Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Hoje estou assim

Vou ser politicamente incorrecto.

 

Ao longo da vida já fui muitas vezes pressionado e ameaçado.

Às pressões respondi com indiferença; às ameaças respondi em voz alta.

 

É por isso que pergunto:

Lopes da Mota pressionou ou ameaçou os procuradores do caso Freeport?

Pressionáveis, somos todos.

Compete depois a cada um ser ou não permeável às pressões.

 

E o BPP e o BPN,

que, segundo José Sócrates, "são dois casos de Polícia” e que “em muito prejudicam o país”?!

O que estão a fazer as autoridades e os senhores procuradores que não podem ser pressionados?

Oliveira e Costa está preso. E os restantes?

Estarei enganado ou – pasme-se! – já fez mais pela investigação a Comissão Parlamentar do que as autoridades judiciais?

 

E os bispos que tentaram “cavalgar a onda” do bairro da Bela Vista?!

Meus senhores: aquele foi outro caso de polícia!

Tudo o resto é inegável, mas façam-me um favor:

derretam o ouro que têm no tecto do Vaticano e comecem por dar o exemplo.

 

Peço desculpa, mas cheguei a casa e estou com mau feitio.

 

Estarei errado?

Se estiver saberei reconhecer.

Obrigado.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 00:31
link do post | comentar
42 comentários:
De Bruno Espada a 14 de Maio de 2009 às 00:56
Muitos pensam o mesmo, poucos o deitam cá para fora!!!
Mau feitio??? Por falar a verdade, não me parece!!!!
Todos os dias lidamos com noticias, onde parece que todos são uns coitadinhos inocentes, enquanto nos temos de viver a crise na pele!!!!

Estas errado?? Não!!!
Simplesmente hoje foi o dia em que o saco rebentou, e deitou tudo cá para fora!!!

Amanha é outro dia, onde vais começar a encher o saco de novo!!!

;)

http://b-sword.blogspot.com/

De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 01:00
Obrigado, Bruno.
Lembraste-me que tenho de ir comprar mais sacos para o lixo... a este ritmo...
lol
Ab.
LC
De Hernani a 14 de Maio de 2009 às 01:39
E se houvesse outra revolução, alguém ficaria admirado, sinceramente eu creio que não.
Por falar em casos de policia: Não chega já do caso Medlin. Isto é mesmo uma fantochada, já não chegava serem os Portugueses a calar a boca de Portugueses e agora são também os ingleses.
Quem é que pôs em questão quem???
ò pobre justiça, Deus nos livre...
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 01:51
Como se diz aí por cima:
ando com uma vontadinha aí a uns quantos...
Ab
LC
De Luis Ramos a 14 de Maio de 2009 às 01:41
Boas Luis,

Há dias assim... normalmente comentamos com alguém mais perto de nós e deixamos passar as coisas... mas noutros apetece-nos gritar bem mais alto que isso!

Especialmente vendo injustiças destas e ninguém a arcar culpas... as coisas continuam assim em Portugal, tem-se provado mais coisas mas os culpados nunca sofrem consequências...

Um excelente exemplo é o do Comboio de Viseu que deste outro dia...

Mas se mais jornalistas seguirem o teu exemplo, das duas uma:

- ou o nosso PM fecha os jornais todos... :p
- ou as coisas realmente começam a mudar por cá!

Espero que a segunda prevaleça :)

Abraço
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 01:52
Luís,
não me apetece gritar apenas aos ouvidos de uns quantos,
apetece-me mesmo é à Mike Tyson, lembras-te?
Morder-lhes as orelhas!!!
Ab.
LC
De Maria Araújo a 14 de Maio de 2009 às 22:00
eheehehehehe! Penso que é o que todos esses palermas merecem.
Por que será que escutámos e não agimos????
Que se passa com este povo Lusitano?
Descarregue a raiva. Também precisa como todos nós.
Apetece mandar todos f*** , desculpe, e á dentada, como aqui disse.
Beijinho
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 23:46
rssss.....
Bjs
LC
De À Nora a 14 de Maio de 2009 às 08:39
No meio de tudo isto, o que me irrita mesmo é o caso do BPP e do BPN.
Não que tenha algo a ver com alguma destas instituições, mas pelo simples facto do governador do Banco de Portugal não ter feito o seu trabalho e continuar como se nada fosse.
O que é que Vitor Constâncio ainda está a fazer no BP e porque não é responsabilizado de nada?????????
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 20:52
E quem se lixa?
É o mexilhão, como sempre!!!
Ab.
LC
De Pedro Oliveira a 14 de Maio de 2009 às 08:52
Mau feitio não, estamos é fartos disto tudo.O que dizer de na escola se proibir mini-saias e decotes ou mandar lavar a cabeça de um miúdo porque ele foi de crista?Estamos a ir no bom caminho estamos.
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 20:54
A todo o momentos nos submetem a regras.
Não sou anarquista, mas isto irrita-me!
Ab.
LC
De Jorge Soares a 14 de Maio de 2009 às 09:08
Luis...errado?.. claro que não.... todos temos dias assim... dias em que a realidade nos entra pelos olhos de uma tal forma que simplesmente não podemos olhar para o lado.

O que vale é que há sempre outro dia.. e mais não seja aqui... há sempre alguém que ouve os nossos gritos.

Abraço
Jorge Soares
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 20:56
E que nunca a voz nos doa!!!
Ab.
LC
De Virgínia a 14 de Maio de 2009 às 09:25
Bom dia Luis
Espero que já esteja recuperado... não vale a pena sofremos por aquilo que, sózinhos, não podemos mudar.
Tem toda a razão no que escreve... realmente há situações que nos fazem ferver o sangue!
Haja paciência... e a procissão ainda vai no adro...
Beijos
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 21:01
Ainda não deu a volta ao cruzeiro...
Bj
LC
De filha do administrador a 14 de Maio de 2009 às 09:32
Ora bem, na minha opinião:
Pressões – é verdade cada um deixa-se ou não pressionar, tal como corromper. No entanto não custa nada (não deveria custar) ensinar que isso não se pode fazer; assim como fazemos a um filho, ele pede um avião e nós só damos se quisermos, mas temos que lhe explicar porque não pode estar sempre a pedir coisas … no caso de adultos já não é ensinar é mais … não cumpres as regras … azar

BPN e BPP – não me conformo, aqui é um caso em que realmente não me conformo que tenham sido apaparicados, acho que os responsáveis dos bancos (todos) devem pagar pelo que fizeram inclusive aos seus clientes, não eu.

Igreja (donos) – é verdade, totalmente de acordo, em vez de se meterem em coisas que não devem (ou supostamente) como o uso ou não do preservativo, tratem de ajudar as pessoas que precisam seriamente de ajuda. Em tempo de crise o Papa bem podia comprar roupa em pronto-a-vestir, por exemplo.
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 21:02
Igreja deveria reduzir a ostentação.
Bj
LC
De José Fernandes a 14 de Maio de 2009 às 10:46
Amigo, isto está a precisar de um vassourada das boas.
Fico assustado quando o meu país é governado por homens que são acusados de corrupção, quando conselheiros de Estado são postos em causa, quando procuradores são pressionados pelo poder político, etc.
Faz-me lembrar países do terceiro mundo.

Ab
JF
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 21:05
Mas não será com qualquer um destes partidos.
Em minha opinião, claro.
Ab.
LC
De Inês a 14 de Maio de 2009 às 10:50
Não está errado, não senhor. Pena é que de nada sirva o estarmos errados ou certos. Estou comvencida que será sempre assim. Com mais ou menos visibilidade, é preciso proteger os interesses instalados e por isso .....
Beijinhos
Inês
De Luís Castro a 14 de Maio de 2009 às 21:06
Pelo menos, desabafar faz bem à alma.
Bj
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds