Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Terra vermelha

Uma das coisas que me fascinam em África: poder olhar longe.

Por cá, sempre que se olha, há uma parede, uma porta, um prédio ou outra coisa qualquer à nossa frente que nos corta a profundidade.

Em Angola, como no resto do continente, conseguimos ver até à linha do horizonte.

E como gosto desta terra vermelha...

... e do cheiro quando chove.

Sinto que a minha alma se mistura com esta terra de barro vermelho.

 

O vermelho é a cor do sentimento, da paixão, do amor e do desejo.

Mas também da violência que os angolanos não querem mais; do poder de uma democracia que está a crescer e da agressividade contra os seus inimigos.

Esta terra vermelha, tal como o da bandeira do país, simboliza o sangue derramado pelos angolanos durante as lutas pela independência. 

Agora é sobre ela que se faz a reconstrução do país.

 

 

Luís Castro em Angola

publicado por Luís Castro às 12:00
link do post | comentar
81 comentários:
De JAlves a 29 de Setembro de 2008 às 12:57
Bonito.....
Abraços
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:18
Muito!
Amanhã já estarei por aí.
Ab.
LC
De Sónia Pessoa a 29 de Setembro de 2008 às 13:10
Que dizer... és um sortudo!! beijos
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:18
Sónia,
temos uma das mais belas profissões...
Não achas?
Bjs
LC
De Sónia Pessoa a 29 de Setembro de 2008 às 16:23
É verdade. Ainda um dia havemos de conversar sobre isso... não tarda nada vou ter de ir a Lisboa e faço questão de te oferecer um café, aceitas?
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 20:18
Combinado!
Fico à espera.
Bjs
LC
De MP a 29 de Setembro de 2008 às 14:39
Terra de Lépi :)
Ah o cheiro a terra molhada ...

Obrigada LC, está a proporcionar renovadas alegrias!

De Costa Andrade:

"Mãe-Terra" - http://ecletico.blogspot.com/2004/05/me-terra.html

Bjs
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:20
Costa Andrade,
só estando lá e cheirando aquele ar a terra quando chove!
Por muito que se descreva, nunca conseguiremos transmitir aquele cheiro!
Ab.
LC
De MP a 29 de Setembro de 2008 às 16:10
Eu sei o cheiro :), nasci lá

Bjs,

Margarida
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 20:17
Um cheiro que nunca mais se esquece.
Bjs
LC
De corine a 29 de Setembro de 2008 às 15:05
não tenho comentado nenhum dos seus posts mas mantenho-me de forma assidua na sua leitura. Muito obrigada.
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:21
Uma leitora silenciosa...
Obrigado por não "nos" ter abandonado.
Sim, porque este blogue é de todos!
Bjs
LC
De patti a 29 de Setembro de 2008 às 15:14
Mais uma vez, magníficas fotos. Obrigada Luís.
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:23
Obrigado, Patti.
Também tenho andado a espiar o seu blog... `
Andava eu distraído ou tem por lá uma fotografia nova? rs...rs...rs...
Bjs
LC
De patti a 29 de Setembro de 2008 às 15:29
Ah sim, a fotografia do perfil é recente, mas eu sou a mesma de sempre. Hahhahaha
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:35
Afinal não estava desatento...
Bjs
LC
De Daniel Marques a 29 de Setembro de 2008 às 15:16
Bonito...!
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:24
Daniel,
tens novidades sobre aquela tua vontade de ir para Angola?
Abraço
LC
De Daniel Marques a 29 de Setembro de 2008 às 15:28
O AICEP de Lisboa respondeu há pouco tempo, dando conta que inseriram os meus dados na base de dados para a eventualidade de surgir uma oportunidade.
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:35
Se souber de algo, também te aviso.
Abraço e boa sorte!
LC
De Daniel Marques a 29 de Setembro de 2008 às 15:42
É muito reconfortante saber que posso contar contigo.
Quinta-feira irei ter uma reunião a propósito de um trabalho, vamos a ver...

Abraço
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 20:16
Amanhã já estarei em Lisboa.
Diz como correu.
Ab.
LC
De Teresa a 29 de Setembro de 2008 às 15:22
Parabéns! O "Post" está fantástico! É por isto que me tornei uma assidua frequentadora do blog! Parabéns! Fiquei sem palavras!
Um abraço!
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:25
Obrigado, Teresa.
Bjs grandes
LC
De Tânia Sousa a 29 de Setembro de 2008 às 15:27
Luís, essa terra de barro vermelho que os teus pés pisaram parece uma tela pintada de fresco...
Uma terra vermelha que lembra o sangue que ficou derramado por ódios explorados. Gostava de sentir o cheiro dessa terra depois da chuva torrencial, do pôr-do-sol fantástico e repentino nessa planície sem fim...

É sem dúvida um local a visitar!

(Não percorro este blogue há muito tempo mas confesso que fiquei apaixonada!) ;)

Um grande beijo
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 15:37
Tânia,
uma terra vermelha que continua para lá do horizonte... quando o sol o toca, lá ao fundo...
Bjs
LC
De isabel a 29 de Setembro de 2008 às 19:22

Luís,

Tenho vindo a ler seu blog, e confesso que se tornou um pequeno vício diário, talvez pelo sorriso de apreço que provoca quase sempre.
Aproveitando o facto de ter chegada ontem a Luanda, queria agradecer-lhe tão generosa partilha, e dizer-lhe que considero a sua visão de Angola muito fidedigna.
São pessoas como o Luís que ajudam a “olhar longe”.

Obrigada
isabel
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 20:19
É angolana? Portuguesa? Vive em Luanda!
Bjs
LC
De isabel macedo a 30 de Setembro de 2008 às 12:01
Sou portuguesa e faço parte da nova geração de “expatriados”, como gostam de apelidar-nos por cá. Vim trabalhar para Angola à 2 anos e meio, vivo em Luanda, cidade com quem mantenho uma relação de amor/ódio, mas durante o primeiro ano tive a sorte de viajar por várias províncias e conhecer a verdadeira riqueza deste país, a terra e o povo.
Os seus relatos de guerra, pautados pela imparcialidade jornalística têm me ajudado bastante a filtrar as diversas conversas que tenho com os “cotas” angolanos e as suas entusiastas histórias. Inevitavelmente, desta vez, “Repórter de guerra” veio na bagagem…

Bjs
isabel
De Luís Castro a 30 de Setembro de 2008 às 17:15
Ainda bem, Isabel.
Luanda tem essas duas caras, mas a baía, a ilha e o Mussulo fazem-nos esquecer o caos do trãnsito.
Bjs e espero que goste da leitura.
Luís Castro
De rocket a 29 de Setembro de 2008 às 19:31
tirei uma foto no sábado aos meus all star mergulhados em terra vermelha, era parecida com essa. tínhamos parado para comprar maboques...

...depois do miradouro da lua...


abraço, luís
De Luís Castro a 29 de Setembro de 2008 às 20:21
Vou publicar fotos do morro da lua no próximo post.
Ab.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds