Domingo, 14 de Dezembro de 2008

Toma lá uns sapatos!

 

Durante uma conferência de imprensa, um jornalista iraquiano atirou sapatos ao presidente americano.
Lançar sapatos a alguém é um dos piores insultos existentes no mundo árabe.
 
 
Quando um árabe atira os sapatos a alguém, é porque o odeia. Mesmo!
 
Luís Castro
publicado por Luís Castro às 23:17
link do post | comentar
65 comentários:
De Ludo Rex a 14 de Dezembro de 2008 às 23:46
Sapatos, ainda foi pouco...
Abraço
De JP a 15 de Dezembro de 2008 às 00:03
no 5dias está o vídeo. Muito bom! Este homem consegue ser mais odiado que o próprio Diabo!
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:55
No Iraque, Bush, é o Diabo!
Quando fui às mesquitas (sunistas e xiitas) e ouvi o diziam dele...
ui!
Até a mim me doía!
Ab.
LC
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:53
E falhou!!!
rs...
LC
De enfermeiro_de_serviço a 15 de Dezembro de 2008 às 00:02
Tenho pena....

Tava tao perto nao custava nada acertar em cheio.
De JP a 15 de Dezembro de 2008 às 00:04
Realmente... que falta de pontaria! O engraçado é que teve tempo para atirar dois. Mas nem assim... paciência.
De enfermeiro_de_serviço a 15 de Dezembro de 2008 às 04:20
Agora a serio...acho que o senhor devia ser punido seriamente...

Nao podemos deixar passar impune um falhanço daqueles...tava tao perto e falha assim? enfim... que a justiça actue..
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:57
Até parecia um avançado português que não digo o nome...
LC
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:56
Se fosse eu, abria uma sapataria e exportava de Bagdade para todo o mundo árabe.
"Sapato pró Bush"!!!
LC
De JP a 17 de Dezembro de 2008 às 13:00
Era capaz de ser bom negócio! Se ele não tivesse tão bons reflexos? Isso seria um espectáculo! Não matava mas moía.
De MS a 16 de Dezembro de 2008 às 23:55
A cena foi mesmo engraçada! Mas não posso deixar de me interrogar sobre o lhe teria acontecido se no lugar de Bush estivesse o Saddam e, muito provavelmente, sem os reflexos do primeiro!
De Luís Castro a 17 de Dezembro de 2008 às 00:45
A esta hora estava a sofrer a tortura da garrafa.
Sabem qual era?
De cócoras, nus e com uma garrafa mesmo por baixo do ânus.
Quando as forças começavam a faltar, imagina o que acontecia.
Mas a tortura começava quando era ultrapassado o gargalo da garrafa.
Pelo que me contaram, era das torturas mais horríveis.
LC
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:53
Mas o Bush está em forma!
Ab.
LC
De Manuel Guedes a 15 de Dezembro de 2008 às 00:53
ahh... finalmente a democracia iraquiana em acção
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:56
Uma verdadeira arma biológica!!!
Parece que deixou rasto...
LC
De Pedro Oliveira a 15 de Dezembro de 2008 às 08:48
Foi pena os reflexos do bush estarem ok, senão era mesmo em cheio.Bem merecidos.
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:57
Grande momento!
LC
De POESIA-NO-POPULAR a 15 de Dezembro de 2008 às 09:18
Amigo Luis
Penso que os ovos são mais eficazes e mais incómodos para o alvo, no entanto este cóboy deveria ter de responder em tribunal, conjuntamente com os seus aliados, para responderem pelos crimes, praticados sob suas ordens, e que os próprios já admitiram ter-se enganado, só que o engano conrresponde a milhares de vitimas inocentes.
Louvo este jornalista pelo seu acto de coragem, mas não lhe gabo a sorte!
Abraço
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:58
Já é um herói!
LC
De terezadapraia a 15 de Dezembro de 2008 às 10:11


Não são só os sapatos da revolta iraquiana que andam pelo ar,

se olharmos bem, também anda a mão protectora, da gratidão iraquiana,

e é destas coisas que se faz uma Democracia!


De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 20:59
Imagem que fica para a História!
Bjs
LC
De JAlves a 15 de Dezembro de 2008 às 10:36
O homem é Jornalista....
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 21:00
Não sei!
de jornalista nada tem.
De activista tem tudo!
Ab.
LC
De Virgínia a 15 de Dezembro de 2008 às 11:23
Bom dia Luis
No meio das nossas tristes notícias, lá vem uma que nos faz rir e dar uma boa gargalhada!
Já viu se o jornalista se lembrava de pôr nos sapatos "sulfato de xulé"?
Com a velocidade a que os sapatos foram lançados, concerteza que o rasto, do cheiro, era suficiente para pôr o presidênte KO!
Isso é que era uma bomba de destruição massiva!!!
Os seus guarda-costas foram leeeeentos a reagir.... será que também se divertiram com a situação?!

Nós achamos piada mas.... foi uma manifestação muito triste!
O jornalista iraquiano lá teria as suas razões.... porque as razões do presidente todos nós as sabemos...
Tenha um bom começo de semana.
Bjs
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 21:01
Obrigado.
Só pode ser lido à luz do que lá se passa.
Bjs
LC
De KI a 15 de Dezembro de 2008 às 13:53
Será q dá para em vez de pormos os sapatinhos na chaminé enviarmos todos um sapatinho ao Senhor Engenheiro? Era una iniciativa bem gira!!

E tb lhe chamou cão ao q parece. Eu sendo o Bush tinha medinho q isto os iranianos são mt bons a lançar pragas.

Bjs.


P.S. - Ainda espero o seu texto de Natal.
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 21:03
Xiiiiiiiiiiii!
Bjs
LC
De antónio a 15 de Dezembro de 2008 às 17:49
É uma pena que ainda ninguém tenha escrito que esta atitude só foi possível porque houve uma intervenção americana no Iraque.
concordando ou não com essa intervenção, é de crer que sem tal, ninguém atiraria sapatos a um presidente.
De Luís Castro a 15 de Dezembro de 2008 às 21:09
Claro.
Mas se não tivessem derrubado o Saddam, Bush nem lá iria.
Ab.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds