Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Há muito para contar

 

É, sem dúvida, uma das cidades mais caras do mundo!

 

Hoje, paguei 70 dólares pelo almoço no “Trópico”; ao jantar cobraram-me 8 dólares por uma garrafa de litro e meio de água no “Miami”. A vida até para o pula jornalista não está fácil.

 

Passei o dia na Embaixada, no Consulado, a tratar de um novo visto e a fazer contactos com velhos amigos e com potenciais entrevistados. O resto do tempo foi passado no trânsito caótico do centro de Luanda.

 

Ainda não pude confirmar, mas parece-me que Luanda está melhor.

Disso, dar-vos-ei conta no próximo post. Agora vou dormir (a noite foi passada em viagem) e amanhã espera-me mais um dia de papeladas. Só depois é que poderemos começar a trabalhar.

 

Sei que esperam que vos fale das misérias de Angola, mas... e se vos mostrar também o que há de bom e o que está a mudar?

São mais de 60 mil portugueses a viver por cá e com muito para contar.

 

Bem, “falamos” amanhã, certo?

 

Bjs e abraços do kamba Castro.

publicado por Luís Castro às 23:33
link do post | comentar
80 comentários:
De Raquel Silva a 26 de Agosto de 2008 às 23:56
Claro, falamos amanhã. Conte-nos tudo o que puder, já sabe... Quero saber tudo.
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:25
Raquel,
vou tentar corresponder.
Bjs
LC
De Daniel Marques a 27 de Agosto de 2008 às 00:18
O que está a fazer com que Luanda se torne cara? Será o facto de seres estrangeiro e daí haver um maior abuso?

Ora, das misérias já temos uma ideia (nunca se tem como no terreno), mas falar das coisas boas e o que está a mudar, era muito bom! E já agora, o que leva os portugueses para Angola? Que oportunidades haverá? Quais as dificuldades de entrada no país?

A minha mãe pede fotos, já não deve reconhecer a cidade. As filmagens que fizerem, certamente que ajudará também a conhecer a nova Luanda. Pensa que, o trabalho que aí fizeres, será muito importante para nós aqui em casa. Que isso te seja gratifique e te motive. Quem me dera estar aí!

Aquele abraço
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:28
Daniel,
perguntas a que eu tentarei responder nas primeiras enviagens que enviar para Lisboa nos próximos dias.
E não, não se trata de abuso por ser estrangeiro.
Sabes que um miúdo que lava e guarda os carros na rua pode levar para casa duzentos ou trezentos dólares por dia?
Ab.
LC
De Daniel Marques a 28 de Agosto de 2008 às 00:16
Não fazia a mais pequena ideia.

Abraço
De Luís Castro a 28 de Agosto de 2008 às 00:59
Nem tu nem a maioria dos portugueses.
Ab.
LC
De Luís Castro a 1 de Novembro de 2008 às 21:41
Abraço.
LC
De Rocket a 27 de Agosto de 2008 às 00:40
como isto me interessa...daqui a um mês serão 60 001 portugueses... abraço
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:29
Não te irás arrepender.
Em que área e para onde vais trabalhar?
Ab.
LC
De Carla Sousa a 27 de Agosto de 2008 às 00:44
São urgentes notícias boas, num mundo onde proliferam desaires e calamidades. Contamos então consigo! Bom trabalho, Luís.
Beijinhos!
*
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:30
Carla,
tentarei mostrar o que está a mudar. E que é muito.
Bjs
LC
De Helena Castro a 27 de Agosto de 2008 às 01:29
Afinal já te trouxeram a cama, chegou a hora do "descanso do guerreiro". Bons sonhos
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:33
Visto.
LC
De Ana Maria Saraiva a 27 de Agosto de 2008 às 01:49
Luís,
normalissimo que Luanda seja uma cidade cara. Não é lá que vive um presidente e uma respectiva familia que estão entre as maiores fortunas do mundo?
Além de ser caro deve ser também um País onde se vive super bem, a julgar pelas festas fantásticas que lá se fazem só pode ser um país riquissimo.
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:36
Ana,
se o José Eduardo dos Santos tem fortuna, dizem que sim.
Quanto às festas, deixe-me que lhe diga que ainda não vi nenhuma.
Sobre a miséria, claro que há.
Não nos podemos esquecer que este país viveu em guerra durante 40 anos, mas muita coisa está a mudar.
Darei notícias.
Bjs
LC
De patti a 27 de Agosto de 2008 às 02:07
Não é das misérias que gostava só de saber, até porque muitas delas estão à vista. Como lhe disse, tenho gente conhecida por ai. Gosto de saber mesmo é da realidade.
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:38
´Patti,
é isso que tentarei fazer.
Espero que o consiga.
Bjs
LC
De filha do administrador a 27 de Agosto de 2008 às 03:07
excelente. fico à espera daquelas noticias que vão fazer com que fique mais ansiosa por lá ir e conhecer.
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 22:40
Se tiver essa oportunidade, não a perca.
Mas atenção: Angola não é só Luanda.
Conheço muito bem Angola (venho cá frequentemente desde 1991) e tem tantas coisas bonitas no interior....
Bjs ou abraços, já não me recordo.
Mas é bjs, não é?
LC
De filha do administrador a 28 de Agosto de 2008 às 08:38
se puder escolher, prefiro :)
e sim, é sobre aqueles sitios escondidos que tenho curiosidade, aliás todos os países por onde andei só se conhecem quando conhecemos as "pessoas reais e a vidas reais".
que tudo aconteça da melhor maneira por ai
De Luís Castro a 28 de Agosto de 2008 às 17:52
Bjs
LC
De Vera Baeta Lima a 27 de Agosto de 2008 às 08:58
África fascina-me embora nunca a tenha pisado...fui "fabricada" em Moçambique e sonho com uma terra que nunca vi. É estranho ter saudades do que não se conhece, mas eu tenho. Enquanto adolescente e jovem o meu sonho era tirar o curso de comunicação social e ser repórter de guerra, ir para África, ingressar nos Médicos do Mundo como voluntária e ficar por lá! Mas a Vida dá voltas que não controlamos completamente e o destino está, de certeza, escrito em algum lado. Fiquei-me pela Profissão de Mãe e não ganho o suficiente para visitar a terra de que tenho saudades...
Bom trabalho. Estou, deste lado, à espera do bom de África!
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 23:19
Vera,
nada como chegar e respirar este ar...
Não conheço Moçambique, mas África é África.
Vou tentar corresponder ao que me pede.
Bjs.
LC
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 23:36
Visto.
LC
De Fatima a 27 de Agosto de 2008 às 10:02
Luis venham essas notícias. Todas! De um e de outro lado.
É esse conjunto que nos vai permitir entender a realidade.
Obrigada e bom trabalho
De patti a 27 de Agosto de 2008 às 23:20
Olá Fátima, já vi que também ficaste fã deste espaço. Ainda bem. Beijinhos.
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 23:57
Visto.
LC
De Fatima a 28 de Agosto de 2008 às 07:55
E pode lá uma pessoa visitar este espaço pela primeira vez, e não ficar fã???????
O Luis Castro está de parabéns pela forma clara e directa com que passa a mensagem. Isto sim é jornalismo!
De Luís Castro a 28 de Agosto de 2008 às 17:50
Obrigado.
Fiquei babado...
Bjs
LC
De Luís Castro a 27 de Agosto de 2008 às 23:21
E há muito para contar.
Acho que em Portugal há uma imagem de Angola que já não corresponde à realidade.
Bjs
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds