Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Voz à esquerda

Ontem ouvi Pacheco Pereira dizer que o PCP é mais fiável e credível do que o Bloco de Esquerda.

Pcp-Murais04.jpg

Jerónimo de Sousa diz que os comunistas estão “mais fortes” e o partido tem “melhor ambiente”, mas a crise também chegou ao PCP. Só nos últimos quatro anos, o partido acumulou um passivo de dois milhões de euros.

 

Seja como for, e como amanhã também vou estar no Campo Pequeno, gostava de saber o que pensam sobre esta esquerda e sobre a actual importância dos comunistas na vida política e social do país.

 

  • Ao longo do Congresso, tentarei ficar ligado ao blogue para acompanhar os vossos comentários. 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 16:21
link do post | comentar
19 comentários:
De salvoconduto a 28 de Novembro de 2008 às 17:33
Uma força política que não pode ser ignorada no mapa político português, com forte implantação nas lutas sociais e um passado de luta antifascista digno de realce.

Quanto ao passivo, não tem os empresários de sucesso, tipo Faria de Oliveira, a contribuir para as sua contas...ainda bem.
De Luís Castro a 28 de Novembro de 2008 às 21:08
Independentemente de das tendências polítcas de cdada um de nós, o PCP, foi, é e será um partido necessário para a nossa Democracia.
LC
De João Luis Silva a 28 de Novembro de 2008 às 17:41
O P.C.P. é um cadáver adiado , ao qual Jerónimo de Sousa conseguiu juntar algum "formol" que conserva vivo o partido . Até quando?
De Luís Castro a 28 de Novembro de 2008 às 21:10
Palpita-me que Mário Nogueira será o sucessor de Jerónimo de Sousa.
Mas nessa altura será interessante ver a "luta" entre Mário Nogueira e Carvalho da Silva.
LC
De Virgínia a 28 de Novembro de 2008 às 20:45
Caro amigo Luis Castro, Deus lhe dê paciencia para ouvir os repetidos clichets! Espero que tenha um bom sábado; já sabe que vai ser a 'tourada' de sempre! Todos os partidos estão 'mais fortes' e 'têm o melhor ambiente'! Pudera! Cobrem-se todos com a mesma manta! Só a 'populaça' está cada vez mais fraca, principalmente na carteira! Fico ansiosa pelo resultado deste Congresso, visto pelos seus 'maravilhosos olhos'. Um beijo.
De Luís Castro a 28 de Novembro de 2008 às 21:25
Vou sobreviver, garanto-lhe.
Já sobrevivi a tantas outros do PS, PP e PSD e do próprio PCP, que também vou regressar vivo deste.
rs...rs...rs...
Bjs
LC
De Maria Araújo a 28 de Novembro de 2008 às 22:25
O PCP está um pouco amorfo, penso eu. Não sei se é por causa do líder, se é porque as pessoas não evoluiram, não sei.
Sei que é preciso haver partidos opostos ao governo, que critiquem.
Quanto ao Mário Nogueira, já se sabe que ele procura um lugar de destaque, à frente da CGPT, por isso, ele "aproveitou-se" dos professores... E vai conseguir.
A política nada me diz. Comentei porque gosto de deixar a minha simples opinião no blog do Luís.
Bom fim de semana.
Beijinho.
De Luís Castro a 29 de Novembro de 2008 às 15:12
Obrigado.
~Bjs e igualmente.
Vai ser interessante ouvir as intervenções da tarde, até porque Carvalho da Silva não fala "oficialmente" há quatro anos.
LC
De Luís Castro a 29 de Novembro de 2008 às 15:12
O Carvalhas e a Odete.
LC
De Sócrates a 29 de Novembro de 2008 às 01:10
A ver vamos se o PCP finalmente é coerente com a suposta ideologia que defende.

Defender Coreias do Norte é hipócrita e incoerente... assim como não criticar o que é de criticar noutros regimes ditos comunistas/socialistas (sendo que a maioria não o são... o hábito não faz o monge).


Espero sinceramente ver um PCP a querer modernizar-se, com real auto-crítica (não aquela a fingir que resulta na massagem de egos), sem vassalagens e cultos da personalidade.

Já se viu que perdeu muito ao expulsar alguns dos ditos "renovadores", que teriam sido muito úteis em aproveitar a recente crise económica por forma a estabelecer um rumo e argumentação (projecto político) face à situação. Vamos ver se continua a meter a cabeça na areia.
De Luís Castro a 29 de Novembro de 2008 às 15:08
Acredito que - embora lentamnente- este PCP irá optar pela renovação.
A julgar pelas entredas no Comité Central.
Ab.
LC
De Filipa Jardim a 29 de Novembro de 2008 às 21:42
A julgar pela lentidão com que se tem vindo a renovar, lá para o século XXX o PCP vai ser um partido muito prá frentex, isto é ,se ainda tiver militantes, que a média de idade é aquela que se sabe.

Força Luís, que isso não deve ser fácil, ouvir as cassetes todo o weekend

Bjs,

Filipa
De Luís Castro a 29 de Novembro de 2008 às 22:38
Bjs....
LC
De alex campos a 1 de Dezembro de 2008 às 23:26
Esse "prá frentex" atrevo-me a traduzir por neo-liberal. Não acredito que mesmo no século XXX o PCP se transformará na sua antítese.
De Luís Castro a 1 de Dezembro de 2008 às 23:49
Visto.
LC
De João calviño a 4 de Dezembro de 2008 às 22:01
Oh filipa... e é você que conhece a realidade interna do pcp e a sua media de idades nao é?

uma profunda conhecedora da sua propria realidade nao???
De Luís Castro a 4 de Dezembro de 2008 às 22:17
Visto.
LC
De POESIA-NO-POPULAR a 30 de Novembro de 2008 às 22:38
Amigo Luis Castro
É interessante ler os comentários, destes cidadãos/âs, não comunistas, e, muito menos bem informados, mas, pelo que demonstram são todos médicos, especialistas em passar certidões de óbito, oa Partido Comunista Português, e depois ainda nos acusam de usarmos sempre a mesma cassete...Que ridííííículos!!!! Que mesquinhês!!!!! Que zeros!!!!
Abraço
De Luís Castro a 30 de Novembro de 2008 às 23:38
rs...rs...
Bom regresso para amanhã.
Ab.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds