Segunda-feira, 20 de Outubro de 2008

Mais más notícias

«Não é uma simples crise em Wall Street, é uma crise em todas as 'streets'!»

Juan Somavia – Director da OIT

 

As estimativas da Organização Internacional do Trabalho alertam para a possibilidade de surgirem mais 20 milhões de desempregados em todo o mundo, passando dos actuais 190 milhões para 210  milhões em 2009.

 

A população pobre que sobrevive com menos de um dólar por dia poderá aumentar em 40 milhões e os que vivem com dois dólares por dia em 100 milhões.

A OIT avisa que estas estimativas podem revelar-se por baixo.

 

8% dos europeus adultos com emprego vivem abaixo do limiar da pobreza e 9.3% dos que têm idade  para trabalhar  vivem em agregados familiares onde todos os elementos estão desempregados.

 

Ben Bernanke acaba de dizer ao Congresso americano que poderá ser necessário um segundo plano para combater a crise.

O Presidente da Reserva Federal Americana chama-lhe «uma nova onda».

Eu chamo-lhe um maremoto!!!

 

Luís Castro

 

 

publicado por Luís Castro às 15:17
link do post | comentar
42 comentários:
De carvalho leite a 20 de Outubro de 2008 às 16:51
é uma crise, pela mudança, uma crise provocada pela cegueira da riqueza, o mundo muda, para todos os lados, e este processo só teve em causa o lado bom, depois deu nisto:
parafraseando o grande Camões sempre tão actual, percebe-se este ciclo:

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.
Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades."

abraço de um conterraneo

www.pensarbasto.blogspot.com
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:31
Muito oportuno, o seu comentário!
Ab.
LC
De Sónia Pessoa a 20 de Outubro de 2008 às 16:57
TSUNAMI!!
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:33
E com várias r+eplicas!
Bjs
LC
De Sónia Pessoa a 20 de Outubro de 2008 às 17:00
Para quem ainda não viu... um pouco de humor nestas alturas faz sempre bem...

http://oslivrosqueninguemquisdaraler.wordpress.com/2008/10/17/1630/

joquinhas
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:40
Já li o teu mail.
Respondo mais logo.
Bjs
LC
De Pedro Oliveira a 20 de Outubro de 2008 às 17:40
Crise alimentda a pilhas,e dura,e dura,e dura.Phonix!
A primeira vez que vi esta foto foi no blog quartarepública há muitos meses.
Sabem em que praia foi tirada esta foto não sabem?
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:42
Não.
Em qual?
De Pedro Oliveira a 22 de Outubro de 2008 às 08:39
A Senhoa está no sitio da Nazaré,lá no alto onde se diz ocorreu o milagre em que D.Fuas Roupinho Alcaide de Porto de Mós, vinha atrás de um veado e a Nossa Senhora impediu que cavalo e D.Fuas Roupinho caissem do sitio lá para baixo, está lá uma capelinha para marcar o "milagre", e a praia que se vê é a Nazaré.

*** Sobre o tal assunto,uma pergunta pois à noite estarei no treino do João e só irei conseguir ver o Bom Dia Portugal como é hábito, vai passar também lá?Obrigado Luís!
De Luís Castro a 22 de Outubro de 2008 às 16:49
Começa a passar amanhã.
Ab.
LC
De Paulo Sousa a 22 de Outubro de 2008 às 19:32
Atenção que a senhora usa as meias oficiais do 2º equipamento do SLB do ano passado. Tá visto que pertence ao núcleo nazareno dos NoName.
De Sílvia Castro a 23 de Outubro de 2008 às 01:30
Como é sobre o Benfica,
nem comento.
Posso ser mal interpretado...
Ab.
LC
De Luís Castro a 23 de Outubro de 2008 às 01:45
Peço desculpa.
Entrei pelo blog da minha mulher.
Luís Castro
De MP a 20 de Outubro de 2008 às 18:44
Eu chamo-lhe uma crise financeira mundial fabricada (por encomenda), para estabelecer uma "Nova Ordem" Mundial: governo único, moeda única, etc, etc ..............

O esclavagismo de novo na ordem do dia, pela "benemérita mãozinha" da globalização, disfarçada de democracia.

Os ventos do tempo presente.
De carvalho leite a 20 de Outubro de 2008 às 18:50
caro MP
a globalizaçao nao foi encomendada por ninguem, penso que surgiu como reflexo das evoluçoes das tecnologias de comunicaçao etc...a economia entre outros é que só repararam na parte boa...e não se preveniram sobre eventuais consequencias.
bem haja
www.pensarbasto.blogspot.com
De MP a 20 de Outubro de 2008 às 19:05
Agradeço os seus votos (já agora é A)

Desculpe, mas não leu o que escrevi!!
Sugiro que volte a ler

(Há quem diga que foram os portugueses que inventaram a globalização! Até posso concordar, mas só com a parte positiva da "coisa" :)
De carvalho leite a 20 de Outubro de 2008 às 19:51
Estou admirado como não reparou na falta de acentos:) claro que li, senão como havia reparado que tinha lá escrito acerca do tema?
Sim dizem que foram os portugueses, e pelo conceito que a definem, parece-me que foram eles que a iniciaram, mas parece-me que foi a internet o grande veiculo que tornou possível o estado em que se encontra, o mesmo veiculo que nos permitiu esta troca de opinião.
Não pretendia de forma alguma corrigi-lo mas apenas trocar uma opinião…O que tentei dizer é que parece-me que tudo o que citou foram consequências naturais de uma era e pensamento, e não uma encomenda de alguém, pensamento que ainda continua em voga, mas falar de esclavagismo acho algo exagerado, pelo contrario acho que nunca fomos tão livres.
cumprimentos

www.pensarbasto.blogspot.com
De MP a 20 de Outubro de 2008 às 20:10
:)
Ainda que sem acentos é um texto compreensível

Como pode imaginar não é, nem foi a internet a criar e/ou estabelecer a globalização.
A internet é apenas uma mera ferramenta de comunicação.

A globalização advém dos interesses geo-económicos, geo-políticos e geo-militares, situação em que a internet teve início com a necessidade de comunicações militares ...

Aprecio a sua boa índole, apenas lhe faço o reparo de que, a realidade, e cada vez mais e mais, é bem mais crua, lastimável e degradante.

Desculpe
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:53
Visto.
LC
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:52
Visto.
LC
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:52
Visto.
LC
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:50
Tentei colocar uma comentário no seu blog, mas não consegui...
Ab.
LC
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:51
O comentário anterior é para o Carvalho Leite.
LC
De carvalho leite a 21 de Outubro de 2008 às 21:33
agradeço-lhe a tentativa, nao sei porque não conseguiu, é uma pena gostava de o ter como um dos ilustres comentadores do Pensar Basto,sobretudo porque sei que mantem afinidade pela minha e tambem sua terra.
abraço
De Luís Castro a 22 de Outubro de 2008 às 16:14
Logo vou tentar novamente.
Ab.
LC
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:42
Fabricada por quem?
Bjs
LC
De MP a 21 de Outubro de 2008 às 22:42
Aí está uma excelente pergunta para um jornalista de investigação, lançar "mãos à obra", e responder

Bjs
De Luís Castro a 22 de Outubro de 2008 às 16:17
Pode começar a Margarida.
Já foram feitas tantas abordagens ao assunto...
Bjs
LC
De MP a 22 de Outubro de 2008 às 21:13
Eu não sou jornalista!

Mas, se pagarem bem posso pensar no assunto!!

Bjs
De Sílvia Castro a 23 de Outubro de 2008 às 01:34
pagar bem?
Com esta crise?
Só se for gestora de um Banco!
Bjs
LC
De Luís Castro a 23 de Outubro de 2008 às 01:47
Peço desculpa.
Entrei pelo blog da minha mulher.
Luís Castro
De MP a 23 de Outubro de 2008 às 02:08
Não há do que se desculpar :)

Oh que carestia de vida!! "Antão" já não se paga bem nesta terrinha?! :))
Tem que se ser administradora ou gestora de banco ou banqueta? Anda 'tudo na mó de baixo'! Que carestia!
Estou a brincar!

Bjs
De Sílvia Castro a 24 de Outubro de 2008 às 00:19
Também não dinheiro para o Serviço Público!
Bjs
LC
De Luís Castro a 24 de Outubro de 2008 às 15:27
peço desculpa.
estava pelo blog da minha mulher.
Luís Castro
De José Fernandes a 20 de Outubro de 2008 às 21:00
Abertura do telejornal:
"Só em Barcelos há mais 4 mil desempregados [...]"
"Encerramento da empresa TOR [...]"

A coisa está muito preta... Cheira a pólvora !

Um abraço
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:54
E não é pólvora seca!
Ab.
LC
De anarobalo a 20 de Outubro de 2008 às 23:42
Boa noite, acho que fiquei viciada nas suas notícias.
O plano para combate da crise poderia passar, cá em Portuga, por os administradores e engenheiros, os deputados e outros que tais, deixarem de receber brutos ordenado, pior do que isso, trabalham meia dúzia de anos e reformam-se com valores exagerados mas como a idade lhes permite (são novos), ainda trabalham noutros sitios.
Eu não sei Luis onde isto nos vai levar mas não é a nada bom, a julgar pelos números de alguém que ganha balurdios para fazer estimativas.
Mas ninguém entende que estes "pillings" que se estão a fazer nos países, com dinheiro, vão ser pagos por nós?
Beijos
Ana
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:55
Tudo é pago por nós!
Somos nós que descontamos.
Bjs
LC
De bluewater68 a 21 de Outubro de 2008 às 09:16
Bom dia Luis Castro,
a propósito do «Tsunami Silencioso», transcrevo «Perto de um bilião de pessoas vive com cerca de 1 dólar por dia. Se, numa estimativa conservadora, o custo dos seus alimentos subir 20% (em alguns locais tem aumentado muito mais do que esse valor), 100 milhões de pessoas podem vir a ter de viver com esse montante diário, que é a medida comum para classificar a absoluta pobreza. Em alguns países, esse retrocesso será idêntico a todos os ganhos que foram obtidos na luta contra a pobreza na última década de crescimento.»
(http://sol.sapo.pt/blogs/bluewater68/archive/2008/05/02/_AB00_um-tsunami-silencioso_BB00_.aspx)
Este drama, se assim se pode dizer, já tinha alertas anteriores. Não foi apenas o rebentar desta crise recente que fez sair esses dados.
Hoje, no jornal das 8 da RTP, via a reportagem o desemprego que disparou no vale do Cávado. E lembrei-me dos 20 mil milhões de euros que o Governo colocou de parte para ajudar um qualquer banco que possa estar em dificuldades. Não poderiam haver injecções de capital para tentar salvar estas indústrias?
Cumprimentos
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 20:59
Há que repensar muito bem estas formas de governação.
O mundo já não acredita nelas e mais de metade das pessoas já não vão votar.
Qual será a solução?
LC
De Ana Cristina Brizida a 21 de Outubro de 2008 às 10:44
Olá Luís bom dia,

Começa hoje a ser utilizado pela banca o fundo de garantia de 20 milhões. E de quem é o guito??? É de quem paga impostos!!!!
O desemprego mundial em 2009 pode crescer 20 milhões....
Portugal está entre os países mais injustos da OCDE... o fosso entre os ricos e os pobres é cada vez maior...

Querem-me vender a ideia que Portugal é o país das novas oportunidades....

Já estou como o Pedro Oliveira... PHONIX!!!!
E a nave espacial que me vai levar de volta para o planeta ZAZAUÍ nunca mais chega....

Bjs
Cris
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2008 às 21:00
Também quero ir!!!
Bjs
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds