Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

Opinião sobre o telejornal

 

 Logo-RTP.gif image by colibrifx

 

O Telejornal de hoje teve 44 notícias, bastante mais do que o habitual.

Alguns dos assuntos foram dados de forma mais resumida, permitindo assim abarcar um maior número de temas da actualidade.

 

Porque trabalhamos para quem está do outro lado do ecrã, gostava de saber a vossa a opinião, especialmente de quem assistiu do princípio ao fim. E explico porquê:

O que nós decididmos pode não ser exactamente o que vocês esperam ver e a forma escolhida pode também não ser a que vocês preferem.

 

Hoje fiquei com uma dúvida que já partilhei na redacção:

se o ritmo –  também pela música e pelos efeitos que separam as notícias – não se torna cansativo para quem está a ver.

 

Aguardo os vossos comentários.

Serão muito importantes para mim e para todos nós.

Obrigado.

 

Luís Castro

Coordenador do Telejornal e editor executivo

 

publicado por Luís Castro às 21:37
link do post | comentar | ver comentários (68)
Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

Que futuro?

Quando é necessário mudar?

Antes que seja necessário mudar!

 

 

Durante hoje e amanhã, mais de cento e cinquenta quadros da RTP discutem o futuro da empresa. Qual o caminho a seguir, procurando novos territórios e criando valor.

 

E porque qualidade é o que os outros (vocês) acham, gostava de saber a vossa opinião sobre o Serviço Público de Televisão que nós produzimos. Não irei responder aos comentários – para não alimentar polémicas –, mas vou ler com muita atenção todas as considerações que aqui deixarem.

 

O universo RTP comporta nove canais de televisão, oito canais de rádio e um site que é o mais visitado de todas as televisões e rádios. A empresa está obrigada a um conjunto de serviços que lhe consomem muitos dos recursos humanos e financeiros (museus, cooperação, delegações regionais e internacionais, correspondentes pelo mundo, espaço para minorias, tempos de antenas, declarações ao país, arquivos, produção nacional e apoio ao cinema e ao audiovisual) e lhe fazem baixar audiências face à concorrência. Por tudo isto, será desonestidade intelectual dizer que a RTP não deve receber compensações do Estado. A verdade é que o custo por ponto percentual de audiência conseguido pela RTP está ao nível dos privados.

 

Não sabemos até onde vai chegar o futuro?

Mas uma coisa vos garanto, a RTP vai estar lá.

 

SOBRE O BASSIM

Espero ainda hoje um telefonema do Iraque.

Amanhã darei novidades sobre o nosso amigo.

 

Luís Castro

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 15:30
link do post | comentar | ver comentários (50)
Domingo, 17 de Agosto de 2008

FORÇA SARA !!!

 

 

Esta é mais uma reportagem por vossa sugestão aqui no blogue.

Quero agradecer todos os mails que me têm enviado, embora só alguns possam ser atendidos como foi este da “Patti”.

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=359339&tema=30

http://aresdaminhagraca.blogspot.com/

 

Obrigado a todos.

Luís Castro

Coordenador do Telejornal

 

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 22:23
link do post | comentar | ver comentários (40)
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Se a moda pega... Parte II

Sarkozy quer acabar com a publicidade na televisão pública francesa entre as 20:00 e as 06:00 e propôs compensar essa perda através de uma nova taxa. 

 

A taxa de 0,9 por cento, a aplicar aos operadores telefónicos e de Internet,

irá juntar-se a uma outra, de três por cento, que Sarkozy vai impor sobre

os ganhos pulicitários das estações televisivas privadas e com a qual espera

angariar 80 milhões de euros. De acordo com o mesmo projecto, a partir de 01 de Dezembro de 2011 a publicidade desaparecerá totalmente das emissões da estação pública. 

 

A supressão da publicidade deverá privar a France Télévisions - que

agrupa os cinco canais públicos franceses - de cerca de 800 milhões de euros

anuais. 

   

Nicolas Sarkozy pretende, por outro lado, que o futuro presidente do

grupo que reúne os canais públicos seja nomeado pelo executivo, ainda que

apenas depois de um parecer do Conselho Superior do Audiovisual e desde

que uma maioria qualificada no Parlamento não se oponha.  

 

As medidas avançadas por Sarkozy, e que farão parte de um projecto de

lei a apresentar no Parlamento no Outono, têm suscitado críticas em França,

com a esquerda a apontar alegadas "amizades" do presidente com os patrões

de grandes grupos da comunicação social privados, enquanto a revista L'Express referiu o "fascínio" de Sarkozy pela televisão e a sua vontade de intervir nesse domínio.

 

Luís Castro

Fonte: Lusa

publicado por Luís Castro às 01:05
link do post | comentar | ver comentários (51)

Se a moda pega... Parte I

Televisões e rádios romenas terão de veicular 50 por cento de notícias

positivas nos seus telejornais e blocos noticiosos, devido a uma lei aprovada hoje, por unanimidade, no Senado.

 

"Os programas de actualidade nas televisões e nas rádios devem conter,

em igual proporção, informações positivas e negativas", prevê a nova legislação.

 

Para apoiar este diploma, os dois senadores proponentes invocaram o "extraordinário poder nocivo" das notícias negativas e os seus "efeitos irreversíveis na saúde e na vida das pessoas".  O objectivo da lei é "melhorar o clima geral e oferecer ao público a hipótese de uma percepção equilibrada da vida quotidiana". 

 

Diversos jornalistas, já se manifestaram contra a lei, que esperam

ver vetada pelo presidente romeno. "Uma notícia de actualidade não é positiva nem negativa, limitando-se a reflectir a realidade", afirmou o presidente do  Conselho Nacional do Audiovisual, Rasvan Popescu. 

Luís Castro

Fonte: Lusa

publicado por Luís Castro às 00:58
link do post | comentar | ver comentários (26)

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds