Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Obama e Medveded reduzem armas nucleares

Há alguns anos esta teria sido a notícia de abertura dos telejornais.

Ontem, o acordo histórico ficou coberto pela espuma dos novos tempos.

 

 Obama e Medvedev assinam acordo sobre desarmamento nuclear - Obama frsiou que há mais pontos em com

 

A notícia é cada vez mais o anormal.

Acreditamos em qualquer coisa, desde que seja inacreditável.

Escondemos as nossas vidas para sonhar com o sucesso e a glória dos outros.

 

Ronaldo em Madrid

 

Ontem, escondemos o mundo para mostrar uma estrela.

Ontem, Ronaldo foi maior do que o destino da humanidade.

Ontem, Ronaldo não foi notícia pelas cuecas de Paris Hilton.

 

Obama e Medvedev assinaram a redução das armas nucleares.

Mas Ronaldo assinou pelo Real Madrid.

 

Obama e Medveded têm grande responsabilidade sobre o que acontece no mundo.

Mas Ronaldo também.

 

Obama e Medveded têm os olhos postos no “reset”.

Mas Ronaldo espera pelo “start”.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 02:44
link do post | comentar
30 comentários:
De Rafael Marcelino a 7 de Julho de 2009 às 04:38
É verdade Luis.Mas é mais fácil e credivel o êxito de CR-9 no Real Madrid do que no sucesso deste acordo EUA-RUSSIA.
Tenho muita dificuldade em ajuizar de uma forma positiva estes acordos sabendo que em qualquer de um dos Países cerca de 30% da população activa trabalha em Material de Guerra.
É como o caso dos Israelitas, acordam acordos e os territorios oupados continuam bem como a construção de colonatos nos mesmos dizendo que desejam a paz e reconhecimento do seu estado.
Mas este CR-9 é um fenómeno Português.
Todos os Americanos e Canadianos o reconhecem com um Fenómeno, enquanto alguns (Ainda muitos) Portugueses o deitam abaixo.
Somos muito patriotas, nã somos?!
Hui...tã pequeninos.Pobretes e alegretes.
VIVA o CR-9.
Um Abraço
RM
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:39
Outro e as melhoras!
LC
De Jorge Soares a 7 de Julho de 2009 às 08:35
Olá Luís.

Ainda ontem lia algo que escrevi há uns tempos atrás que ia mais ou menos no mesmo sentido do que dizes aqui.

Cada vez mais somos uma sociedade voyeur, vivemos do efémero, do imediato e não do importante... a verdade é que daqui a uns meses, não mais que um ou dois anos, todo este barulho À volta do Cristiano Ronaldo terá passado, e para nossa desgraça os arsenais nucleares continuarão a existir, porque as coisas verdadeiramente importantes da vida, duram mais que as duas horas de fama de qualquer societe, ou jogador da bola.

Abraço
Jorge
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:40
Foi precisamente essa a razão do meu post!
Bem observado, sim senhor.
LC
De CNarciso a 7 de Julho de 2009 às 08:35
Olá Luís.
Antes de mais, pretendo dizer-lhe que aprecio imenso o seu ponto de vista crítico e imparcial e a forma como o expressa/demonstra publicamente.
Bem haja por isso!
Quanto ao tema deste post... só posso dizer que os valores das sociedades estão.... mal, de rastos, gastos, errados... As pessoas (e não entendo porquê) tendem a sobrevalorizar determinadas pessoas (jogadores, cantores, actores) e esquecem-se dos problemas reais do mundo. Será que o fazem precisamente para se esquecerem da realidade?
Condeno as pessoas que, euforicas, seguem as "estrelas" e condeno muito mais a comunicação social em geral. Bombardeiam sistematicamente as "mentes fracas" com slogans e tangas do género, a impingir determinadas "imagens/pessoas". A comunicação social tem um poder enorme e por vezes, usa-o mal. Muito mal. Ontem, se tivessem passado de minuto a minuto mensagens sobre o dito acordo, se falassem e explicassem o valor disso, se mostrassem imagens do terror que é a exposição humana a uma bomba nuclear, talvez as pessoas dessem mais imprtância ao acordo.
Bom Verão para si.
Abraço
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:43
CN,
obrigado, antes de mais.
Um bom Verão, também para si.
Sobre a sociedade,
O problema é geral e nós, jornalistas, temos grandes responsabilidades que, em muitos casos , não estamos à altura.
Ab.
LC
De Helder Pereira a 7 de Julho de 2009 às 10:02
Luís, espero que não me interpretes mal. Ontem não consegui ter orgulho em ser Português, precisamente por partilhar esse sentimento de que uma coisa tão fútil se sobreponha a outras tão mais importantes...

P.S.: Eu adoro futebol, mas tenho os pés bem assentes na terra...
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:45
Talvez tenha sido um enfarte de CR,
mas ontem aceitei.
Antes disso, concordo consigo.
Ab.
LC
De JS Teixeira a 7 de Julho de 2009 às 14:15
Vejam o artigo relacionado com a promiscuidade entre Dinheiros público e Interesses privados no blogue O Flamingo (http://o-flamingo.blogspot.com/).
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:47
Já lá fui.
LC
De Sónia Pessoa a 7 de Julho de 2009 às 14:29
Às bombas nem o craque do Cristiano escapa... este mundo tem as prioridades às avessas... beijinho
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:47
E tu, como vais?
LC
De Sónia Pessoa a 7 de Julho de 2009 às 19:55
Porque este é um espaço despido de preconceitos, vou responder-te sem falsos pudores... vou uma merda! Colecciono problemas, para ajudar tive um acidente (ninguém se magoou) e fiquei sem carro, está bom para a sucata, ou seja, estou quase a sucumbir à loucura! Mas tudo bem, os meus ossos são duros de roer... bjo amigo, muito amigo...
E tu? Sempre atarefado, sempre em grandes projectos... eu bem digo que precisas de uma secretária! vou enviar-te o meu curriculo... rsss...
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 20:06
Acho que me vou pirar do país, espero que brevemente.
Mas volto!!!!!!!!

Deixa lá,
a minha mulher também passou uma fase assim.
Dois acidentes e um carro novo para a sucata.
Paciência.
O carro foi mas ela ficou.
Bj
LC
De Sónia Pessoa a 7 de Julho de 2009 às 20:12
Liga-me antes de ires! quero saber disso... que cusca, eu sei! Férias, trabalho? Espero que férias... bem mereces. Beijinho
De Luís Castro a 8 de Julho de 2009 às 22:09
ehehehehe
Bj
LC
De mariali a 7 de Julho de 2009 às 15:28
Fico decepcionada por a maioria ser como é, procura "a fama, o dinheiro, os ídolos..." Vive de aparência e para a aparência.
E os outros sentem-se deslocados, quase anormais, porque não conseguem ver televisão, ouvir noticiários....
Ainda bem que há outros "interesses"...
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:49
Os valores são cada vez mais superficiais.
Vou confessar-lhe,
Eu já só vejo televisão por necessidade profissional.
LC
De RUI FERREIRA a 7 de Julho de 2009 às 16:17
porventura houve alguma "reflexão", a partir dos nossos descobrimentos"??? o "mal só acontece aos outos"...aqui nunca vai cair uma bomba atómica. porquê preocupar-nos com isso???
deixem-nos sossegados "ã beira-mar plantados", com os "três fardos"....foooogooooo....
a melhor consideração pelos comentários, inteligentes, é deixar este país "sozinho"...
mais comentários para quê??
rui
De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:52
E só nos preocupamos com os problemas quando eles nos batem na cabeça!
LC
De Filipa Jardim a 7 de Julho de 2009 às 16:57
Luís,

Por isso as pessoas navegam hoje muito na internet à procura das verdadeiras notícias e perdem cada vez menos tempo com telejornais óbvios.
Não tenho nada contra o futebol e muito menos contra o Cristiano Ronaldo. Mas não perco o meu tempo a ver um estádio cheio de gente que se deslocou para evento nenhum, numa cobertura televisiva que dura uma eternidade, cheia de nada.

Bjs,


De Luís Castro a 7 de Julho de 2009 às 19:55
Os idolos são assim:
arrastam multidões.
CR está à escala mundial,
mas há limites para tudo, claro.
LC
De Ana Paula Albuquerque Almeida a 7 de Julho de 2009 às 23:04
Olá Luís,

Este foi mais um dos exageros do mundo do futebol e também da comunicação social!
Como é que é possível que as televisões tenham alinhado pelo mesmo, ou seja, pela futilidade, nomeadamente a RTP? O que vem acontecendo, há demasiado tempo, a meu ver, é que os meios de comunicação, incluindo os do Estado, estão a deixar de exercer a função basilar, ou seja, informar/mostrar ao público o que é realmente importante para, em vez disso, darem ao público aquilo que ele quer: o supérfluo, mais uma vez em prol das audiências.
É óbvio que o acordo entre a Rússia e os EU merecia destaque de abertura de telejornal às 20h e seguida de outras notícias de grande importância e interesse público. A apresentação de Ronaldo deveria ter sido incluída no telejornal, no tempo final e apenas a título de curiosidade, já que de notícia não tinha nada. Conseguiu foi abafar assuntos que realmente mereciam toda a nossa atenção.
É bom que comece a haver bom senso!

Bjs



De Luís Castro a 8 de Julho de 2009 às 22:12
Respondo-te depois.
Pessoalmente, se me permites.
Bj
LC
De Ana Paula Albuquerque Almeida a 9 de Julho de 2009 às 09:45
Bom dia Luís,

Claro que sim. Já te disse que gosto de falar contigo porque te considero coerente, sensato, respeitador. E porque na vida estamos sempre a aprender, então falemos com quem saiba tanto ou mais do que nós, sendo mais uma razão para ter todo o gosto em falar contigo.

Bjs

PS: Já sei que o único problema que tens é com o vermelho. Não te preocupes. Terei o cuidado de não vestir nada dessa cor.
Rssssss


De Luís Castro a 9 de Julho de 2009 às 16:40
Nada me move contra o vermelho.
Sou mais para o azul, mas tenho um carro vermelho com quatro listas brancas, imagina tu.
Bj
LC
De Ana Paula Albuquerque Almeida a 9 de Julho de 2009 às 17:41
Não tem nada a ver com o carro ou outra coisa qualquer. Foi apenas a propósito de um comentário teu, muito engraçado, num post anterior, em que dizias a alguém o que te acontecia aos "cascos" quando vias uma mulher de vermelho.

Bjs
De Luís Castro a 9 de Julho de 2009 às 18:53
Eu sei...
estava a brincar.
Bj
LC
De Ana Paula Albuquerque Almeida a 9 de Julho de 2009 às 19:02
Confesso que achei que não estavas lá com grande sentido de humor!
Vou acabar de ler o post que colocaste sobre o Martim e a Beatriz.

Um beijinho
De Luís Castro a 9 de Julho de 2009 às 21:16
Força.
LC

Comentar post

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds