Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

Acho mal...

O Exército português decidiu criar regras de apresentação para os militares.
Não é permitido usar maquilhagem, piercings, tatuagens e unhas pintadas, por exemplo.
 

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Exercito-cria-regras-de-apresentacao-para-militares.rtp&headline=20&visual=9&tm=8&article=213475

 

Luís Castro

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 20:44
link do post | comentar
30 comentários:
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 21:07
O primeiro comentário é meu:
ESTOU A BRINCAR!!!
Luís Castro
De JAlves a 13 de Abril de 2009 às 21:35
Bem!!! Estava a ver que nos tínhamos de nos indispor....eheheheh
De JAlves a 13 de Abril de 2009 às 21:36
Estão aqui uns "nos" a mais...é favor retirar um....
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 23:48
Pronto, estás desculpado!
Mas que não se repita!!!
Ab.
LC
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 23:47
Não é caso para isso!
Não concordo: acho que um militar de unhas pintadas devia ficar a matar!
rs...rs...rs...
LC
De José Fernandes a 14 de Abril de 2009 às 10:07
Estás a imaginar, desmontar e montar uma G3 com muito cuidado para não arranhar o verniz ? rs rs rs
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:35
E a maquilhagem na cara, durante uma marcha?
LC
De José Fernandes a 15 de Abril de 2009 às 10:14
Dantes era a famosa rolha de cortiça queimada que se passava na cara para confundir o inimigo, agora é base para seduzir o amigo... rs rs rs
De Luís Castro a 16 de Abril de 2009 às 14:51
Muito bem apanhada, sim senhor!
Ab.
Lc
De Joao Luis Silva a 13 de Abril de 2009 às 22:42
Eu acho bem...pronto .
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 23:50
Pronto, se tu achas...
Já imaginaram os militares com os cabelos às cores na parada?
Ab.
LC
De Sónia Pessoa a 13 de Abril de 2009 às 23:10
Começava a ficar preocupada... primeiro as regras para os funcionários da loja do cidadão no Algarve, agora os militares... mas, enfim, não me admirava nada!
Beijocas
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 23:51
Sónia,
já não sabemos viver sem códigos.
Bj
LC
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 23:51
Alguns compreendo, outros são de vómito!Bj
LC
De Elsa Silva a 13 de Abril de 2009 às 23:10
É caso para perguntar:
As mulheres podem usar bigode?
Existem tantos problemas no País... de que se foram lembrar…
Rs…rs…rs…
De Luís Castro a 13 de Abril de 2009 às 23:52
Elsa,
na verdade algumas já usam.
rs...rs...rs...
Bj
LC
De José Fernandes a 14 de Abril de 2009 às 09:56
Um bom buço dá um certo respeito !!! rs rs rs
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:33
Ah pois é!
LC
De Elsa Silva a 14 de Abril de 2009 às 12:32
Luís, acho bem que usem. Igualdade de direitos!!!
Rs...rs...rs...
E claro, impõe respeito.
Rs...rs...rs...
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:39
Pois,
agora os homens também querem igualdade.
Poderem usar saia, por exemplo.
Bj
LC
De filha do administrador a 14 de Abril de 2009 às 09:41
o giro é pensar que foi preciso criar a regra
tal como foi preciso informar os funcionários da loja do cidadão no algarve que não podiam ir de mini-saia, decotes até ao umbigo e outras coisas parecidas :D
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:29
Sabes que os portugueses são dos melhores do mundo a legislar?
O problema é depois...
Bj
LC
De José Fernandes a 14 de Abril de 2009 às 10:03
Luís,

Estas regras sempre existiram, o que não existia eram os adereços.

Abraço
JF
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:34
Mais ou menos.
Agora referem os adereços, antes não.
Ab.
LC
De Ilda a 14 de Abril de 2009 às 10:13
Olá Luís!
Espero que tenha tido uma boa Páscoa.
É assim: eu até nem achava mal que os militares, principalmente os masculinos, usassem esses coisas todas pode ser que dessa forma se desse algum colorido ao meio militar que é tão cinzentão! Já agora porque não uma echarpezinha ou outro adorno parecido? Quanto mais não fosse para animar as hostes!!!! Já estou a imaginar entrar-me por aqui dentro um militar, masculino, com as unhas pintadas de vermelho vivo! Rs rs rs rs
Bjs
Ilda
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:37
e o cabelo roxo...
Bj
LC
De MC a 14 de Abril de 2009 às 13:34
Acho bem. São os "dress code" normais de alguns profissionais.
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:44
Mas é violento.
Então e o cabelo roxo, as unhas de gel, e uma tatuagem no pescoço?
Não se faz!
rs...rs...rs...
LC
De nands a 14 de Abril de 2009 às 16:57
Pois eu acho bem! As coisas devem estar regulamentados para toda a gente saber por que linhas se cozem e não haver dúvidas! Existindo regras só as aceita quem quiser, quem não quiser se sujeitar a essas regras que vá navegar por outras águas. É uma questão de bom senso!
De Luís Castro a 15 de Abril de 2009 às 00:54
Estava a brincar!
Ab.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds