Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

"Vai passar na CNN?"

 

Os olhares não são nada amigáveis. Juntam-se para ver passar os americanos e trocam algumas palavras em surdina. Centenas de pessoas num silêncio preocupante. Os soldados percebem-no e avançam cuidadosamente. Enquanto percorremos esta rua de Sadr City, pressinto que algo pode acontecer a qualquer momento. Os rangers deslocam-se com um espaço de vinte metros entre cada um e divididos em duas linhas paralelas, sempre com o dedo no gatilho e prontos a disparar caso sejam atacados. Mantemos as câmaras a gravar e faço vários planos dos americanos para os iraquianos. Quero mostrar a tensão que está no ar. Minutos depois, o sargento Morris recebe ordem via rádio para abortar a patrulha. O Tenente Hanson está preocupado porque mais ao fundo há um grande aglomerado de populares à espera da passagem dos soldados. Se alguém disparar, os americanos terão que responder e será uma carnificina. A prudência manda regressar aos strikers e avançar para outras áreas onde poderão estar os combatentes de Moqtada al-Sadr. São eles o objectivo que os leva ao bastião xiita.

 

.

Entramos em mais uma das linhas da frente. Há combates entre o exército iraquiano e o exército de Mehdii. Finingan vai nos comandos da electrónica. Ele vê o que se passa à volta e detecta algo de suspeito a trezentos metros. Com uma das câmaras aproxima a imagem e podemos ver que é uma posição ocupada pelas milícias. De imediato bloqueia a mira de tiro, fazendo rodar a potente metralhadora que está montada na torre e que é manuseada por controlo remoto. A imagem é muito nítida. Há uma arma apontada para nós, mas não se vê ninguém. Apenas dois soldados se mantêm com a cabeça de fora do carro de combate para cobrir a retaguarda. Todos os outros estão dentro do striker, seguindo ao segundo o que se está a passar. Peço a um dos rangers que desça para podermos fazer imagens exteriores. Tenho que ser rápido. Como não posso filmar o ecrã por onde seguimos o que se passa no exterior, uso o zoom de uma das nossas câmaras para mostrar a posição que está a preocupar os americanos. Ao lado, Aldrige masca tabaco enquanto “varre” a nossa retaguarda. Pergunto-lhe o que se está a passar: “Foram disparados tiros na nossa direcção. Vieram do centro da cidade.”

 

.

Ficámos na outra posição o resto da noite. Pela manhã, recuamos um pouco para descansar. Dormir é no chão ou num dos dois bancos do striker. Já tenho as nádegas adormecidas. O equipamento é de última geração, mas o conforto é o mesmo que se encontra em qualquer carro de combate: nenhum. Prefiro ficar cá fora, mesmo que as noites sejam frias e eu não tenha mais do que uma t-shirt vestida. O cansaço vence o frio e adormeço. Acordo com o silvo dos projécteis a passarem sobre as nossas cabeças a abrigamo-nos entre os strikers. Ninguém ficou ferido.

 

Estamos nisto há três dias. Gostava de continuar com os rangers, mas as notícias têm o seu tempo e os jornalistas sabem que se perderem tempo, perdem a notícia. As imagens que temos são únicas e é urgente editá-las e distribuí-las por todo o mundo. Não as vimos no ar, mas foi gratificante saber que as maiores cadeias de televisão mundiais usaram o nosso material várias vezes nos seus blocos noticiosos. Os rangers ficaram entusiasmados ao saber, até porque não se cansavam de perguntar: “Vai passar na CNN?”

 

 

Amanhã coloco um terceiro post.

Obrigado a todos.

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 01:39
link do post | comentar | ver comentários (63)

Reportagem Angola - 1999



Reportagem Iraque - 2005


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Guiné - 2008


Reportagem Afeganistão - 2010

Livros

"Repórter de Guerra" relata alguns dos conflitos por onde andei. Iraque, Afeganistão, Angola, Cabinda, Guiné-Bissau e Timor-Leste. [Comprar]



"Por que Adoptámos Maddie" aborda o fenómeno mediático gerado à volta do desaparecimento de Madeleine McCann. [Comprar]


Sugestões para reportagem



Milhão e meio de portugueses elegem diariamente o Telejornal da RTP.
E porque o fazemos para vós, quero lançar-vos um desafio: proponho que usem o meu blogue para deixarem as vossas sugestões de reportagem.

Luís Castro
Editor Executivo
Informação - RTP

E-mail: cheiroapolvora@sapo.pt

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds