Terça-feira, 3 de Junho de 2008

Overdose ou querem mais?

Confesso que nos últimos dias me tenho questionado muito sobre o tempo que estamos a dedicar à cobertura da selecção portuguesa de futebol.

Digo no plural: nós, RTP, SIC e TVI.

As audiências de Domingo demonstram que os "especiais" feitos sobre a partida para a Suiça não foram os programas mais vistos do dia.

A TVI conseguiu o 12º lugar com uma longa maratona de quase seis horas, a RTP registou a 20ª posição com pouco mais de três horas e a SIC ficou-se pelo 23º posto, tendo dedicado quatro horas da sua emissão.

Nos Telejornais, a RTP foi a que teve menor cobertura, alinhando vinte minutos de reportagens e directos, enquanto a SIC e a TVI gastaram trinta minutos cada uma.

Gostaria de saber o que pensam dos critérios que estamos a seguir.

Darei a minha opinião à medida que for respondendo aos vossos comentários.

Luís Castro

Coordenador do Telejornal da RTP

 

publicado por Luís Castro às 02:38
link do post | comentar
144 comentários:
De Mar e sol a 3 de Junho de 2008
HTTP.WWW.CARAVAGIO.BLOGS.SAPO.PT
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Vou ver.
LC
De Bruno Martins a 3 de Junho de 2008
Overdose, sem dúvida, tem sido um exagero desde o início, já não sou o primeiro a dizer que estou farto do euro sem ainda ter começado. Este último domingo foi o exemplo, 3 canais de sinal aberto em 4 com emissões especiais sobre o "acontecimento".
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Bruno,
já respondi anteriormente:
ninguém quis perder o momento. Nestes casos não há concertação possível.
Ab.
LC
De brunomiguel a 3 de Junho de 2008
Primeiro, quero felicitá-lo por estar aberto a feedback num blog e não chamar todos os nomes e mais alguns aos bloggers.

Segundo, acho 20min dedicados à selecção demais. É quase metade do noticiario para um assunto que não tem, nem merece, tal importância. E digo-lhe isto como um grande fã de futebol que, durante os jogos, é capaz de insultar de todas as formas a equipa adversária - mas dificilmente me chatearei por causa do futebol.
Vou ver os jogos da selecção nacional, mas confesso que, desde que o circo da selecção começou, raramente ligo a televisão, mesmo que esteja a dar um telejornal.
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
bruno,
também já chegámos à conclusão que devemos moderar o tempo dedicado à selecção.
Quando é notícia, então é notícia.
E as reportagens têm que ser boas para poderem ir para o ar.
Obrigado.
Ab.
LC
De Ana Cristina Brizida a 3 de Junho de 2008
Olá Luís,

Eu adoro futebol!! Mas não sou daquelas pessoas (especialmente mulheres) que só são adeptos desde que o Scolari é seleccionador nacional. Eu tive o privilégio de ver ao vivo Portugal ser campeão do Mundo de sub 21 e sempre que a equipa A joga em Lx eu vou ver. Adoro estar num estádio com o cachecol ao alto a cantar o hino, emociono-me sempre.... é o meu lado patriótico a vir ao de cima. Também fico muito contente com os bons resultados do Pedro Lamy, Carlos Sousa, Elisabete Jacinto, Vanessa Fernandes e tantos outros portugueses que dignificam o nome de Portugal no estrangeiro.

Concordo com o que a Patti escreveu, tudo o que vi sobre a partida /chegada da selecção foi na RTP1 e não me pareceu que o tratamento fosse muito exagerado, se tivesse sido menos 60 minutos seria o ideal .... tudo o que é demais enjoa, seja qual for o assunto. Nesse dia não deixei de fazer o que tinha programado. E quando não há nada de interesse na tv, há sempre a opção de ler um bom livro, hábito que a minha mãe sempre me incutiu desde pequena e que infelizmente está a cair em desuso.
Os meus parabéns a toda a equipa de jornalistas que estavam em Lisboa e na Suiça. Estiveram muito bem, muito sóbrios e objectivos, especialmente o que esteve com o seu colega Paulo Catarro, pelo menos não tinha a mania que era sabichão.
O novo grafismo do telejornal está fantástico e os efeitos também. Parabéns a quem o concebeu.

Bjs

Cris
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Ana,
obrigado.
Vou transmitir a sua mensagem.
Bjs
LC
De Ana Cristina Brizida a 3 de Junho de 2008
Olá,

Um assunto que não tem nada a ver com o post, o Luís leu o artigo de opinião do Prof. Pacheco Pereira "Novos mecanismos de formação da opinião (dos jornalistas)", publicado na revista Sábado na passada quinta-feira, onde é abordado o tema dos blogs criados por jornalistas?
Para mim não passa disso mesmo, de uma opinião.
Acho que o "Cheiro a Polvora" e o Luís não se enquadram no contexto do artigo.
Quanto aos outros blogs não tenho opinião porque não conheço.

Bjs

Cris
De Luís Castro a 4 de Junho de 2008
Ana,
normalmente não dou grande importância ao que os críticos escrevem.
Retiro apenas o que me interessa e de quem opina com conhecimento de causa, o que não são muitos.
Os críticos terão a importância que nós lhes dermos.
O Dr. Pacheco Pereira também já me "atacou" chamando-me de comunista.
Enfim...
Bjs
LC
De Top gun a 3 de Junho de 2008
Boas tardes. Deixo aqui a minha opinião de profundo lamento, pois não entendo como é que a RTP canal de serviço publico deu e continua dar tanta importância à selecção nacional ainda para mais que não detém os direitos de transmissão o que também não entendo porque. Fala-se dos jogadores como heróis . HERÓIS ? De que? Não estão na Suíça a ganhar dinheiro também ? Enquanto a maior parte do pais está mergulhada na maior das crises a contar os tostões , anda-se a mostrar os milhões dos jogadores e a vida farta que levam, muitos deles quase nem escrever sabem. É triste o pais onde vivemos. DESCULPEM O DESABAFO mas até parece que não gosto de futebol mas gosto, não é desta maneira.
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Top Gun,
a RTP está a tentar limitar a sua cobertura ao que é realmente notícia e ao que interessa a quem nos vê.
Mas também não somos insensíveis às audiências.
O segredo está em encontrar uma caminho certo.
É esse que temos procurado e que julgo estamos a palmilhar, embora reconheça que podemos sempre fazer melhor.
Obrigado.
Ab.
LC
De Phil a 3 de Junho de 2008
É verdade...eu tenho que dizer isto...é um pouco off-topic mas tenho que o fazer:

Por favor, deixem de "oferecer" o micro ao povo!! É recorrente ver nos directos, as redundantes entrevistas que fazem à população.

Pegando no exemplo a selecção e dos directos de Neuchatel. A RTP nos diversos directos que fez, entrevistou e bem o representada da comunidade portuguesa. Agora pergunto, se valerá a pena ceder espaço de antena às restantes pessoas. A informação está dada, a intervenção desses anónimos não vai acrescenter muito mais ao conteúdo do directo, porque é raro, os jornalistas conseguirem intervenções "válidas". O português, regra geral, agora "aparecer" e "falar", mas como diz o povo, acaba por nada "dizer"...

Por isso, recomendo que optem por entrevistas aos intervenientes directos ou responsáveis de um determinado grupo ou instituição. Obviamente, cada caso é um caso, mas o exemplo que deu, poderá ser elucidativo.

Abraço
Phil
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Phil,
concordo - e é o que tentamos fazer - que há que ter cuidado da forma como se estende o microfone às pessoas, mais ainda quando estamos em directo.
Mas também tenho que reconhecer que foi emocionante ver aquela nossa gente na Suiça à espera da selecção.
Apesar de um ou outro caso, acho que eles mereceram ser ouvidos e mostrados.
Bjs
LC
De Phil a 3 de Junho de 2008
Leia-se: "o representante da comunidade"

Abraço
Phil
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Visto.
LC
De Rui Germano a 3 de Junho de 2008
Olá caros leitores...

Uma vez disse que seria polémico...
Mas aqui vai...

As opiniões são como os Umbigos, toda a gente tem um e não precisa dele depois que nasceu...

Eu sou treinador de futebol, (embora no desemprego neste momento)... e acho que a informação deve ser o essencial, nunca se sabe se são 5 ou 20 minutos... mas 20 minutos será uma informação já muito aperfundada e ao promenor da coisa em sí.

Em relação à nossa selecção, e como dizia à entrada, cá vai polémica... cada português é um treinador de bancada, cada um tem a "sua selecção" concorda ou discorda das opções de quem as toma... e a cobertura total de TODOS os acontecimentos, além de tirar privacidade à selecção, também cria aqui e ali invejas... veja-se o programa da SIC - os incríveis - só vi dois, mas ali mostra o que cada um é... pergunto, esta informação é necessária?

Eu acho que não, porque não fazer então o mesmo com a vida dos nossos politicos?

Fazer a cobertura completa da partida até à chegada, uma viajem... Porquê? eles estão num autocarro com vidros fumados, ninguém vê nada nem ninguém, isso interessa? acho que não...

O que realmente interessa é o estado de saúde, treinos e jogos, ou seja o FUTEBOL.

Apoio!? Sim, está a perguntar...

Por acaso, está-se a fazer o mesmo à Vanessa Fernandes? Ela está a bater todos os recordes por Portugal; e na minha opinião, é só um palpite, temos os melhores jogadores do mundo, mas não temos a melhor equipa... Futebol não é o jogo do EU SOZINHO, e isso ficou provado nos jogos de qualificação, muito mal mesmo, para ser verdade.
Palpite pessoal - República Checa e Turquia vão surpreender pela positiva; Grécia e Portugal pela negativa; e a França e Itália candidatas... mas vamos ver...

Um abraço
RG
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Rui,
a Vanessa Fernandes tem feito muitas aberturas do Telejornal.
Sobre a selecção, espero que lhes corra bem, até porque, apesar de tudo, são eles a nossa grande bandeira neste momento.
São eles que levam o nome de Portugal pelo mundo. E fazem-no como nunca os políticos o conseguiram!!!
Ab.
LC
De mónica a 3 de Junho de 2008
Acho um escândalo o que as televisões fazem à volta do futebol. Não se admite três canais de televisão levarem horas a transmitir imagens de um autocarro parado, depois o autocarro a andar, depois um vislumbre do jogadores. Não tem interesse nenhum esse tipo de reportagem. V á l á que tivessem transmitido a chegada deles ao hotel e a recepção que tiveram, era o suficiente. Deviam era dar esse tipo de destaque a quem realmente ganha alguma coisa tipo Vanessa Fernandes, os paralímpicos etc. Dessa maneira as televisões generalistas só tem a perder audiências a favor da tv por cabo. Pelo menos comigo é isso que acontece
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Mónica,
a Vanessa tem sido muitas vezes motivo de abertura do Telejornal.
Ainda há poucos dias em Madrid, a 20ª medalha conseguida foi novamente a primeira notícia do dia.
Quanto à partida, ninguém podia perder o momento.
Podemos é questionar a quantidade de horas que cada televisão dedicou em emissão especial.
Bjs
LC
De Eduardo Maio a 3 de Junho de 2008
Menos futebol e mais notícias de interesse. Mas isto vem comprovar que o Salazar tinha razão com a treta dos três F, o povo gosta disto e já se esqueceu de outros assuntos importantes.

Esta é uma boa altura para legislar sobre assuntos polémicos sem levantar poeira.
De Luís Castro a 3 de Junho de 2008
Tens razão, Eduardo.
A gasolina até pode triplicar que a espuma da selecção irá fazer com que as pessoas se esqueçam das dificuldades.
Quando acabar o Euro, aí voltaremos à realidade.
Ab.
LC

Comentar post

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds