Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Bom Português

 

A ideia surgiu-me em Março de 2001, em Cabinda.

Fora enviado ao enclave angolano para cobrir o rapto de portugueses pelas guerrilhas da FLEC, quando, a meio do texto que estava a escrever, me surgiu uma dúvida: como escrever uma determinada palavra.

Aquele momento acabaria por dar lugar à rubrica “Bom Português”.

Hoje, cerca de mil e duzentas dúvidas depois, a Porto Editora e a RTP decidiram lançar um livro com os principais exemplos.

Recomendo.

 

Luís Castro

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 21:16
link do post | comentar
29 comentários:
De Marco a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:12
É muito interessante logo de manhã pensarmos como dizer determinadas palavras.
Parabéns!
De Luís Castro a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:48
Tem sido um grande sucesso porque são dúvidas que todos temos.
LC
De Carlos Leite a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:25
Parabens...não sabia que esta brilhante ideia tinha surgido de um Bastense.
continuem e muito sucesso.
De Luís Castro a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:53
É de Cabeceiras?
LC
De Carlos Leite a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:36
Sou de Canedo de basto, Celorico de Basto...mas tenho o coração bem preso em Cabeceiras.
Como não o fiz antes, aproveito para felicitar a sua Missão Infinita e o facto de ter escolhido a terra que o viu criança, para fazer com que outras crianças vejam bem esta terra.
Parabens
De Luís Castro a 19 de Fevereiro de 2009 às 01:00
Obrigado, Carlos.
Os meus pais são da Faia, próximo de Arco de Baúlhe.
De resto, vivem lá, tal como a minha irmã.
Só eu é que ando desterrado pelo mundo...
Ab.
LC
De Jorge Soares a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:42
Luís, parabéns por tão boa ideia.... é um livro que definitivamente vou comprar.

Jorge Soares
De Luís Castro a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:54
Vai gostar.
Houve alguns "Bom Português" muito engraçados.
Mas... é houve ou houveram?
Página 110.
rs...rs...rs...
LC
De Fatima a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:49
A não perder, mesmo!
De Luís Castro a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:55
Vao gostar.
Bjs
LC
De mdsol a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:08
Parabéns pela ideia!

:))
De Luís Castro a 19 de Fevereiro de 2009 às 01:02
Obrigado.
LC
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 13:54
Na verdade, a ideia foi da Porto Editora.
Mas obrigado.
LC
De GorgeousMind a 19 de Fevereiro de 2009 às 10:30
Simples, eficaz e útil.
Parabéns Luís
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 14:08
tks.
LC
De Sónia Pessoa a 19 de Fevereiro de 2009 às 12:04
Parabéns, mais um sucesso!
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 14:12
Ainda não lhes enviei o doc mas já falei com eles sobre o assunto.
falamos mais logo.
Bjs
LC
De ricardo nunes a 19 de Fevereiro de 2009 às 12:42
boas,

infelizmente o bom português foi ultrapassado pelo crime chamado acordo ortográfico.

só este país é que se poderia lembrar de semelhante parvoíce.

estou mesmo a ver o Reino Unido a fazer um acordo desse tipo com EUA, Canada, NZ, AUS, India, you name it!

abc
De Isabel Torres Cabral a 20 de Fevereiro de 2009 às 10:15


Eu até lhe costumo chamar acordo hortográfico ! mas admito que línguas com responsabilidades políticas acrescidas, tenham de fazer este tipo de concessão, desde que, não seja obrigatório conceder: ou seja, só concede quem quer !

De Isabel Torres Cabral a 20 de Fevereiro de 2009 às 10:47


ai meu Deus, que eu até me esqueço que de vez em quando comento com o meu próprio nome :)

e só espero que o Senhor Embaixador Lauro Moreira, se lê este Blog não se zangue muito comigo, ao ler o meu anterior comentário;

que eu depois explico :)


De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 20:54
???
LC
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 20:53
Com tanta gente de vários países a falar português, é natural que a língua seja viva e vá sendo necessário encontrar uma harmonia.
LC
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 14:16
Defendo que a língua é um organismo vivo.
Deve evoluir à medida dos tempos.
LC
De Ana Cruz a 19 de Fevereiro de 2009 às 14:17
Brilhante ideias! fico a espera do dia do lançamento.

Cumprimentos de Cab Basto
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 14:25
Já foi.
E já está à venda.
LC
De Ana Cruz a 25 de Fevereiro de 2009 às 13:57
Pois, vi no fim de semana na entrevista que ja esta a venda....
De Luís Castro a 25 de Fevereiro de 2009 às 20:46
Está muito interessante.
E dá para pregar umas partidas aos amigos, fazendo perguntas sobre os exemplos que lá estão...
rs...rs...rs...
LC
De RS(criancices) a 19 de Fevereiro de 2009 às 17:48
Gosto muito deste programa.
Até agora tenho acertado em todos (mal de mim se não acertasse!)...
De Luís Castro a 21 de Fevereiro de 2009 às 14:35
Professora?
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds