Sexta-feira, 21 de Março de 2008

Quero mostrar mais

 

.

 

 

Sinto-me frustrado. Em televisão, sem imagem é muito difícil contar histórias. E é cada vez mais complicado trabalhar lá fora. Não é novidade para mim, mas o estranho é que apesar de Bagdade estar um pouco mais segura, os iraquianos fogem de nós quando os abordamos nas ruas. Temem que a resistência os ataque por falarem com jornalistas estrangeiros ou que sejamos um chamariz para mais um carro bomba. Como se não bastasse, há momentos perdemos uma cassete, foi-nos confiscada depois de um incidente com disparos junto ao Hotel Palestina. Nada de muito importante, mas é demonstrativo do clima que se vive nas ruas da capital.

 

Esta manhã, eu e o repórter de imagem Paulo José Oliveira percorremos Karada street, um dos locais mais visados pelos atentados, e só a muito custo conseguimos que alguém falasse connosco. Nos últimos dias, três carros bomba explodiram nesta estrada fazendo dezenas de mortos. É uma das duas reportagens que esta noite vamos começar a editar para emitir nos telejornais dos próximos dias. A outra será com polícias e soldados iraquianos que ontem deixaram que os acompanhássemos por alguns minutos. A certa altura, um dos oficiais iraquianos desabafou: “os americanos têm músculos mas os iraquianos possuem cabeça". Quando lhe pedi que o repetisse para a câmara, recusou de imediato. “Trabalho com eles todos os dias”, arregalando os olhos. Surpreendente foi o pedido que me fez de seguida: “podes ajudar-me a conseguir autorização para obter o estatuto de refugiado e poder sair do Iraque?”

 

O meu guia limitou-me a cinco minutos em cada local. “Mais do que isso significa dar tempo a quem alguém planeie algo contra ti”, disse-me Bassim. Já foi assim, aquando de outras vindas ao Iraque. Como tal, as reportagens acabam por ser pedaços de histórias, o que nos obriga a uma maior exposição, pois é necessário passar o dia na rua. Não é pelo risco, é por querer contar mais e não conseguir que me sinto frustrado.

publicado por Luís Castro às 15:56
link do post | comentar | ver comentários (20)

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds