Domingo, 22 de Março de 2009

Este país não tem emenda

Voltei da Guiné há oito dias. E que vejo?

– Mais uma vergonha na arbitragem.

   O que se passou no jogo Sporting x Benfica foi mau demais.

– Nascimento Rodrigues a defender uma nomeação política para o cargo que ele

   próprio ocupa  há oito anos.

   Foi assim que desempenhou a função?

– Ferreira Leite a pedir um “boy” do PSD para Provedor de Justiça.

   E recusa alguém como Jorge Miranda?!

– Jerónimo a acusar – e bem! – PS e PSD de dividirem o país como uma

   coutada.

– Mário Soares a criticar Durão Barroso.

   Diz que com o português, “a Europa não vai a lado nenhum”.

 

 

 

Destaque para D. Januário Torgal Ferreira.

Ele ergueu a voz contra o Papa para dizer que proibir o preservativo é consentir muitas mortes. O Bispo das Forças Armadas criticou os conselheiros de Bento XVI, dizendo que “deviam ser mais cultos”.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 14:16
link do post | comentar
34 comentários:
De criancices a 22 de Março de 2009 às 14:49
Concordo a 100%, não tem mesmo!
Uma boa semana.
De Luís Castro a 22 de Março de 2009 às 15:16
Olhar para os "actores" da nossa vida política e social, é ver mais do mesmo.
E é assim há tantos anos que até assusta!
Será que os adeptos do Sporting têm mais vassouras?
LC
De José Fernandes a 22 de Março de 2009 às 15:42
Luís,

Este país não tem emenda e perdeu a vergonha.
Há uma luta pelo poder que não olha a meios para atingir os fins. Passam por cima uns dos outros com a maior das naturalidades.
Quanto ao jogo de ontem, o que devia ter acontecido no final, era a equipa do Sporting não ter ido receber as medalhas e deixar o Hermínio Loureiro a falar sozinho.
Concordo com o Paulo Bento, quando diz que isto está podre. Enfim é o país que temos.
Bom domingo
Abraço
JF
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:04
Sinceramente não gostei da intervenção do Lucílio Baptista.
Tudo se resumiria a poucas palavras:
NA ALTURA ENTENDI ASSIM MAS DEPOIS DE VER AS IMAGENS PERCEBI QUE ERREI. PEÇO DESCULPA A QUEM PREJUDIQUEI COM O MEU ERRO.
Serve para o Lucílio como para outros casos na vida.
É assim que eu faço.
LC
De José Fernandes a 24 de Março de 2009 às 17:53
Luís,

Este arbitro vê muito mal, porque já uma vez marcou um penalti fora da área mais de um metro, num jogo entre o Setúbal e o Boavista (que deu um ponto e ajudou o Setúbal a ficar na primeira). Ele ajuda os mais desfavorecidos e trabalha por encomenda.

Quando se soube quem era o arbitro o Luís F Vieira disse " só podem estar a brincar..." Não será isto coacção ? Não terá com isto condicionado o trabalho do arbitro ? É o "apito encarnado" no seu melhor.

Abraço
JF
De Luís Castro a 24 de Março de 2009 às 19:58
Abraço.
LC
De JAlves a 22 de Março de 2009 às 18:56
Luís, bem-vindo de volta! Estamos em Portugal, lê as declarações de Laurentino Dias em relação ao que se passou no jogo da final! Vergonha.... Se estivessem em África...
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:08
Até a mim me custou e não sou do Sporting.
Ab.
LC
De ricardo nunes a 22 de Março de 2009 às 20:08
boas a todos,

ó luis e não viu nem ouviu o anúncio da RDP1?

ou isso para os lados da RTP não é notícia, triste?!

abs
De Daniel Marques a 22 de Março de 2009 às 20:35
Tanto que foi notícia, que eu a vi em diversos serviços informativos da RTP.
De ricardo nunes a 22 de Março de 2009 às 21:18
caro luis, então mais uma razão para a ter mencionado nesta sua lista.

ou não acha que ela deveria fazer parte da lista?

ainda qto ao caso Nascimento Rodrigues, a verdade é que o centrão come mesmo tudo, quem é poder, tem sido poder ao longo dos anos é que beneficia sempre e coloca os boys no poder, isto passa-se com o psd e ps, não há volta a dar.
já agora o luis tb acha que isto é uma campanha negra?

é que caso não fosse verdade o que o dito senhor afirmou, o ps muito simplesmente poderia mostrar números que o desmentiam e processá-lo a seguir, no entanto não o fez, porque acha o luis que não o tenha feito?

espero que não seja assim que o luis conduza as suas peças na RTP, é que neste post não foi muito isento, pois não?

abs
De Daniel Marques a 22 de Março de 2009 às 21:27
Tal é o desejo de espicaçar o autor do blog (que por acaso é um blog pessoal e não profissional), que nem reparou que quem lhe respondeu ao comentário nem foi o Luís.
De ricardo nunes a 22 de Março de 2009 às 21:39
caro daniel tem razão que não reparei e reconheço que não reparei pq li qd recebi no mail que Luis havia respondido e não olhei para mais nada.

agora não se trata de espicaçar, trata-se de ser justo com as coisas.
quanto ao que afirmei, o caro daniel tem dados para contrariar o que disse? ou também vou ser acusado de campanha negra contra o blog, o ps, sócrates e companhia?

abs, e não se aborreça!
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:17
Abraço aos dois.
LC
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:15
Visto.
LC
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:15
Amigo Ricardo,
percebeu que se enganou, certo?
Mas também lhe explico a razão de não ter mencionado: é que nunca vi o tal anúncio e não acompanhei de perto a polémica, p+elo que não dou opinião quando não domino o assunto.
Ab.
LC
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:12
É verdade.
LC
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:12
Ricardo,
desculpe mas não tem razão.
O caso foi notícia no Jornal da Tarde desse dia.
Ab.
LC
De ricardo nunes a 23 de Março de 2009 às 21:36
obrigado pela resposta luis,

a minha critica foi ao luis não ter mencionado esse caso e não a rtp.

como o luis trabalha na rtp achei estranho que não tivesse conhecimento da situação, apenas isso.

de qq forma peço desculpa se fui de alguma forma injusto.

é que na minha modesta opinião parece-me incrivel que as pessoas na rdp e na rtp não tenham percebido que algo assim era um atentado à inteligencia das pessoas e à propria democracia.

abs
De Luís Castro a 24 de Março de 2009 às 19:53
Sempre às ordens, amigo.
Ab.
LC
De Daniel Marques a 22 de Março de 2009 às 20:44
Luís, antes de mais bem-vindo a casa.
Sabes, acho que a grande maioria das pessoas que viaja, quando regressa sente uma sensação - ou talvez não seja apenas uma sensação - de que tudo como deixou se encontra igual e inalterado. Eu não precisei de sair do país para me aperceber dessa "sensação" no que toca aos problemas locais. Este país parece que não se faz para as pessoas, e parou no tempo!
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:13
Bem observado.
É isso mesmo!
Ab.
LC
De Ana Paula Albuquerque Almeida a 22 de Março de 2009 às 21:31

É bem verdade que o país não tem emenda e vai de mal a pior.
O que mais se ouve são acusações, afirmações inconsequentes, críticas a torto e a direito. Enfim, em vez de ouvirmos opiniões construtivas e, sobretudo num período como o que estamos a atravessar, vermos esforços no sentido de haver mais convergência para se encontrarem soluções, não. É a política do puro e duro “bota abaixo”.
Aliás, aproveito para dizer que os debates no parlamento são um “bom” exemplo da pouca vergonha que por cá vai.
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:16
Ser positivo não resolve, mas ajuda!
Bj
LC
De Virgínia a 22 de Março de 2009 às 22:40
Boa noite Luís
Como vê, tudo continua igual neste nosso Portugal!
Os partidos perderam toda a vergonha e já nem disfarçam a promiscuidade dos seus 'movimentos' e das suas 'movimentações'!
O futebol, nunca me interessou; eles que se entendam!

D. Januário, merece o nosso apreço pela mente aberta para a realidade do mundo!
Beijo
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:18
É um grande amigo!
Bjs
LC
De Feliciano Macedo a 23 de Março de 2009 às 11:07
Amigo Luis,
Mário Soares, no seu pior. Criticando Durão Barroso, pelo facto de ser um dos mentores da invasão do Iraque. Esqueceu que há 35 anos foi ele mentor da exemplar descolonização....... e não foi por isso que deixou de ser 1º ministro e Presidente da República. Bizantinices!!!!!!
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:20
Bem observado, amigo!
Ab.
LC
De Márcia Oliveira a 23 de Março de 2009 às 15:53
Correndo o risco de parecer contraditória, julgo que o país está como está, devido a uma das maiores qualidades dos portugueses "o desenrascar"... É que se por um lado esta capacidade de improvisação que dizem que nos caracteriza é óptima, uma vez que permite solucionar problemas com alguma criatividade. Por outro, o “desenrascar” português é muitas vezes utilizado em prol da solução fácil, do “arranjinho”, do “dá aqui um jeitinho”. Isto faz com que muitas pessoas competentes fujam “a sete pés” dos cargos públicos e políticos, incapazes de compactuar com certos “dilemas do sistema”. Por seu turno nos cargos são colocadas pessoas em razão desse “jeitinho e favorzito”. Ora, isso além de afastar os bons, torna quem está nesses cargos intocável porque ninguém os pode afrontar e responsabilizar, uma vez que isso implicava assumir a forma e o favor que os fez chegar a determinadas posições.
Quanto às palavras do Bispo, sábias sem dúvida,é impossível querer por o “Mundo a andar para trás”, como católica não poderia estar mais de acordo com o que disse.
Apesar de tudo sou uma optimista, as coisas não estão boas, mas podem melhorar....
Bjinhos
De Luís Castro a 23 de Março de 2009 às 20:22
Márcia,
não vou ser políticamente correcto, mas repito:
a solução seria reduzir o número de deputados e pagar-lhes bem.
Só assim os bons ficariam na política e os maus não teriam espaço.
Bjs
LC
De Márcia a 23 de Março de 2009 às 22:03
Politicamente incorrecto, mas assertivo, isso serviria certamente para atrair os bons. O busílis da questão é como impedir que os “maus” que se multiplicam nas estruturas partidárias bloqueiem a entrada de quem é competente, é que os bons não entram porque não se sentem atraídos e porque são impedidos de o fazer… Ora menos cargos…melhor pagos…mais tentativas de corromper para lá chegar…
Já estou a abusar do espaço e ainda por cima tenho uma incapacidade crónica para exprimir-me em poucas palavras...
Bjinhos
De Luís Castro a 24 de Março de 2009 às 19:54
Não abusa nada.
Este espaço é de todos.
Escreva o que muito bem entender.
Bj
LC
De Maria Araújo a 23 de Março de 2009 às 23:06
Olá.
Só vou fazer um comentário digno, do assunto deste post: D.Januário.
Penso que deve ser dos membros do clero que tem a noção do que se passa neste mundo a movimentar-se de forma extraordinária.
Desculpe-me Luís. O Papa pode ser uma pessoa fantástica, mas deveria ter os pés assentes na terra.
Beijinho
De Luís Castro a 24 de Março de 2009 às 19:55
Aquele Vaticano está muito longe da realidade e dos desafios dos novos tempos.
Bj
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds