Quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

Impedido de entrar

 

 

 

Pivô do Jornal da Tarde:

A manhã voltou a ser agitada no Parlamento da Madeira.

O Deputado do PND, que ontem exibiu uma bandeira nazi, foi impedido de entrar nas instalações acabando por se envolver em confrontos com os seguranças.

A discussão alargou-se depois ao interior do Parlamento.

 

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 17:31
link do post | comentar
58 comentários:
De MP a 6 de Novembro de 2008 às 18:03
Afinal, não vivemos num Estado de Direito, Democrático.

Para além de insconstitucional, o impedimento do deputado é ilegal.

Esta é a noção de democracia e de legalidade que o parlamento e governo regional da Madeira têm do Estado, Constituição e Legislação portuguesa?
!!!!!!!!!!!!!!!

Então e o sr Presidente da República, não se manifesta?

Bela democracia a portuguesa ....
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 11:44
Pivô do Telejornal de ontem:

"Os incidentes destes dois dias levantam questões sobre a interpretação da Constituição e não só...
Para o constitucionalista Jorge Miranda, o Parlamento da madeira não pode suspender o deputado do PND.
É uma decisão juridicamente inexistente, que viola a Constituição e não tem qualquer base no Estatuto da Região Autónoma da Madeira."

Bjs
LC
De João Azevedo a 6 de Novembro de 2008 às 19:01
Penso que foi um exagero a exibição da bandeira com o simbolo nazi. Contudo, já estamos habituados a cenas destas protagonizadas pelo Alberto João, que por tudo e por nada apelida de fascistas todos quantos diferem das suas ideias. Quem deve responder e rapidamente é o Partido que o apoia aqui no continente, porque o da Madeira, não apoia, está subjugado ao quero, posso e mando do Sr. Jardim.
O que se passou é muito grave.
Tem a palavra Ferreira Leite.
CAzevedo
De Andre Ramos a 7 de Novembro de 2008 às 08:51
Atenção, que o deputado em questão é do PND e não do PSD. Neste caso a nossa avozinha não tem nada a fazer.
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 12:10
Visto.
LC
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 11:47
Ontem foi interessante ver o debate na Assembleia da República:
o Governo na oposição a atacar o PSD no poder...
Ab.
LC
De Ana Cristina Brizida a 6 de Novembro de 2008 às 20:48
Olá Luís,

Considero que foi uma atitude ilegal porem três seguranças para impedirem a entrada do deputado do PND. Acho que só a Polícia é que tem autoridade para o fazer... a não ser que os tais seguranças pertençam ao Corpo de Segurança Pessoal da PSP e aí.... ok... eles não andam fardados , mas...hmmmm não me parece.
Mas também convenhamos que aquele senhor fez uma figura bem triste, o que aliás já não é a primeira vez que o faz no hemiciclo da Madeira.
Sem comentários.... são os "politicos" que temos... cada vez mais parecidos com os da América Latina rsrsrsrs
Bjs
Cris

De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 11:48
Pelo menos lá ninguém adormece no Parlamento!
rs...rs...rs...
Bjs
LC
De Ana Cristina Brizida a 7 de Novembro de 2008 às 19:15
Tem razão Luís, as sessões assim são animadas... e assim ninguém ronca nem se pode ler o jornal descansado... como aqui em Lisboa
O Alberto João é que ainda não se lembrou de lá alguém à porta para cobrar entradas .... era só facturar... uma mina, jovem! hehehe
Bjs e um MEGA fim de semana!!!!!
Cris
De Luís Castro a 8 de Novembro de 2008 às 10:41
Igualmente!
LC
De Daniel Marques a 7 de Novembro de 2008 às 21:40
Tão Cris? Nunca mais apareceu pelo meu cantinho? Já tenho saudades suas! ;)
De Luís Castro a 8 de Novembro de 2008 às 10:48
Visto.
LC
De Ana Cristina Brizida a 8 de Novembro de 2008 às 19:33
Olá Daniel tudo bem?
O menino mudou de endereço....
Vou lá agora.
Bjs e até já
Cris
De Luís Castro a 9 de Novembro de 2008 às 14:55
Visto.
LC
De Sócrates a 6 de Novembro de 2008 às 21:30
Há que averiguar imediatamente se o que se passou é legal ou não. Se for, pouco se pode fazer, caso não seja, quem deu a ordem e quem a cumpriu que seja responsabilizado criminalmente.

Já agora, não era Alberto João Jardim que tinha umas saídas no mínimo curiosas relativamente ao Apartheid? Querem ver que...



De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 11:49
Caramba!
Assusto-me sempre que vejo um comentário "teu"!
rs...rs...rs...
Ab.
LC
De umcasoraro a 6 de Novembro de 2008 às 21:54
Não concordo muito com o que este deputado fez, mas entendo a motivação dele.
A perseguição política a todos aqueles que discordem do Sr. Jardim é constante e para que continuem a votar neles contratam-nos como funcionários do "Estado Madeirense".
Mas o pior disto tudo é o PR continuar caladinho.
Tanta coisa com o Estatuto dos Açores, que até teve direito a discurso nacional e das atitudes que se tomam no Parlamento da Madeira nem uma palavra!!
Ainda por cima o sr. Jardim continua a endividar a Madeira e continua tudo sem lhe pôr um travão?!
Só me questiono que tipo de segredos escabrosos ele saberá dos nossos políticos para que ninguém lhe diga nada!!
Enfim, há cada um...
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 12:01
Há cada um que até parecem dois!
LC
De Pedro Oliveira a 7 de Novembro de 2008 às 08:48
A decisão da maioria,PSD, de a Assembleia não reunir mais até o caso se resolva na justiça, é de uma gravidade extrema e prejudica gravemente a população da Madeira, como exemplo a não aprovação do Parlamento.Se esta situação se mantiver não retará outra solução que a dissolução do parlamento regional.Deverá ser isso que Jardim quer.Pode ser que o PND nunca mais tenha deputados eleitos...
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 12:09
Imagem triste... de todos!
Ab.
LC
De Pedro Oliveira a 7 de Novembro de 2008 às 08:52
anula o anterior.

A decisão da maioria,PSDMadeira, de a Assembleia não reunir mais até o caso se resolva na justiça, é de uma gravidade extrema e prejudica gravemente a população da Madeira, como exemplo a não aprovação no Parlamento do orçamento de 2009 para a Região.Se esta situação se mantiver não retará outra solução que a dissolução do parlamento regional.Deverá ser isso que Jardim quer.Pode ser que assim o PND nunca mais tenha deputados eleitos...
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 12:11
Visto.
LC
De José Fernandes a 7 de Novembro de 2008 às 10:16
Bom dia,

Um dia destes o homem vem a Lisboa tratar de algum assunto e quando voltar à Madeira fica retido no SEF... Só dá para rir...

"25 de Abril sempre... fascismo nunca mais"... onde é que eu já ouvi isto...

Um abraço
JF
De Luís Castro a 7 de Novembro de 2008 às 12:30
Rs...rs...rs...
De CN a 7 de Novembro de 2008 às 10:56
Olá Luís.
Sobre o PSD Madeira; Presidente da República e afins, não comento.
Sobre a exibição da bandeira Nazi e como já escrevi noutros posts-
creio que é a evolução natural de uma sociedade (algumas pessoas, e tende a aumentar) que diariamente é vítima das alegadas "minorias" étnicas.
O Estado português não tem acompanhado devidamente o fenómeno da imigração e há portugueses que sofrem diariamente roubos, assaltos, perca de postos de trabalho, etc.
Perante a inércia do Estado, cresce o "saudosismo" por "outras políticas" ou ideologias.
Na minha opinião, pelo que se tem passado nos últimos anos em Portugal, não me admiraria ver daqui a uns anos a extrema-direita no poder.
Para se evitar isso, cabe à actual esquerda tomar medidas mais correctas.
A política do deixa andar, ou melhor, do deixa entrar, não está a resultar; as coisas estão a tomar proporções muito grandes.
Um abraço
CN
De Alda Bento a 7 de Novembro de 2008 às 23:58
Concordo consigo!
De Luís Castro a 8 de Novembro de 2008 às 10:47
Visto.
LC
De Luís Castro a 8 de Novembro de 2008 às 10:31
~CN,
nós precisamos - e muito! - desses imigrantes.
Depois, é verdade, vem muta gente pelo meio que não interessa.
É necessário que alguém procure mais informação antes de os tornar legais em Portugal.E não me parece que seja assim tão difícil.
Ab.
LC
De CN a 8 de Novembro de 2008 às 11:36
Bom dia Luís!
Claro que precisamos! (já que nós não queremos fazer o trabalho "sujo" e preferimos ir para a Espanha ou Holanda ser escravizados!).
O que eu digo é que são preciso REGRAS. Só isso.
Bom FDS!
Abraço
De CN a 8 de Novembro de 2008 às 11:38
Ah ..... esqueci-me.. Ou ficar a receber subsídios em casa ..... (nós, portugueses)
De Luís Castro a 9 de Novembro de 2008 às 14:18
Nisso também somos bons.
Muito bons, mesmo!
Ab.
LC
De Luís Castro a 9 de Novembro de 2008 às 14:17
Igualmente.
ABRAÇO
LC
De A Simões a 7 de Novembro de 2008 às 11:31
...querem ver que o Magalhães levou o país para o Terceiro Mundo e nós não nos apercebemos!
De Luís Castro a 8 de Novembro de 2008 às 10:32
rs...rs...

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds