Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Telejornal

Por vezes dou comigo o “alinhar” o Telejornal e a ver como conseguirei interromper a sequência de notícias do governo.

A verdade é que a agenda mediática está tomada pelo poder político.

A sociedade civil raramente gera notícias. E se o faz, não sabe comunicar ou destaca-se pela negativa. Pergunto: onde estão os agentes sociais, culturais e económicos? Dos desportivos… nem vale a pena falar.

Todos os dias procuramos novos assuntos e ideias para reportagens. Mas não chega.

Como já repararam, há uma nova caixa na coluna do lado direito do cheiroapolvora. Participem e contribuam para um Telejornal que vá mais longe e que seja mais interventivo.

Obrigado a todos.

 

Luís Castro

Coordenador do Telejornal da RTP

 

 

Categorias: ,
publicado por Luís Castro às 13:36
link do post | comentar
69 comentários:
De mdsol a 29 de Maio de 2008
Cheguei aqui há uns tempos, a propósito do Bassim, depois de aviso afixado n' A Barbearia do Sr. Luís. Tive uma total e agradável surpresa. Não só pela substância, mas também pelo tom sereno e afectuoso do blog. Passei a passar por cá, embora sem me manifestar pq, em boa verdade, nada de muito específico poderia fazer. Hoje nova e estimulante surpresa! Pode crer que vou ter em conta o seu desafio e aconselhá-lo aos que encontro!
Parabéns!
:)
De Luís Castro a 29 de Maio de 2008
MDSOL,
eu é que agradeço o vosso empenho e carinho.
Luís Castro
De Filipa V. Jardim a 29 de Maio de 2008
Olá Luís de Castr,
Já não comento há muito tempo, desde a sugestão do museu de Bagdade lembra-se? Pois foram agora distinguidas Há pouquíssimo tempo pela revista activa um grupo de mulheres que fundaram ou estão à frente de Instituições, neste caso de cariz social e humanitário. Os portugueses não as conhecem e nunca ouvira, falar destas instituições. Só se fala sempre das mesmas. Mas estas instituições também fazem muito pela sociedade. Não têm subsídios muitas delas penso eu e, vivem de muita carolice e empenho. É o lado positivo das crises e dos problemas. Aqueles que lutam contra a maré e tentam fazer alguma coisa pelo próximo. Que tal ir procurar estas instituições e falar dela.

Também podemos falar dos muitos Portugueses que lá fora se destacam em empresas, em negócios, e levam o nome de Portugal com eles.
A sugestão era dar um bocadinho de cor , pela positiva. De mostrar o que de bom somos capazes de fazer.
Quem são as empresas de ponta deste país?Onde se fazem os sapato que calçam Spilberg ? Onde estão os engenheiros que fizeram a ponte da amizade em Macau... Portugueses, associações de Portugueses, empresas Portuguesas que se destacam cá ou lá fora. O Telejornal às vezes é tão derrotista...temos coisas tão positivas, pessoas tão empreendedoras e solidárias...vá lá ajude a "puxar para cima" que o que acontece é que ás vezes, falo por mim, vejo as noticias de abertura e desisto ...é só desgraças!
Um abraço e continuação de bom trabalho.
Filipa. V. Jardim
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Filipa,
quando coordeno o Telejornal, procuro sempre polvilhar a ediçaõ com algo de positivo. Também não gosto de Telejornais derrotistas e deprimentes.
Temos dado - sempre que possível- espaço a esse joralismo positivo, quer sobre empresas, quer de pessoas que se destacaram na sociedade. Mas como disse, não chega.
Façam-nos chegar esses exemplos, que, se possível, lhe daremos a devida atenção.
Bjs
Obrigado
*** A Filipa também é responsável por esta minha atitude, pois tudo começou a sua sugestão do Museu de Bagdade.
Bjs
LC
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Não tem problema.
E a campanha está muito interessante.
Obrigado.
Bjs
LC
De paranoiasnfm a 30 de Maio de 2008
Caro Luís,


Acabou de dizer algo muito importante.

É como tenho ouvido dizer acerca da RTP, o Governo é que "manda" nas notícias que a estação passa, infelizmente.

E o que precisamos é de variedade, o mais importante neste momento.

Em termos políticos, como se sabe, parece haver só um lado político.
Em termos desportivos, esquecem-se os clubes medianos, para se falar nos 3 grandes, torna-se repetitivo.

Pode contar com o meu contributo.

PS:
Foi com surpresa que vi no seu breve currículo que já trabalhou por cá, nos Açores.
E foi também com surpresa que vi "Coordenador do Telejornal da RTP".. desde 2005.

Vejo o Telejornal, praticamente todos os dias, mas nunca reparei no seu nome no genérico, no final do noticiário.
Notei as diferenças no que diz respeito à saída do Grande José Rodrigues dos Santos da Direcção Geral de Informação, mas este facto foi uma novidade para mim.


Abraço,

NF
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Paranoia,
que fique bem claro: o Governo não manda na informação da RTP! O problema é que a Oposição não gera notícias, os agentes sociais e culturais também não, deixando o governo quase só na feitura da agenda mediática.
Queremos que nos façam chegar mais ideias.
Bjs
LC
De paranoiasnfm a 1 de Junho de 2008
Então está aí a explicação.

Pode contar comigo, alguma ideia, já sei onde "depositar".

Abraço,

Nuno F.
De Luís Castro a 2 de Junho de 2008
Força!
Abraço
LC
De paranoiasnfm a 30 de Maio de 2008
E pegando também na deixa...
Dou os parabéns pelo excelente conjunto de 3 reportagens do programa 30 Minutos, apresentado pelo senhor José R. dos Santos... fiquei impressionado.

Adorei mesmo.


A toda a RTP e aos seus trabalhadores, os meus sinceros parabéns.

É disto que precisamos.
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Obrigado, paranoia.
LC
De paranoiasnfm a 1 de Junho de 2008
De nada.

Eu é que tenho a agradecer pelo trabalho que têm vindo a apresentar.
De Luís Castro a 2 de Junho de 2008
Sempre às ordens.
Abraço
LC
De Nice a 30 de Maio de 2008
Caro Luís,

Irei contribuir...vou pensar em algo que valha mesmo a pena parar para ver!

Palpita-me que tenha a ver com o Alentejo...

Ou,talvez não...quiçá (?) com as corridas nocturnas à porta de casa dos meus pais, no coração de Lisboa...e as simpáticas respostas da PSP dos Olivais...

Até Breve.
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Cá as espero.
Bom fds.
LC
De Rui Correia a 30 de Maio de 2008
olá Luis! assisti à sua conferência no ICBAS e deliciei-me a ouvi-lo durante a hora e meia que esteve lá, foi pena ter sido tao pouco tempo porque seguramente teria imensas histórias para partilhar que muito nos iam fazer crescer não apenas com a realidade das noticias mas também com os testemunhos pessoais de quem lá esteve, as minhas perguntas não acabavam se não fosse o respeito pelo tempo dos outros e pelo seu!!continue assim, abra-nos os horizontes, conte sempre a verdade e mantenha-se sempre íntegro como transpareceu ser! bem haja o Luis e o seu trabalho!Parabéns
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Rui,
e foi muito gratificante encontrar um grupo de alunos como vocês, cheios de vontade de saber mais.
Eu, quando começo a falar, ninguém me consegue parar!!!
E havia mais para contar.
Fica para uma próxima.
Obrigado pelo vosso convite que me levou até aí.
Bjs
e Abraços para todos do ICBAS!
Luís Castro
De Loureiro dos Santos a 30 de Maio de 2008
Julgo que seria interessante, pelo menos uma a duas vezes por semana, promover uma pequena entrevista sobre um relevante assunto que estivesse na ordem do dia, nacional ou internacional, que "jogasse" com efeitos políticos ou estratégicos que se repercutissem sobre o nosso país.
Um abraço
Loureiro dos Santos

De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Caro amigo,
nem sempre é possível incluir entrevistados no Telejornal, até porque não faltam candidatos a querer aparecer, sabe como é...
Mas julgo que tem razão, faltam "especialistas" dentro do Telejornal.
Abraço
LC
De José a 30 de Maio de 2008
Olá,

Eu gostava que os meios de informação se dedicassem mais a transmitir notícias que realmente contribuíssem para o desenvolvimento cultural da população.
E já agora que escrevessem e falassem com o menor número de erros possível. É que às vezes parece que não há revisão.

Um bom fim-de-semana
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
José,
e, na verdade, não há revisão nem o nosso sistema informático comporta um programa que evite esses erros na escrita.
Mas tem razão, em televisão, chega a ser mais gravoso um erro escrito do que um erro falado.
Sempre que possível, sou eu a fazer essa revisão, mas por vezes não há tempo de ver tudo.
Abraço e obrigado.
LC
De Rosa Silva ("Azoriana") a 30 de Maio de 2008
Parabéns por essa iniciativa.
Agora pergunto: há interesse por notícias dos Açores, no mínimo curiosas?
Um dia, abeirou-me uma pessoa e disse-me uma coisa curiosa que eu não consegui ajudar porque julgo que os Açores tem a nossa televisão e há assuntos que são mesmo curiosidades, se bem que raras...
Abraço terceirense
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
Azoriana,
a RTP Açores tem autonomia perante a RTP "Continente".
Mas, sempre que tiver sugestões, envie para o endereço do blogue.
Bjs e bom fds.
LC
De Rosa Silva ("Azoriana") a 30 de Maio de 2008
Voltei.
Só para dizer-lhe que ouvi uma notícia ontem que falava mal dos BLOGS, num outro canal de televisão. Aí eu sou totalmente contra essa opinião. Há bons blogs e outros que nem tanto, mas há que perceber que é este o único meio que muita gente tem ao seu alcance para exprimir a sua opinião. É pena haver alguns que fazem com que tenham uma má imagem dos blogs.

Vou enviar-lhe um e-mail com uma outra ideia.
De Luís Castro a 30 de Maio de 2008
OK,
fico à espera.
Quanto à blogosfera, sabe que nos últimos dois anos foram abertos 200 mil blogues só na plataforma do SAPO?
Estamos a preparar uma reportagem sobre a importância da blogosfera.
Irá para o ar nas próximas semanas.
Bjs
LC
De Rosa Silva ("Azoriana") a 30 de Maio de 2008
Obrigada pela resposta sempre imediata.

Já coloquei um "banner" no meu blog chamando a atenção para a sua nova sugestão. Espero que aprove pois fiz uma pequena montagem com algumas imagens deste blog. Se não aprovar eu retiro.

Bjs
Bom fim de semana
De Luís Castro a 31 de Maio de 2008
Azoriana,
já tinha visto.
Claro que aprovo!
E obrigado.
Já lhe respondi também no blogue e por mail à sugestão do tal casal.
Bjs
LC

Comentar post

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds