Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

Sim mas

 

Será que os escritórios de advogados são “santuários sagrados” como defende o bastonário Marinho Pinto?

Sim, concordo que sejam santuários, já sagrados...

 

“Todos são iguais perante a lei”, defende o PGR, que acrescenta: “os eventuais ilícitos devem ser investigados sem olhar a quem eles respeitam”.

Pois é, mas depois só os mais fracos levam com o malhete da justiça!

 

Para Cavaco Silva “é necessário legislar melhor” para que os portugueses acreditem no ordenamento jurídico e no sistema judicial.

Tem razão, senhor presidente.

Mas convém não esquecer que quem faz e aprova as leis são os políticos.

 

Luís Castro

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 22:48
link do post | comentar
18 comentários:
De AA a 28 de Janeiro de 2009 às 00:10
Olá, Luís Castro!

Pelas declarações feitas hoje pelo bastonário da ordem dos advogados, temos que concordar que os escritórios dos advogados são mesmo um santuário sagrado... e ai de quem lhes toque...!!! Pelas declarações do Sr. Marinho Pinto, estas buscas com "mandatos em branco" constituem uma prática própria de estados terroristas"...
Parece-me que estas buscam são um acto de terrorismo em "solo sagrado"...:)

Em relação ao "todos são iguais perante a lei" vamos ver quais as conclusões do caso Freeport ...

Quanto à aprovação das leis, pouco tenho a dizer, a não ser, infelizmente só são os políticos a fazê-lo...
e falando no caso da D. Gertrudes, arguida no processo da Casa Pia, parece que a lei "ficou do lado dela", após a revisão do Código Penal, em Setembro de 2007...

Beijos,
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá, Luís Castro! <BR><BR>Pelas declarações feitas hoje pelo bastonário da ordem dos advogados, temos que concordar que os escritórios dos advogados são mesmo um santuário sagrado... e ai de quem lhes toque...!!! Pelas declarações do Sr. Marinho Pinto, estas buscas com "mandatos em branco" constituem uma prática própria de estados terroristas"... <BR>Parece-me que estas buscam são um acto de terrorismo em "solo sagrado"...:) <BR><BR>Em relação ao "todos são iguais perante a lei" vamos ver quais as conclusões do caso Freeport ... <BR><BR>Quanto à aprovação das leis, pouco tenho a dizer, a não ser, infelizmente só são os políticos a fazê-lo... <BR>e falando no caso da D. Gertrudes, arguida no processo da Casa Pia, parece que a lei "ficou do lado dela", após a revisão do Código Penal, em Setembro de 2007... <BR><BR>Beijos, <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>AA</A>
De Luís Castro a 28 de Janeiro de 2009 às 18:41
Bjs.
LC
De AA a 28 de Janeiro de 2009 às 00:15
Bem, não sei muito bem porquê mas acabei por publicar o comentário em duplicado... por isso, as minhas desculpas...
De Luís Castro a 28 de Janeiro de 2009 às 18:42
Visto.
LC
De Fontez a 28 de Janeiro de 2009 às 01:23
infelizmente tem dado para o torto a Justiça Portuguesa.

Suspeições=Verdade? Nop!

Justiça=Verdade? Yep!

Freeport? eheheh...
corrupção há em todo o lado...mais nuns paises q outros...mais na classe politica do q noutras.

De Pedro Oliveira a 28 de Janeiro de 2009 às 08:46
Hoje em dia a Justiça caiu em descrédito e se juntarmos isso à desconfiança nos politicos, concluimos que a nossa democracia necessita de cuidados paliativos, pois está gravemente doente, mas ao que parece ninguém se está a importar, até ao dia que algum Salazar ganhe novamente as eleições. Em Viana do Castelo a abstenção ao referendo foi acima dos 70%, nem ligou e fez-se a festa à mesma.

p.s. viste o meu mail?

abraço
De Luís Castro a 28 de Janeiro de 2009 às 18:46
Não recebi.
Envia novamente, mas para o mail do blog.
talvez o tenha apagado.
LC
De Pedro Oliveira a 28 de Janeiro de 2009 às 21:53
já enviei novamente.
obrigado e um abraço
De Luís Castro a 29 de Janeiro de 2009 às 17:48
para qual enderço?
LC
De Pedro Oliveira a 29 de Janeiro de 2009 às 17:50
para o cheiro a pólvora e o teu da RTP.
abr
De Luís Castro a 29 de Janeiro de 2009 às 18:11
No blog não tenho.
Vou ver o outro.
Ab.
LC
De Luís Castro a 28 de Janeiro de 2009 às 18:42
Pelo menos, a ideia que dá é que a justiça nem sempre é cega...
LC
De Azoth a 28 de Janeiro de 2009 às 02:38
Alguns advogados são piores que os clientes que defendem e o bastonário Marinho Pinto não pode pensar que só há gente "boa" nesse "ramo"
De Luís Castro a 28 de Janeiro de 2009 às 18:44
Como em todas as profissões...
LC
De Jorge a 28 de Janeiro de 2009 às 08:07
Mas que grande malhete. Serve para colocar a Justiça na ordem ou os Políticos?
Abraço
De Luís Castro a 28 de Janeiro de 2009 às 18:45
para todos!
políticos e não políticos.
LC
De ACCB a 9 de Fevereiro de 2009 às 01:43
"Mas convém não esquecer que quem faz e aprova as leis são os políticos."



De Luís Castro a 9 de Fevereiro de 2009 às 23:32
Visto.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds