Sábado, 10 de Abril de 2010

Terá Sócrates razões para ficar preocupado?

O PSD começou a arrumar a casa - é o que dizem.

Gostei de ouvir Passos Coelho.

Gostei por dizer que não tem pressa para governar, que não vai gerar crises artificiais e que os gestores nomeados pelo Estado passem por um crivo de competência.

 

Pedro Passos Coelho

 

O novo líder do PSD foi inteligente e merece o mérito por juntar várias sensibilidades, alertando que a unidade do partido deve ser “regada todos os dias".

Mas ainda é pouco.

Aguardo com curiosidade o discurso de Domingo, onde promete apresentar um projecto para o país e que oposição irá fazer.

 

Terá Sócrates razões para ficar preocupado?

 

Luís Castro

 

 

Frases de Pedro Passos Coelho durante o discurso:

 

"Espero que este momento seja de um novo arranque"

"Temos muito trabalho para fazer daqui para a frente"

"Não precisamos de ser empurrados para as coisas, temos de as fazer"

"O PSD é um partido com grande vitalidade e que leva a política a sério"

"Hoje podemos dizer que colocamos Portugal primeiro"

"Todos sabem que a união e a coesão dão muito trabalho e todos os dias"

"Teremos neste congresso listas conjuntas para os órgãos do partido"

"O nosso partido está coeso, mostra a sua união e todos vamos remar para o mesmo lado"

"Este momento de coesão tem de ser «regado» todos os dias"

"O país está há demasiados anos numa espécie de morte lenta"

"Nós precisamos de combater este modelo de condenar o país a uma morte lenta"

"Este governo não tem capacidade de vender um sonho para o país"

"Não vamos governar o país de uma forma burocrática"

"Não temos pressa de chegar ao poder ou de criar crises artificiais"

"A vontade do PSD será a de colocar o desenvolvimento do país em 1º lugar”

"O grande desafio é explicar a Portugal que há uma alternativa que vai nascer à volta do PSD"

"Aliviar os portugueses de encargos que não são justos e diminuir o peso do Estado"

"Devemos cortar na despesa pública desnecessária"

“Não aceitaremos discriminações nem viver num clima de desconfiança face à corrupção"

"Se nós não actuarmos dificilmente será na ponta da caneta e da lei que encontraremos soluções para tudo"

"Nomeados pelo Estado para cargos de relevância possam primeiro passar por um crivo de idoneidade"

“Nós precisamos de arrumar a nossa casa e deve ser transparente aos olhos de todo o país"

"O Aguiar Branco vai presidir à revisão do programa do PSD"

"O PSD de hoje e do futuro tem de reflectir o acerto com a modernidade"

"Os nossos estatutos não espelham o partido moderno que quer governar Portugal"

"Nas eleições presidenciais teremos o primeiro teste"

"Aguardaremos a decisão que Cavaco Silva tomará"

"Gostaríamos de dizer ao cidadão Cavaco Silva que tem feito um grande mandato"

"Cavaco Silva deve recandidatar-se a Presidente da República"

publicado por Luís Castro às 00:53
link do post | comentar | ver comentários (34)

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds