Domingo, 8 de Março de 2009

Voltei à Guiné

 

É o regresso a um país onde fui deixando muitos amigos ao longo dos últimos onze anos. Infelizmente, muitos já estão mortos.

 

Do grupo com quem acompanhei a guerra de 1998/99 e o golpe de estado de 2003, foram quase todos assassinados.

 

Privei de perto com Ansumane Mané, Veríssimo Seabra e Tagma Na Wai, os três chefes do Estado maior das Forças Armadas abatidos nos últimos anos. Outros como Manuel Mina e Zamora Induta continuam vivos. Com todos mantive contacto e amizade.

 

São tantas as memórias que estou tentado a escrever um livro sobre a Guiné dos últimos dez anos.

 

Luís Castro

 

http://tv1.rtp.pt/noticias/?headline=20&visual=9&tm=7&t=Os-militares-da-Guine-Bissau-reafirmaram-que-se-submetem-ao-poder-politico.rtp&article=206564

  

*** Só hoje consegui vir ao blogue.

Vou tentar responder a todos comentários aqui deixados nos últimos dias.

publicado por Luís Castro às 01:05
link do post | comentar
22 comentários:
De Isaura a 8 de Março de 2009 às 10:15
Bom dia Luís,
como se aí estivéssemos, seguimos passo a passo o teu trabalho. Estamos juntos! Um beijinho. Isaura
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:38
Do Huambo para o mundo, não é?
Bj
LC
De patti a 8 de Março de 2009 às 10:41
Já tinha deixado mensagem no post da Missão Infinita... boa sorte por essas terras e esperamos deste lado as notícias. Sempre.
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:39
Obg.
Bj
LC
De bluewater68 a 8 de Março de 2009 às 12:01
Luis Castro,
bem vindo de volta a este cantinho e os parabéns pelas excelentes peças jornalísticas que eu gostei bastante de ver.
Entretanto, aproveito este post para lhe dizer que o tal livro que lançou recentemente "Assim se fala em bom português" deveria ser lido por muito boa gente. Principalmente, aqueles que lançam jogos didácticos.
"Gravar-lo", "puxando-las", "acabas-te", "básicamente", "fês", "caêm",
Abraço
De Isaura a 9 de Março de 2009 às 00:26
será que na Guiné o Luís se deu conta da queda do Magalhães?! ..e já agora notou o silêncio, profundo e conveniente do "day after "? O domingo da meditação...talvez seja por causa do novo software devem estar já a "gravar-lo ".
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:48
rs...rs...rs...
LC
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:41
Bem pensado!!!
LC
De Sónia Pessoa a 8 de Março de 2009 às 12:43
Olá amigo, espero que estejas bem e que tudo corra bem por aí... beijo abraçado
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:41
Obg.
Bj.
LC
De Virgínia a 8 de Março de 2009 às 21:40
Olá Luís
Desejo que tudo lhe corra bem por essas paragens.
Continue a dar-nos notícias.
Boa sorte e... continue a respirar...
Beijos
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:45
É verdade.
Voltei a sentir-me repórter!
Bj
LC
De Maria Araújo a 9 de Março de 2009 às 00:20
O livro é melhor testemunho que dar e dedicar a essas pessoas por quem tinha grande amizade e respeito.
Força a ideia .
Beijinho
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:48
Estou tentado.
O problema é a falta de tempo.
LC
De José Alberto Machado a 9 de Março de 2009 às 03:15
Um abraço, boa estadia. Depois destes dois assassínios, uma questão( a central) se põe? Porque é que a Guiné- Bissau, que conduziu a guerra como se sabe,não foi capaz de construir um Estado? Porquê? Com os teus conhecimentos e a tua reconhecida capacidade profissional tenho esperança no princípio de uma resposta. Depois, há um outro ponto: a luta de libertação já acabou vai para 34 anos, uma geração. E, os que a fizeram Têm de perceber que já nasceu no País uma geração que tem direito ao poder e a ser respeitada, e não tem culpa de andar na escola quando a luta se desenrolava.
Um homem íntegro e capaz é hoje PR, ainda que interino.
De homens como Raimuno Pereira, Cadogo Filho (uma revelação), Henrique Rosa e outros se fará o futuro da Guiné, que espero que desta vez seja a favor do seu Povo. Puxa!!! Já não é sem tempo...
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:51
Amigo, sabes do que falas!
Tenho saudades tuas.
Quando passas por Lisboa?
Ab.
LC
De Fatima a 10 de Março de 2009 às 23:43
Bom trabalho Luís. Tudo de bom por aí!
Abraço
De Luís Castro a 17 de Março de 2009 às 20:59
Obrigado.
LC
De Feliciano Macedo a 19 de Março de 2009 às 11:26
Amigo Luis;
Tenho lido atentamente o teus artigos do blog o que me agrada sobremaneira.
Os meus parabén pelas magnificas reportagens e fotos, em especial da Guiné, pelo facto de dares a conhecer um país, que não conheço, mas que com a descrição de algumas vivências, me dá uma ideia global do belo que constrasta com as dificuldades desssas gentes. Muito obrigado.
De Luís Castro a 20 de Março de 2009 às 20:42
És o Feliciano de Cabeceiras?
Ab.
LC
De Feliciano Macedo a 23 de Março de 2009 às 09:58
Olá Luis,

Sou o Feliciano de Cabeceiras sim senhor.
Boa estadia por essas paragens.
Abraço amigo.
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:19
Um grande e especial abraço, amigo!!!
Um destes dias passo por aí.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds