Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Rangel não gostou da papa Maizena

Rangel fala dos “programinhas da AICEP”.

Pinho ataca: “Paulo Rangel tem de comer muita papa Maizena para chegar aos calcanhares de Basílio Horta.”

Basílio Responde dizendo que “Rangel é novo” e acusa-o de “ignorância” e “arrogância”.

 

Os três dizem-se ofendidos.

 

Ó meus amigos,

estive para recorrer aos Contemporâneos e – respeitosamente – lançar-vos um desafio:

“Vão mas é trabalhar!”

Não o vou fazer. Temo ser mal interpretado.

Depois lembrei-me de algo que li em tempos:

“Quando os governantes perdem a compostura, os que obedecem perdem o respeito.”

Também posso ser mal entendido.

Prefiro deixar-vos um pensamento que também não sei a quem pertence:

“Quando os meus inimigos deixarem de contar mentiras sobre mim,

eu deixarei de contar verdades sobre eles.”

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 02:10
link do post | comentar
32 comentários:
De Pedro Mota a 6 de Maio de 2009 às 03:17
"Escuta, vão masé trabalhar, oh! Fazer alguma coisa para a sociedade"

A brincar a brincar se dizem as verdades, sem mentiras, sem ofensas, a pura brincadeira de criança que de olhos limpos e atentos intui a verdade.

Pergunto-me, para onde vai o meu voto? Sim, porque calado não posso ficar e a compostura não a quero perder.
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:28
Que nunca a voz te doa!
Ab.
LC
De salvoconduto a 6 de Maio de 2009 às 05:54
Será que Pinho desconhece a farinha Amparo?
Pelas alminhas, alguém lhe a der a conhecer. Cum raio ela até trazia brinde...
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:30
E a Cerelac???
Ab.
LC
De RS(criancices) a 6 de Maio de 2009 às 07:21
Será que isto não terá a ver com a promoção da papa Maizena? Cá para mim ....
Bj, RS.
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:31
Teoria da conspiração...
rs...rs...
LC
De Virgínia a 6 de Maio de 2009 às 09:59
Bom dia Luis
São as peixeiradas dos nossos políticos! (Sem ofensa para as peixeiras, mulheres trabalhadoras e com o coração ao pé da boca!)
Como é que estes "políticos" querem ser respeitados se não se dão ao respeito?!
O nervosismo dos políticos, em ano de tantas eleições, é bem evidente... fazem e dizem asneiras atrás de asneiras... e depois querem ter o voto e a confiança do povo...
"Vão mazé trabalhar!!!"
Beijos
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:31
E que trabalhem bem!!!
rs...rs...
Bj
LC
De filha do administrador a 6 de Maio de 2009 às 09:59
eu fico pela hipótese de "vão mais é trabalhar" ou então "deixem de ser meninos e cresçam"
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:32
Ou: "Não havia necessidade!!!"
Bj
LC
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2009 às 10:18
Gosto mais do vão trabalhar e cá para mim ainda vou aproveitar a tua deixa.
abraço
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:34
Visto.
LC

Liga amanhã sobre questão do Twitter.
Mas não.
Não julgo que isso ande pelo YouTube.
Sobre cópias daqui,
é proibido.
Ab.
LC
De Pedro Oliveira a 7 de Maio de 2009 às 09:25
fartei-me de andar à procura de algo sobre o tal debate e nada, nesta altura vinha amtar é que a memória colectiva anda com alzheimer.Se os mais novos vissem o que disse Basilio de Soares ou vissem algumas intervenções do Vital Moreira , provavelmente pensariam de modo diferente sobre estas duas sumidades.
abraço
De Luís Castro a 8 de Maio de 2009 às 18:52
Falta memória neste país!!!
Ab.
LC
De Sílvia a 6 de Maio de 2009 às 10:55
Surpreender-me-ia se o dito debate político contribuisse verdadeiramente para uma melhor governação do nosso país.

Como resultado desta troca de acusações o que ficou?
Nada.
Lamento que uma questão tão importante como o emprego seja assim tratada. Os desempregados deste país (como eu) agradecem o empenho de todos os nossos políticos na apresentação de medidas que proporcionem verdadeiras oportunidades de emprego.
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:34
Um momento de humor... triste.
Apenas isso.
Bj
LC
De José Fernandes a 6 de Maio de 2009 às 11:34
É muito mau meterem-se com os pequeninos ! rs rs rs

Se eu fosse o Rangel perguntava ao Pinho onde comprou aqueles óculos de sol à moto-rato ! rs rs rs

Ab
JF
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:35
Zé,
o que eu ri com o teu comentário.
Já não ria assim há muito tempo.
Ab.
LC
De José Fernandes a 6 de Maio de 2009 às 21:26
Depois de ouvir estes nossos políticos fico com o sentido de humor sempre em alta.
Mas tens de ver os óculos são mesmo (como se dizia à uns anos atrás no Porto) "altamente".

Ab.
JF
De Luís Castro a 8 de Maio de 2009 às 18:48
isso mesmo:
"áááltamente!!!"
De Elsa Silva a 6 de Maio de 2009 às 13:12
No meio disto tudo... quem é que ficou a ganhar?
A farinha MAIZENA, com publicidade gratuita.
Se as políticas de emprego são tão boas, porque é que existe tanto desemprego?
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:47
Ainda bem para os trabalhadores da fábrica da Maizena.
Pode ser que não feche...
LC
De Vítor a 6 de Maio de 2009 às 13:24
Proponho isto:

http://tsf.sapo.pt/podcast/files/sin_20090506.mp3

Cumprimentos
De Luís Castro a 6 de Maio de 2009 às 20:47
Visto.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds