Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

O angolano está a reflectir...

 

Não sei se o MPLA chegou aos dois milhões de pessoas que tinha prometido para o último comício, mas era gente até perder de vista.

E também é verdade que a UNITA ficou longe da mobilização conseguida pelo “M”.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=361712&tema=31&pagina=&palavra=&ver=1

Eu, carreguei uns quilos de pó a mais...

Vejam como fiquei e qual é a cor do chão.

Adoro esta terra!

 

Angola quer ser um exemplo para África e mostrar ao mundo que fez eleições livres, justas e transparentes. Os partidos políticos estão interessados em que tudo corra bem e ninguém quer repetir a tragédia de 1992.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=361722&tema=31

A máquina eleitoral está montada; houve um grande trabalho de educação cívica e a Comunidade Internacional vai assistir de muito perto a todo o processo.

Estive no centro de escrutínios e fui o último “estranho” a lá entrar. Ficaram apenas os locais e os espanhóis que montaram o sistema e que vão supervisionar tecnicamente a contagem.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=361791&tema=31

Pelo que vi, meus amigos, Angola prepara-se para calar muitas vozes que continuam a olhar para este país com a mesma atitude de há cinco ou dez anos.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 02:00
link do post | comentar
70 comentários:
De Fatima a 4 de Setembro de 2008 às 07:41
Luís ainda bem que adora a terra, senão teria ficado bem amuado, por se ver nesse estado poeirento!
O trabalho de campo não se compadece com certos hábitos de vincos perfeitos e sapatos engraxados!
Tudo de bom
Bj
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:40
Pois...
Mas mesmo assim é bem melhor do que estar fechado na redacção.
Bjs
LC
De PG a 4 de Setembro de 2008 às 08:22
Fico muito contente de tudo estar a correr bem.

Força...

De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:41
Obrigado.
LC
De jtc a 4 de Setembro de 2008 às 09:43
Caro Luis, como sempre brilhante.
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:43
Abraço.
Obrigado
LC
De DVD a 4 de Setembro de 2008 às 10:17
Entre muitas outras e boas coisas que permanecem na memória, a terra com essa cor e o cheiro que se espalhava a seguir à chuva..
Cumprimentos e continuação de bom trabalho.




De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:44
Sim,
este cheiro a terra enche a alma!
LC
De patti a 4 de Setembro de 2008 às 10:36
Olá Luís,

Esperemos bem que tenha razão. Mas penso que só o futuro o dirá. Aconteceram muitas tragédias, demasiadas até nesse país, para as tais vozes se calarem imediatamente.

A desconfiança para o caso de Angola e de muitos outros países onde a guerra, o aproveitamento de políticos corruptos, a exploração de um povo aconteceu (muito por nossa responsabilidade), é perfeitamente legítima. Assim como será legítimo, se tudo correr como nos relata, reconhecer que Angola deu um passo em frente.

Que seja um exemplo para muitos e principalmente para ela própria. Nada dignifica mais alguém, quando reconhece as suas faltas e aprende com elas.

Boa sorte para a resportagem.
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:47
Patti,
este país já deu muitos passos em frente,
mas também é verdade que ainda tem uma longa caminhada!
Bjs
LC
De Raquel Silva a 4 de Setembro de 2008 às 11:05
Luís,
Esperamos que sim, que as eleições sejam finalmente livres e justas. O comício do MPLA estava mesmo cheio... imagino o pó que estava no ar. Em comparação, o da UNITA não parecia ter muita gente. Há sondagens sobre as eleições, onde já se distinga um partido vencedor?
Provavelmente está ao corrente do que lhe vou dizer, mas ainda assim aqui vai:
Alguns órgãos de comunicação social portugueses, como a Sic, o Expresso, a Visão e o Público, foram impedidos pelo governo angolano de fazer a cobertura jornalística das eleições de amanhã, por desacatos no passado.
Como vão poder relatar aos portugueses o acontecimento? Só comprando as imagens à RTP, por exemplo...
Esperamos mais reportagens fresquinhas.
Bjs
Raquel
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:49
Não, não há sondagens... apenas algumas indicações mas que não posso revelar...
Está cá a RTP e a TVI.
Só falta a SIC, mas julgo que já arranhjou por aqui uma jornalista.
Bjs
LC
De Rui Germano a 4 de Setembro de 2008 às 12:25
Olá Amigo...

Adoras essa Terra e eu também como sabes, nasci aí...

Todos nós, filhos de Angola, estamos esperançados que um dia as desigualdades acabem e que todos tenham as mesmas oportunidades, nesta terra farta de tudo.

Sei que tudo irá correr bem, e desta vez não irás ouvir o zumbidos das balas como muitas vezes te aconteceu; o cheiro a pólvora não será assim tão intensso, mas andará nas ruas das cidades Angolas pelas tropas e policias, que estão a fazer a segurança de Paz, nestes dias onde o mundo está de olhos postos...

Faz um bom trabalho aí;
Se poderes mostrar imagens do interior Sul de Angola, por exemplo ir à Matala e filmar a barragem do rio Cunene, seria fantástico. Estive aí dia 4 de Julho de 2006.
Fiz uma pequena recordação, mas agora deve estar muito mais moderno e mais bonito...

http://br.youtube.com/watch?v=KegD55Gw0KE

Um Abraço,
Rui Germano
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:51
Rui,
espero bem que não se sinta o cheiro a pólvora desta vez.
tentarei ir ao interior, mas ainda não decidi a província.
Ab.
LC
De pedro oliveira a 4 de Setembro de 2008 às 14:35
Que corra tudo bem e que Angola mude mesmo,mas não só em Luanda.
Sinceramente estou muito céptico em relação à mudança total no país,basta ouvir o Presidente.Diz que o país não precisa de alternância,mas sim de mudar os politicos que põe o interesse pessoal à frente do país e que deve haver mudança dentro do partido,Gostaria de lhe perguntar,a ele, se estava a referir-se a ele em concreto...

De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:54
Pedro,
claro que não quer altyernância.
Nenhum partido quer deixar o poder....rs...rs...
Mas tem de admitir que foi interessante aquele discurso.
Falou de corrupção e de combate à fome.
Coisa pouco habitual.
Ab.
LC
De Paulo Oliveira a 4 de Setembro de 2008 às 15:10
Vim cá parar através de uma sugestão de Luís Paixão Martins e, de facto, este é um bom blog.
No entanto, e porque não dá para comentar no blog de LPM, fica aqui registado de que eu gostaria que as eleições pudessem também ter a cobertura da SIC, do Público, da Visão, e da RR.
Quem sabe Luís Paixão Martins não dá uma ajudinha a conseguir o visto...
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:55
Paulo,
obrigadoe e espero que fique por cá!
Ab.
LC
De pedro oliveira a 4 de Setembro de 2008 às 15:22
Luís, confirmas esta informação que também fala o Paulo Oliveira?

"A esta hora já todos sabemos que a SIC, Expresso, Visão, Público e Renascença foram impedidos pelo Governo de José Eduardo dos Santos de entrar em Angola, onde pretendiam fazer a cobertura das eleições. Sendo certo que esta atitude é esclarecedora sobre a natureza da “democracia” angolana(...)"
in http://zerodeconduta.blogs.sapo.pt/
De Raquel Silva a 4 de Setembro de 2008 às 15:37
Pedro,
Vi hoje de manhã na Sic que esses órgãos de comunicação social estavam impedidos pelo governo angolano de cobrirem as eleições. A Sic fez um comunicado, lamentando o facto. Talvez possa encontrar mais informações nos sites desses órgãos. Mas digo-lhe já que a informação é verdadeira.
Raquel
De pedro oliveira a 4 de Setembro de 2008 às 15:44
Rauqel, no entretanto andei a investigar e confirmei esta lamentável notícia, espero bem que o estado português tome uma posição sobre este miserável caso.Como te dizia Luís, era bom que o sr.Presidente tivesses escutado as suas próprias palavras e fosse embora,aí talvez acreditasse na tal mudança no país todo.Era bom que amanhã na conferência de imprensa Conjunta da Condulezza Rice e de Luís Amado os jornalistas os confrontassem com esta situação.
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 20:01
Estou fora do mundo.
Apenas sei o que se passa por aqui.
Ab.
LC
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 20:00
Visto.
LC
De Luís Castro a 4 de Setembro de 2008 às 19:59
Pedro,
apenas sei que nãoi vieram.
Não sei mais nada.
Ab.
Lc

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds