Terça-feira, 11 de Novembro de 2008

São incompetentes?

  Foto Vítor Mota

Bruno Paixão deverá ser castigado pela Comissão de Arbitragem da Liga.

 

Segundo a edição de hoje do Correio da Manhã, “a Liga está atenta e vai manter o critério que tem usado no campeonato: quem cometer erros flagrantes fica duas jornadas sem apitar”.

 

E não será a primeira vez que tal acontece a Paixão.

No Paços Ferreira - Benfica, a agressão de Nuno Gomes a Filipe Anunciação foi punida apenas com cartão amarelo. O árbitro acabou por perder 2.200 euros, visto que cada jogo na Liga vale 1.100 euros. O mesmo já aconteceu esta temporada com outros quatro árbitros.

 

Pergunto:

Os árbitros devem ser profissionais?

Ou será que, como diz Paulo Bento, depois serão “profissionais incompetentes”?

 

Luís Castro

publicado por Luís Castro às 10:13
link do post | comentar
60 comentários:
De Pedro Oliveira a 12 de Novembro de 2008
A ser verdade, não percebo porque os árbitors querem ser profissionais:
Li ontem que um árbitro recebe 1100 euros por jogo na superliga e liga de honra, considerando que faz em média 3 jogos por mês(devido às paragens), recebe 3300 euros por mês mais o que recebe no seu emprego.Digam-me quantos jogadores das duas ligas recebem este valor?
Têm é de ser competente e não o facto de serem profissionais que o vão ser automaticamente.
De Luís Castro a 12 de Novembro de 2008
Na Honra são "apenas "750 euros.
LC

Comentar post

Perfil

Jornalista desde 1988
- 8 anos em Rádio:
Rádio Lajes (Açores)
Rádio Nova (Porto)
Rádio Renascença
RDP/Antena 1

- Colaborações em Rádio:
Voz da América
Voz da Alemanha
BBC Rádio
Rádio Caracol (Colômbia)
Diversas - Brasil e na Argentina

- Colaborações Imprensa:
Expresso
Agência Lusa
Revistas diversas
Artigos de Opinião

RTP:
Editor de Política, Economia e Internacional na RTP-Porto (2001/2002)
Coordenador do "Bom-Dia Portugal" (2002/2004)
Coordenador do "Telejornal" (2004/2008)
Editor Executivo de Informação (2008/2010)

Enviado especial:
20 guerras/situações de conflito

Outras:
Formador em cursos relacionados com jornalismo de guerra e com forças especiais
Protagonista do documentário "Em nome de Allah", da televisão Iraniana
ONG "Missão Infinita" - Presidente

Obras publicadas:
"Repórter de Guerra" - autor
"Por que Adoptámos Maddie" - autor
"Curtas Letragens" - co-autor
"Os Dias de Bagdade" - colaboração
"Sonhos Que o Vento Levou" - colaboração
"10 Anos de Microcrédito" - colaboração

Pesquisar blog

Arquivos

Abril 2016

Janeiro 2016

Outubro 2015

Junho 2015

Maio 2015

Fevereiro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Agosto 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Categorias

política

economia

angola 2008

iraque 2008

sexo

afeganistão 2010

mau feitio

televisão

eua

mundo

amigo iraquiano

futebol

curiosidades

telejornal

saúde

iraque

missão infinita

religião

repórter de guerra - iraque

euro2008

guiné

humor

repórter de guerra - cabinda

acidentes

criminalidade

jornalismo

polícia

segurança

solidariedade

rtp

sociedade

terrorismo

afeganistão

caso maddie

crianças talibés

desporto

diversos

férias

futuro

justiça

todas as tags

subscrever feeds