Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

Post do Sérgio

A expectativa era enorme.

Finalmente ia conhecer África. Como seria?
Ia deparar-me com aquelas imagens que durante toda a vida fui vendo nos filmes? Paisagens deslumbrantes e animais por todo o lado? Quase esqueci que Angola também tem cidades…

Enfim, fui assaltado por um enorme turbilhão de emoções.


O Primeiro impacto, quando aterro em Luanda, é a falta daquele cheiro a terra de que tanto ouvira falar.

Depois vem o caminho para a cidade. Absorvo tudo com sofreguidão para não perder pitada. Quando finalmente chegamos a casa, a primeira surpresa: não há água. E como não faltavam garrafas de litro e meio de água engarrafada, o meu primeiro banho em Angola ficou para a história.

 
Depois foi o viver numa cidade estranha, com um trânsito caótico, mas que me cativava de dia para dia. Comecei a conhecer sítios e pessoas diferentes e, quase sem dar por isso, comecei a sentir-me um “local”.


Quando saímos de Luanda para iniciar a nossa aventura de carro pelo interior do país, regressou a ansiedade. Como será a partir de agora?
E, na verdade, por muito que escreva, nunca conseguirei transmitir todas as sensações e emoções que senti naquela viagem.

 

Finalmente o tal cheiro a terra que ainda hoje guardo religiosamente. Sítios lindíssimos; gentes diferentes, com modos de vida diferentes e com uma calma e serenidade que me deixaram espantado; o pôr-do-sol mais vermelho que alguma vez vi; uma picada que nunca mais acabava e que nos surpreendia a cada cem metros.

 

Só faltou ver os macacos a saltar de galho em galho, os leões a dormir à sombra de uma árvore e o resto da bicharada.
Confesso: fiquei com uma costela africana e voltei com a certeza de que tenho de voltar.
Melhor era impossível!


Obrigado Luís Castro pelo companheirismo.
Obrigado RTP por me proporcionares esta viagem.

Sérgio Ramos

 

*** Será o Sérgio a responder aos vossos comentários.

    Luís Castro

publicado por Luís Castro às 17:47
link do post | comentar
38 comentários:
De Teresa a 3 de Outubro de 2008 às 18:28
É sem dúvida um privilegiado! Que magnifica aventura! Obrigada por partilhar conosco. Parabéns pelo excelente trabalho!
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 19:33
É verdade... Concordo consigo. Obrigado
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 19:38
Resposta do Sérgio.
É verdade...Concordo consigo. Obrigado.
SR
De JAlves a 3 de Outubro de 2008 às 19:00
Sérgio amigo! Já não te vejo há muiiiito! Ainda bem que gostaste da minha 2ª terra! Sim, porque fui para Angola com 5 anos e cada vez que vinha ao Puto, achava que era mais Africano do que Português! Outros tempos...e Portugal tb evoluiu!
Um grande Abraço e parabéns pelas belas imagens que fizeste!
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 19:43
Resposta de Sérgio
Meu caro amigo.... Há quanto tempo.... Os anos passam e não damos por eles.
Adorei a tua 2ª terra. Vou de certeza voltar. Daqui a 2 anos a Baía de Luanda deve estar irreconhecivel e lindíssima...
Um grande abraço
SR
De Pedro Oliveira a 3 de Outubro de 2008 às 22:05
espero que tenhas(a blogosfera dá par isto...)tenhas apnahdo dois "bichos" o de áfrica e o de escreveres no blogue!
como és tão elegante quanto eu,diz lá o que tinha aquele pratinho da última foto'a garrafa de água foi para disfarçar não foi?
Abraço aos dois!

p.s. Luís hoje foi um dia muito feliz para mim no que diz respeito à blogosfera,fico á espera da tua visita e comentário hoje.eu para mandar...
abraço
Não te esqueças do prefácio para o livro da Sónia!Ups ,se calhar não era para dizer,não faz mal.digo eu!
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 23:38
Resposta do Sérgio
Meu caro....
O vício de escrever não é fácil...
O que estava no prato é segredo... Petiscos tipicamente portugueses, que nunca pensei comer lá.
Ainda bem que há mais malta XXL...
A água era do luís....
Esta barriguinha conheceu a Nocal, a Eka e a Cuca....
Abraço
SR
De Luís Castro a 5 de Outubro de 2008 às 16:40
POIS,
ESTOU EM DÍVIDA COM A SÓNIA.
VOU LIGAR-LHE UM DSTES DIAS PARA COMBINAR.
AB.
LUÍS
De Vanda Maio a 3 de Outubro de 2008 às 23:03
Obrigado por partilhar esta aventura.

Infelizmente, oportunidades como esta não surgem todos os dias e quando surgem há que agarrar com unhas e dentes e disfrutar ao máximo!
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 23:42
Resposta de Sérgio

É o que faço sempre que tenho oportunidades....
A surpresa foi ficar tão fascinado e encantado...
Mas é fácil "beber a água do bengo" para quem gosta de horizontes largos....
Obrigado
SR
De ludbrioa a 3 de Outubro de 2008 às 23:21
Olá
Luís e Sérgio, obrigado por compartirem as vossas "aventuras" por terras de Angola. Deixei o meu contacto no correio electrónico do Blog para um dia virem a Estremoz fazer uma pequena conferência para alunos.
Um abraço.

ludbrioa
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 23:44
Resposta de Sérgio
Obrigado pelo convite.... aqui vai o meu mail para poder entrar em contacto sergio.ramos@rtp.pt
Obrigado
SR
De Luís Castro a 5 de Outubro de 2008 às 16:42
JÁ TE RESPONDI POR MAIL.
CONFIRMA SE CHEGOU.
AB.
LUÍS
De MP a 3 de Outubro de 2008 às 23:22
Emoções ao rubro :)

Angola tem essa particularidade:
agitar um mundo dentro de nós!

Ainda bem que gostou, e que pensa voltar, significa que Angola já está a começar a voltar "à normalidade"!

Margarida
De Luís Castro a 3 de Outubro de 2008 às 23:50
Resposta do Sérgio

O mais importante é isso mesmo...
Angola é um país a voltar a normalidade depois de muitos anos de guerra.
Ainda bem que pude presenciar este momento.
Obrigado
SR
De Vera Baeta Lima a 4 de Outubro de 2008 às 09:10
Sérgio, já aqui falei ao Luís da minha vontade inexplicável de conhecer África. O meu destino de sonho é Moçambique, mas o meu sonho não passa por esorts nem férias estendida ao sol ou em safaris. O meu destino de sonho passa por isto que aqui vivi no vosso blog. Contactar populações, sentir a vida real, diferente da minha, europeia, cómoda. Este teu post fez-me ter ainda mais a certeza de que um dia tenho que cumprir o meu destino - voltar à África onde fui concebida e onde não nasci, mas que corre dentro de mim.
Beijos. Obrigada por todas as imagens que nos proporcionaste! Obrigada também ao Luís!
De Luís Castro a 4 de Outubro de 2008 às 11:34
Resposta de Sérgio
Obrigado...
A vida é muito curta. Vai atrás do teu sonho e diverte-te. É o que tento fazer.
Beijos
SR
De Luís Castro a 5 de Outubro de 2008 às 16:44
BJS.
LUÍS
De * * Grilinha * * a 4 de Outubro de 2008 às 11:10
Parabéns pela reportagem neste post e em especial pelas imagens com que o Luis Castro nos brindou ao longo das suas reportagens por Angola.

Acredito que estas oportunidades vos dão um enriquecimento cultural e humano único.

Um beijinho
De Luís Castro a 4 de Outubro de 2008 às 11:37
Resposta de Sérgio
É verdade... São estas coisas que nos enriquecem e que nos abrem horizontes.
Obrigado
SR
De Luís Castro a 5 de Outubro de 2008 às 16:45
BJS.
LUÍS
De Miss Dalloway a 4 de Outubro de 2008 às 12:20
Deverá ser com certeza uma experiência única mas onde quer que se viva com tamanha intensidade, com todos os sentidos alerta e dispertos para o facto de se estar a tentar um dia melhor, será sempre um experiência rica e recheada de todas essas coisas que descreveu. Obrigada pelo resumo.
De Luís Castro a 5 de Outubro de 2008 às 00:37
Resposta de Sérgio
Concordo em absoluto. Temos de "beber tudo o que a vida nos dá.
Obrigado.
SR
De FM a 4 de Outubro de 2008 às 14:40
Olá, Sérgio!

Nunca fui a Angola, mas tenho um amigo que esteve lá uns meses a trabalhar e que também veio completamente rendido. E não saiu das zonas urbanas. As vossas imagens e descrições só aumentaram em mim a vontade de lá ir. Pode ser que um dia nos encontremos lá em reportagem.

Bjs,
Fátima Mariano
De Luís Castro a 5 de Outubro de 2008 às 00:40
Resposta de Sérgio
Força nisso. Fico contente que as imagens tenham sido um incentivo.
E era óptimo encontrarmo-nos lá, em trabalho ou não
Bjs
SR

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds