devemos ficar mudos,

Desafio-vos a deixarem aqui o vosso grito.

 

Que soluções para esta Justiça?

 

Cartune de Luis D´Oliveira

publicado por Luís Castro às 15:01
link do post | comentar | ver comentários (46)

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds