Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

Que nota dão a Obama?

Obama completou 100 dias na Casa Branca

A aprovação é a mais alta dos últimos 20 anos.

 

 

69% dos americanos aprovam Obama

54% dizem que ele superou as expectativas

56% consideram o seu governo excelente

93% dos democratas aprovam a sua governação

36% dos republicanos concordam com as políticas de Obama

 

Antes de Obama,

19% achavam que o país estava no bom caminho,

agora a percentagem é de 50%.

 

35 analistas avaliaram a política externa americana

e atribuíram a Obama a nota de 6,34 (escala de dez).

 

E vocês,

que nota atribuem aos primeiros 100 dias do presidente dos EUA?

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 10:30
link do post | comentar
28 comentários:
De José Santos a 29 de Abril de 2009 às 10:53
Parece me positiva a sua actuação, não teve também um mundo que lhe provocasse muitos problemas, pois foram herdados, não sei se é só uma marca de tipo para se afirmar nos primeiros 100 dias ou se é para continuar... assim espero.

De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:54
Visto.
LC
De Phil a 29 de Abril de 2009 às 11:21
A nota terá que ser muito positiva. Não é brilhante, mas é muito alta.

Obama herdou uma pesada herança, mas isso não o deteve de tomar determinadas decisões que a média/longo prazo podem ser decisivas. Como também não teve problemas em revogar muitas das últimas decisões de Bush, claramente tomadas sob pressão e já numa fase em que Bush estava já com a cabeça fora da Casa Branca.

Aqui e ali, deu alguns tiros nos pés...teve aqui e ali, algumas declarações menos positivas ou infelizes, mas nada disso apaga a prestação de Obama.

Change foi o mote da campanha e se há coisa que sinto que aconteceu na Casa Branca foi isso mesmo...mudança e mudou-se para melhor, como o povo tem por hábito dizer.
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:54
Visto.
LC
De Sócrates a 29 de Abril de 2009 às 11:37
Promissora. Sem dúvida que muito melhor que o seu antecessor, no entanto falta ver como se desenrolam as posições tomadas, quer internamente quer no mundo.
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:54
Visto.
LC
De Bruno Espada a 29 de Abril de 2009 às 11:49
Por agora esta tudo a correr bem!! Gostei da maneira como ele se aproximou da Europa e da America do Sul. Sem se armar em rei ou dono do mundo, mas sim com a humildade de saber que só pode chegar a algum lado com a ajuda dos outros. Se mantiver o tom e conseguir que a economia tenha um rumo crescente, temos aqui presidente para 8 anos!!!
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:55
Visto.
LC
De Cláudia a 29 de Abril de 2009 às 12:00
Dentro das expectativas, na minha opinião. Mas as minhas expectativas era bastante altas. Penso que o factor que mais se destacou nestes primeiros 100 dias foi a sua postura em relação ao Mundo. Os EUA deixaram, finalmente, com Obama, a arrogância de lado. Obama é suficientemente inteligente para saber que essa postura é errada e prejudicial. A unidade é a chave. E não há unidade com sentimentos bacocos de superioridade.
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:55
Visto.
LC
De Batista a 29 de Abril de 2009 às 12:02
Tem o mérito de conseguir falar numa linguagem que se vai percebendo, directo, sem grandes rodeios e sobretudo porque me parece que tem o beneficio de estar a conseguir dialogar em várias frentes. Continua a ter um discurso animador, positivo, quando em situações normais a perspectiva seria de profunda catástrofe...eu daria um 8
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:55
Visto.
LC
De Daniel Nunes a 29 de Abril de 2009 às 12:07
Dou um Suf -
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:55
Visto.
LC
De jose besteiro a 29 de Abril de 2009 às 12:33
Só pela mudança, já dá nota positiva. Lembrar-me-ei toda a vida do ridículo presidente que tiveram nos ultimos anos,aquele sorriso imbecil.Heróis pícaros, não obrigado.
Obama está ainda a apalpar terreno e tem uma pesada herança.Para já tem mais esta crise de saúde pública.Oxalá o Senado não corte o fio à marioneta.
Suficiente+ para já.
Obrigado,1 abraço.
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:57
Visto.
LC
De Sónia Pessoa a 29 de Abril de 2009 às 14:14
Tendo em conta o estado do país, e do mundo, que lhe caiu em cima do colo, temos noção de que haverá uma certa condescendência, já que todos sabemos que não é fácil compôr o que os outros estragaram, ao mesmo tempo que se criou também uma grande expectativa. Mas, parece-me que os cem dias de Obama são positivos, "arrogância" não faz parte do seu dicionário, e o diálogo franco e simples que tem chega ao povo, e isso faz toda a diferença. bjo
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 22:58
Visto.
LC
De José Fernandes a 29 de Abril de 2009 às 15:49
Nota positiva.
Está a fazer o que prometeu ao eleitores e isso já é um grande feito.

Ab
JF
De Luís Castro a 29 de Abril de 2009 às 23:00
Visto.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds