Terça-feira, 2 de Junho de 2009

Lição de vida para muitos filhos da p... que por aí andam

Confesso que fiz um esforço enorme para não chorar em plena redacção...

 

 
Luís Castro

 

publicado por Luís Castro às 19:02
link do post | comentar
88 comentários:
De António Mateus a 2 de Junho de 2009 às 19:20
Assino por baixo Luís...aliás como o faço na esmagadora maioria destes teus sentires..e expressares.
...palavras para quê não é?
Abraço amigo. Mesmo!
De Luís Castro a 2 de Junho de 2009 às 19:24
Por muitas vezes que veja este vídeo,
v~em sempre as lágrimas...
Ab.
LC
De Ana Ferreira a 2 de Junho de 2009 às 19:43
Lindooo, parece um gatinho. Muito comovente também
De Luís Castro a 2 de Junho de 2009 às 19:50
V~e a história completa.
É impressionante.
LC
De Elsa a 2 de Junho de 2009 às 20:01
Muitas vezes os animais dão-nos verdadeiras lições de vida. Com exemplos como este, percebemos que os mais nobres sentimentos fazem parte do seu universo.
De Luís Castro a 2 de Junho de 2009 às 20:07
aqueles sentimentos que nós estamos a abandonar...
LC
De Elsa a 2 de Junho de 2009 às 20:24
Sem dúvida. Actualmente as pessoas tentam reprimir ao máximo as emoções e sentimentos como o amor, o carinho e a amizade.
Infelizmente parece que faz parte da lei selvagem do "salve-se quem puder".
De Luís Castro a 2 de Junho de 2009 às 20:33
Nós é que somos a selva!!!
Bj
LC
De José Fernandes a 2 de Junho de 2009 às 19:48
É caso para dizer que quanto mais conheço os homens mais gosto dos animais !

Ab
JF
De Luís Castro a 2 de Junho de 2009 às 20:07
É o que diz a minha sogra...
LC
De Cláudia a 2 de Junho de 2009 às 20:01
Olá, Luís.
Há já bastante tempo que vi este vídeo pela primeira vez. Já o revi várias vezes e de todas elas acabo lavada em lágrimas. É impressionante verificar que mesmo os animais ditos selvagens demonstram mais humanidade e afecto que grande parte dos ditos animais racionais.
É uma história linda à qual ninguém pode ficar indiferente.
Abraço!
De Luís Castro a 2 de Junho de 2009 às 20:09
Não duvides.
Bj
LC
De Cláudia a 2 de Junho de 2009 às 21:39
Não duvido, não, Luís!
Abraço.
De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:22
Bj
LC
De TELMO BÉRTOLO a 2 de Junho de 2009 às 21:22
Luís,
Os especialistas também se enganam. Não terá sido por acaso que Luís de Camões, na sua obra «Os Lusíadas», pôs na boca de Inês de Castro, as seguintes palavras:

«Se já nas brutas feras, cuja mente

Natura fez cruel de nascimento,

E nas aves agrestes, que somente

Nas rapinas aéreas tem o intento,

Com pequenas crianças viu a gente

Terem tão piadoso sentimento

Como co a mãe de Nino já mostraram,

E cos irmãos que Roma edificaram:

(Canto III ― Estância 126)

Põe-me onde se use toda a feridade,

Entre leões e tigres, e verei

Se neles achar posso a piedade

Que entre peitos humanos não achei.

(Canto III ― Estância 129)

Abraço,
TB
De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:21
Muito bem!!!
Ab.
LC
De António Mateus a 2 de Junho de 2009 às 21:40
A ti que também tanto gostas de África, "provoco-te" aqui com esta;


Quando um Estado não se respeita a si mesmo quem o há-de fazer?

Que dizer das “honras” prestadas hoje em Lisboa a um homem que foi o primeiro e último responsável pela prisão, execução sumária e enterro em valas comuns de centenas de homens que serviram a farda e ordens portuguesas?

Luis Cabral presidia a Guiné-Bissau quando os antigos oficiais comandos negros foram “apanhados à unha” apesar das garantias dadas ao governo português de que seriam integrados nas forças de unidade nacional.

Para evitar “conflitos” Portugal virou a cara às atrocidades cometidas contra aqueles homens por terem cumprido apenas e tão-só ordens de Lisboa.

Para cuspir ainda mais na dignidade nacional, Luis Cabral foi depois acolhido em Portugal como “refugiado”, sustentado pelos contribuintes portugueses e agora sepultado “com honras”.

Diria que quem desceu afinal hoje à sepultura foi a honra de quem continua indiferente e/ou a fingir que nada tem a ver com isso.
De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:23
A história é longa e tem traidores entre nós.
Ab.
LC
De Sónia Pessoa a 2 de Junho de 2009 às 22:16
Eu ía querer estar lá para te enxugar as lágrimas... seria um privilégio, amigo!... História espectacular, bem ao nosso jeito... entretanto deixo uma sugestão, alguém que envie esse vídeo para a Rússia, e já agora ali para Guimarães, para um certo juiz de que ouvi falar... beijinhos
De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:24
E para algumas pessoas que habitam o nosso burgo.
Bj
LC
De Jorge Soares a 2 de Junho de 2009 às 22:34
Sem duvida uma história incrível.. pena que nós não consigamos ter a memória de alguns animais...

Abraço Luís

Jorge

De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:25
A MEMÓRIA É CURTA...
Ab.
LC
De Alberto Fernandes a 2 de Junho de 2009 às 23:16
F E N O M E N A L ! ! ! !
Não precisavas de ter substutuído as letras UTA por pontos. Não estavas a mentir!! É isso mesmo o que muitos dos pseudo-senhores deste país são!

Grande abraço, não de leão, mas de dragão :)
Alberto Fernandes
De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:27
Outro.
E como sabes que sou dragão?
LC
De Simone a 2 de Junho de 2009 às 23:24
Olá Luís,
depois de um dia de trabalho, de formação e corre corre...parar assim...sorrir...chorar e imagine, ter vontade de ligar para casa e "falar" com a minha cadela!! A sério:)
Bjinho
De Luís Castro a 3 de Junho de 2009 às 20:28
Senti um pequeno arrepio com o teu comentário...
Bj
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds