Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2009

O que fazer num sismo?

Infografia do Expresso sobre o sismo desta madrugada

 

Segundo a Protecção Civil,

um sismo na região de Lisboa provocaria:

10.000 mortos,

1.600 feridos graves

Mais de 273 mil pessoas desalojadas.

 

Os números de feridos a necessitar de cuidados hospitalares poderiam aumentar em cerca de 107 mil no caso de o sismo se verificar entre as 19h30 da tarde e as 6h30 da manhã, período em que mais pessoas estão em suas casas, segundo o Plano Especial de Emergência de Risco Sísmico da Área Metropolitana de Lisboa e Concelhos Limítrofes.

 

E se acontecesse, sabem o que deveriam fazer?

 

Algumas dicas dos especialistas:

 

O melhor é mesmo ficar em casa, porque ao sair pode ser atingido por objectos em queda. Se optarem por fugir, escolham ruas abertas e locais desamparados.

Ruas com grande concentração de prédios, e altos, não são uma boa opção.

 

Estar atento aos objectos que possam cair, afastar-se de janelas, vidros, varandas ou chaminés, proteger-se no vão de uma porta ou debaixo de uma mesa e evitar elevadores.

 

Se estiver a conduzir e sentir o tremor de terra, pare num lugar seguro, uma área aberta, e evite pontes, viadutos ou passagens subterrâneas.

 

Depois do abalo é importante ter consciência de que se seguem as réplicas, pelo que os cuidados se devem manter. Em casos de sismos maiores, não fazer chamadas desnecessárias, pois as redes podem entupir. Envie antes uma SMS.

 

Deve afastar-se do mar e ir para uma zona alta, devido à possibilidade de formação de um tsunami. Tem de desligar o gás, a electricidade e a água. Utilize uma lanterna e nunca fósforos ou o interruptor, porque pode ter havido uma fuga.

 

Se puder deixe os seus animais em local seguro ou, em opção, solte-os pois por norma eles sabem cuidar de si.

 

Tenha uma espécie de kit de segurança, com uma lanterna, um estojo de primeiros socorros, cópias de documentos e de chaves e uma muda de roupa.

 

Informar-se sobre riscos de sismos, saber se a sua casa ou o seu local de trabalho estão em boas condições e conversar com os familiares sobre o que fazer são outros dos conselhos que pode começar a colocar em prática desde já.

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 15:52
link do post | comentar | ver comentários (12)

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds